Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/2198
Title: A luta pela autonomia e a participação política dos camponeses: um estudo nas microrregiões de Feira de Santana e Serrinha, no Estado da Bahia.
Other Titles: The struggle for autonomy and political participation of peasants: a study in the micro regions of Feira de Santana and Serrinha, in the State of Bahia.
???metadata.dc.creator???: OLIVEIRA, Ildes Ferreira de.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: CAVALCANTI, Josefa Salete Barbosa.
Keywords: Automia Camponesa;Campesinato;Lutas Camponesas;Participação Política Camponesa;Sociologia Rural;Famílias Camponesas - Organização Econômica;Economia Camponesa;Observação Participante;Camponenes na Bahia;Rural Sociology;Peasant Economy;Peasant Struggles;Unidade Camponesa - Organização Econômica;Peasant Families - Economic Organization
Issue Date: Jul-1987
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: OLIVEIRA, Ildes Ferreira de. A luta pela autonomia e a participação política dos camponeses: um estudo nas microrregiões de Feira de Santana e Serrinha, no Estado da Bahia. 1987. 231f. (Dissertação de Mestrado em Sociologia), Curso de Mestrado em Sociologia, Centro de Humanidades, Universidade Federal da Paraíba - Campina Grande - PB - Campus II - Brasil, 1987.
???metadata.dc.description.resumo???: O objetivo desta dissertação é analisar a organização econômica das unidades familiares de produção, considerando suas características de autonomia e subordinação que influencia suas formas de participação política. Os dados são provenientes de uma pesquisa realizada em seis Municípios das micro-regiões de Feira de Santana e Serrinha do Estado da Bahia, do Nordeste do Brasil, durante os anos de 1985 e 1986. Como técnicas de pesquisa foram usados questionários, entrevistas não estruturadas, informantes chave e observação participante. Os resultados revelam que essas unidades camponesas ganham sua subsistência através da agricultura, pecuária e trabalho assalariado, sendo a pecuária a fonte principal de renda monetária. A preponderância de uma fonte de renda sobre a outra, contudo, varia de acordo com a disponibilidade de terra e mão-de-obra para uso das unidades de produção. Face a precariedade desses fatores, bem como da condição de subordinação dessas unidades, as famílias estudadas desenvolvem estratégias que vão do assalariamento de seus membros pelas unidades mais pobres, à maior participação política pelos camponeses mais ricos. A análise feita revela ainda as formas de participação política, de acordo com a diferenciação interna de classe camponesa. E, de certo modo, a incapacidade dos camponeses se mobilizarem, por si próprios, apesar de sua inserção nos movimentos comunitários e sindicais, tomando-se indispensável o apoio externo. Finalmente, o trabalho revela a crescente participação política dos camponeses nas micro-regiões estudadas, ao lado da modernização da vida econômica de suas unidades de produção.
Abstract: The aim of this Dissertation is to analyse the economic organization of family units of production, taking into account their autonomous and subordinate character, according to which their political participation is understood. Data come from a research carried out in six Municipalities of Feira de Santana and Serrinha, micro-regions of the Brazilian Northeast State of Bahia, during the years of 1985 and 1986. As research techniques questionnaires, non-structured interviews, key informants and participant observation were used. The study reveal that those peasant units get their living on agriculture, cattle raising and wage labour, being cattle raising the main source of monetary income. The preponderance of one source of income over the other is. related to the amount of land and labour available to the units of production. The shortage of land and labour, as well as the subordination of these units, to the capitalist mode of production determinate survival strategies such as, hiring out labour, by poor peasants, or more effective political participation, by better - off peasants. The findings demonstrate the forms of political participation, according to the internal differentiation of the peasant class and, somehow, the inability of peasants to act for themselves against external forces of powers unless they have political support of individuals and organization from outside. Furthermore, the results make clear a growing political participation of peasants in the economic life of the micro-regions, side by side modernization of the economic life of their units of production.
Keywords: Automia Camponesa
Campesinato
Lutas Camponesas
Participação Política Camponesa
Sociologia Rural
Famílias Camponesas - Organização Econômica
Economia Camponesa
Observação Participante
Camponenes na Bahia
Rural Sociology
Peasant Economy
Peasant Struggles
Unidade Camponesa - Organização Econômica
Peasant Families - Economic Organization
???metadata.dc.subject.cnpq???: Ciências Sociais.
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/2198
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Sociais.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ILDES FERREIRA DE OLIVEIRA - DISSERTAÇÃO PPGCS 1987..pdfIldes Ferreira de Oliveira - Dissertação PPGCS 1987.58.75 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.