Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/20643
Title: Entre redes, fluxos e algoritmos: sociabilidades juvenis e interações digitais numa comunidade rural brasileira.
Other Titles: Between networks, flows and algorithms: youth sociabilities and digital interactions in a rural brazilian community.
???metadata.dc.creator???: OLIVEIRA, Elizana Gomes de.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: SILVA, Vanderlan Francisco da.
???metadata.dc.contributor.referee1???: SALES JÚNIOR, Ronaldo Laurentino de.
???metadata.dc.contributor.referee2???: PAULO, Maria de Assunção Lima de.
???metadata.dc.contributor.referee3???: FERREIRA JÚNIOR, José.
Keywords: Sociabilidade;Juventudes rurais;Cultura digital;Interações virtuais;Modernidade;Sociability;Youth;Digital culture;Virtual interactions;Modernity;Sociabilidad;Juventud rural;Interacciones virtuales;Modernidad;Sociabilité;Jeunesse rurale;Culture numérique;Interactions virtuelles;La modernité
Issue Date: 25-Nov-2020
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: OLIVEIRA, E. G. de. Entre redes, fluxos e algoritmos: sociabilidades juvenis e interações digitais numa comunidade rural brasileira. 2021. 126 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) – Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais, Centro de Humanidades, Universidade Federal de Campina Grande, Paraíba, Brasil, 2020.
???metadata.dc.description.resumo???: Diante de uma dinâmica crescente do avanço das Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs), surge uma cultura contemporânea marcada por inéditas formas de subjetivação, ressignificando as maneiras de se relacionar com o outro, de agir e pensar. O presente trabalho investigou as transformações que as TICs trouxeram para a comunidade camponesa de Chã da Barra, sobretudo na vivência da cultura juvenil rural, promovendo a reconfiguração das interações sociais e estabelecendo um novo vínculo social entre as pessoas, ou seja, proporcionando a emergência de uma sociabilidade para além das sociabilidades tradicionais existentes. Ademais, a pesquisa proporcionou analisar as relações intergeracionais mediadas pelas TICs, principalmente pelos smartphones e refletir sobre como a cultura digital empreende na sociedade envolvendo jovens, adultos e idosos, sentimentos ambíguos de fascinação, na esperança de um amanhã melhor e, por outro lado, o horror provocado pela imprevisibilidade do futuro. Esse estudo qualitativo de caráter etnográfico foi concretizado entre os meses de março de 2019 e fevereiro de 2020, na comunidade camponesa de Chã da Barra, localizada na cidade de Aroeiras-PB. A população investigada se constituiu pela amostragem de 18 participantes entrevistados, mas nem todas as informações adquiridas foram obtidas nas entrevistas, muitas dessas interlocuções chegaram através de conversas informais, essas informações permitiram emergir uma multiplicidade de pontos de vista e processos emocionais, pelo próprio contexto de interação criado. Para o aporte teórico da pesquisa, propôs-se utilizar as obras de Giddens (2002), Simmel (2006), Castells (2001), entre outros, que inferem sobre as alterações indenitárias decorrentes das contemporâneas formas de sociabilidade. Em geral, os dados dessa pesquisa indicam como as juventudes rurais de Chã da Barra se mostram interessadas e aceitam todas as novas tendências tecnológicas, enquanto que as gerações antecedentes utilizam tais ferramentas com objetivos muito específicos, a exemplo da comunicação. Constatamos também que, em Chã da Barra, há uma estreita relação entre as sociabilidades praticadas no online e no offline, percebemos a força de dois movimentos, o da modernização e da tradição, proporcionando continuidades e descontinuidades, através das quais o camponês, sobretudo os jovens rurais, recebem informações que reconfiguram o curso de suas ações no espaço, assim como suas interações sociais a partir de um diálogo entre os conhecimentos que ordenam sua vida social. Enfim, em consequências de novos modos de sociabilidade na Internet, identificamos que os sujeitos da pesquisa passaram por transformações nas interações sociais que realizam no âmbito das práticas sociais que se chocam com uma cultura digital mediada pela mobilidade e flexibilidade.
Abstract: Faced with an increasing dynamic of the advancement of Information and Communication Technologies (ICTs), a contemporary culture emerges marked by unprecedented forms of subjectivation, re-signifying the ways of relating to the other, of acting and thinking. The present work investigated the transformations that ICTs brought to the peasant community of Chã da Barra, especially in the experience of rural youth culture, promoting the reconfiguration of social interactions and establishing a new social bond between people, that is, providing the emergence of sociability beyond the existing traditional sociability. Furthermore, the research provided an analysis of the intergenerational relations mediated by ICTs, mainly by smartphones, and to reflect on how digital culture undertakes in society involving young people, adults and the elderly, ambiguous feelings of fascination, in the hope of a better tomorrow, on the other hand, the horror caused by the unpredictability of thefuture. This qualitative study of an ethnographic character was carried out between themonths of March 2019 and February 2020 in the peasant community of Chã da Barra, located in the city of Aroeiras-PB. The investigated population consisted of a sample of 18 interviewed participants, but not all the information acquired was obtained in the interviews, many of these conversations arrived through informal conversations, this information allowed a multiplicity of points of view and emotional processes to emerge, by the context itself interaction created. For the theoretical contribution of the research, it is proposed to use the works of Giddens (2002) Simmel (2006), Castells (2001) and among others, which inferabout the indemnity changes resulting from contemporary forms of sociability. In general, the data from thisresearch indicates how rural youths in Chã da Barra are interested and accept all new technological trends, while previous generations use these tools for very specific purposes, such as communication. We also found that in Chã da Barra there is a close relationship between the sociability practiced online and offline, we perceive the strength of two movements, that of modernization and tradition, providing continuities and discontinuities, which the peasant, especially the rural youth, they receive information that reconfigures the course of their actions in space, as well as their social interactions based on a dialogue between the knowledge that orders their social life. Finally, as a consequence of new modes of sociability on the Internet, we identified that the research subjects underwenttransformations in the social interactions they carry out within the scope of social practices that clash with a digital culture mediated by mobilityand flexibility.
Keywords: Sociabilidade
Juventudes rurais
Cultura digital
Interações virtuais
Modernidade
Sociability
Youth
Digital culture
Virtual interactions
Modernity
Sociabilidad
Juventud rural
Interacciones virtuales
Modernidad
Sociabilité
Jeunesse rurale
Culture numérique
Interactions virtuelles
La modernité
???metadata.dc.subject.cnpq???: Ciências Sociais
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/20643
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Sociais.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ELIZANA GOMES DE OLIVEIRA - DISSERTAÇÃO (PPGCS) 2021.pdf2.42 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.