Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/2041
Title: A chegada das águas: conflitos soioambientais e mudanças no mundo do trabalho rural provocadas pela formação de lagos artificias.
Other Titles: The arrival of waters: Socio-environmental conflicts and changes in the world of rural labor caused by the formation of artificial lakes.
L'arrivée des eaux: Conflits socio-environnementaux et changements dans le monde du travail rural causés par la formation de lacs artificiels.
???metadata.dc.creator???: EVANGELISTA, Genyson Marques.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: MALAGODI, Edgard Afonso.
???metadata.dc.contributor.referee1???: SILVA, Aldenor Gomes da.
???metadata.dc.contributor.referee2???: GOMES, Ramonildes Alves.
???metadata.dc.contributor.referee3???: MOREIRA, Ivan Targino.
???metadata.dc.contributor.referee4???: NEVES, Frederico de Castro.
Keywords: Conflitos socioambientais;Conflitos sociais;Conflitos ambientais;Lagos artificiais - formação;Trabalho rural - mudanças no;Políticas Públicas de Desenvolvimento Regional;Desenvolvimento Regional;Política de Recursos Hídricos;Impacto de grandes barragens;Agricultura camponesa;Sociedades eletrointensivas;Produção agrícola familiar;Perda de terras - construção de barragens;Grandes barragens;Campesinato;Barragem de Acauã;Inundação das terras;Recampesinação - luta;Construção de barragens - conflitos;Construção de represas - conflitos;Políticas de açudagem;Produção de territórios;Barragem de Araçagi - PB;Comunidades atingidas - barragem;Expropriação camponesa;Gestão de hidroconflitos;Hidroconclitos;Movimento dos Atingidos por Barragens - MAB;Peasant agriculture;Large dams;Grands barrages - impacts;Social conflicts;Conflits sociaux;Conflits environnementaux;Environmental conflicts;Sociétés électro-sensibles;Gestion des hydroconflits;Hydroconflict management;Construction of dams - conflicts;Construction de barrages - conflits
Issue Date: 2012
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: EVANGELISTA, Genyson Marques. A chegada das águas: conflitos soioambientais e mudanças no mundo do trabalho rural provocadas pela formação de lagos artificias. 2012. 314f. (Tese de Doutorado em Ciências Sociais) - Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais, Centro de Humanidades, Universidade Federal de Campina Grande - Paraíba - Brasil, 2012.
???metadata.dc.description.resumo???: No Brasil, o estudo dos impactos da construção de grandes barragens é algo recente entre economistas e cientistas sociais. O crescimento dessas obras tem acompanhado o processo de mundialização do capital no crescimento do que chamamos de sociedades eletrointensivas. Delas surgem lagos que inundam vastas áreas de terras antes utilizadas com agricultura e que abrigavam comunidades rurais formadas em grande parte por camponeses. Tal processo, resultado de políticas de desenvolvimento comandadas pelo Estado impacta fortemente a organização da unidade de produção agrícola familiar, seja pela perda de suas terras para as águas das barragens, seja pela expropriação de seus recursos produtivos. Surgem aí movimentos de resistência das populações diretamente atingidas como reação à intervenção estatal que, quase sempre, ocorre de forma autoritária. O deslocamento compulsório dessas comunidades para outros espaços construídos, com características semi ou tipicamente urbanas acaba, na maioria das vezes, por transformar os seus habitantes em consumidores segundo os requerimentos das sociedades eletrointensivas. No entanto, esse processo não é linear e nem garante essa nova condição social a todos os atingidos, pois parte deles acaba desenvolvendo estratégias de resistência para manter a sua condição camponesa, enquanto outros sucumbem ao teste de seleção dos novos consumidores. A principal condição imposta pelo circuito de mercado para que as populações atingidas sejam alçadas à condição de novos consumidores é a transformação de sua força de trabalho antes imersa na lógica da reprodução da agricultura camponesa em mercadoria, no sentido mais profundo que Marx dá ao termo. As transformações pelas quais as famílias camponesas têm que passar no processo de relocação compulsória de suas terras resultam em uma nova estrutura de gastos e de consumo, na falta de ocupações, na transformação do camponês em morador urbano (onde o mesmo tem que comprar o que antes produzia), nas dificuldades do seu processo de adaptação ao mercado de trabalho e, consequentemente, no fim da autonomia camponesa. As tentativas de reconstrução da antiga organização social e econômica que “desapareceu” com a inundação das terras de centenas de famílias pela barragem de Acauã constituem o aspecto mais dramático de quem teve de enfrentar tal situação, pois para elas, é extremamente difícil reconhecer e aceitar a perda completa de suas terras e da reprodução de suas condições de vida comunitária, pois isso afeta a sua capacidade de produzir seu próprio alimento. Assim, iniciou-se um movimento de luta pela sua recampesinação. Mas essas tentativas esbarram nos conflitos que envolvem os interesses dos agricultores familiares com os dos grandes proprietários em torno das terras que escaparam à inundação, no não cumprimento das promessas do poder público de reassentar todas as famílias desalojadas e até mesmo nos conflitos e nos equívocos que se instalam dentro do próprio movimento dos atingidos, coisa que raramente as investigações acadêmicas enxergam. Essa problemática tem levado a intensas discussões sobre uma das mais antigas teses acerca da agricultura camponesa, o seu desaparecimento com o avanço da moderna agricultura capitalista. Estaria o crescente processo de construção de grandes barragens contribuindo para a descampesinação? Essa pesquisa mostra que, são escassas as possibilidades de sobrevivência dos camponeses, mas devemos compreender que a capacidade de resistência e organização política dos camponeses é uma realidade concreta e objetiva e que não há provas ou tendências claras de que a construção dessas grandes obras concorra para o seu desaparecimento.
Keywords: Conflitos socioambientais
Conflitos sociais
Conflitos ambientais
Lagos artificiais - formação
Trabalho rural - mudanças no
Políticas Públicas de Desenvolvimento Regional
Desenvolvimento Regional
Política de Recursos Hídricos
Impacto de grandes barragens
Agricultura camponesa
Sociedades eletrointensivas
Produção agrícola familiar
Perda de terras - construção de barragens
Grandes barragens
Campesinato
Barragem de Acauã
Inundação das terras
Recampesinação - luta
Construção de barragens - conflitos
Construção de represas - conflitos
Políticas de açudagem
Produção de territórios
Barragem de Araçagi - PB
Comunidades atingidas - barragem
Expropriação camponesa
Gestão de hidroconflitos
Hidroconclitos
Movimento dos Atingidos por Barragens - MAB
Peasant agriculture
Large dams
Grands barrages - impacts
Social conflicts
Conflits sociaux
Conflits environnementaux
Environmental conflicts
Sociétés électro-sensibles
Gestion des hydroconflits
Hydroconflict management
Construction of dams - conflicts
Construction de barrages - conflits
???metadata.dc.subject.cnpq???: Recursos Hídricos.
Ciências Sociais.
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/2041
Appears in Collections:Doutorado em Ciências Sociais.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GENYSON MARQUES EVANGELISTA - TESE PPGCS 2012..pdfGenyson Marques Evangelista - Tese PPGCS 2012.3.95 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.