Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/2201
Title: Biodiesel de Moringa oleifera Lam e seus ecodieseis: análise da eficiência no processo de armazenagem.
Other Titles: Biodiesel from Moringa oleifera Lam and its ecodieseis: analysis of efficiency in the storage process.
???metadata.dc.creator???: BITU, Samuel Guedes.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: CANDEIA, Roberlúcia Araújo.
???metadata.dc.contributor.advisor2???: DANTAS, Manoel Barbosa.
???metadata.dc.contributor.referee1???: VIEIRA, Allan Sarmento.
???metadata.dc.contributor.referee2???: GADELHA, Antônio José Ferreira.
Keywords: Biodiesel/diesel - Misturas;Energias renováveis;Moringa oleifera Lam;Estabilidade oxidante;Biocombustível - Armazenamento;Moringa oil;Biofuel
Issue Date: 12-Sep-2018
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: BITU, S. G. Biodiesel de Moringa oleifera Lam e seus ecodieseis: análise da eficiência no processo de armazenagem. 2018. 44 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Sistemas Agroindustriais) - Programa de Pós-Graduação em Sistemas Agroindustriais, Centro de Ciências e Tecnologia Agroalimentar, Universidade Federal de Campina Grande, Pombal, Paraíba, Brasil, 2018.
???metadata.dc.description.resumo???: Nos últimos anos tem-se procurado entre as fontes oleaginosas, a que agregue boas condições de estabilidade oxidativa para a produção de biodiesel e de suas misturas. E, portanto, contribua para boa qualidade do biocombustível durante o período do armazenamento. A moringa oleífera Lam com sementes de alto teor de óleo surge como uma alternativa para a obtenção de biodiesel, devido ao fato de ter propriedade antioxidante, além de possibilitar o cultivo em áreas não agricultáveis. De modo que, este trabalho vem investigar a eficiência durante o processo de armazenagem do biodiesel de óleo de Moringa e de seus Ecodieseis, através das propriedades físico-químicas, térmicas e microbiológicas. A pesquisa foi realizada com procedimento experimental, em escala laboratorial. O óleo de Moringa foi obtido por extração química, utilizando o extrator tipo Soxhlet, e obteve rendimento em torno de 38,1 %. O biodiesel foi obtido sob razão molar do álcool etílico/óleo na proporção 6:1, na presença de 1,5% do catalisador em relação à massa do óleo. O rendimento reacional em relação à massa do óleo de moringa para o biodiesel foi de 79,30%. O biodiesel etílico de moringa apresentou um elevado período de indução (10,2h), sendo bastante resistente à oxidação, por conter aproximadamente, 76% de éster de ácido graxo monoinsaturado em sua cadeia graxa. Por outro lado, observou-se um ganho na estabilidade oxidativa, à medida que a concentração de diesel é maior na mistura (biodiesel/diesel). Entretanto, o uso dessas misturas é considerado uma boa alternativa, em virtude do fator da resistência à oxidação do produto final. Por fim, este trabalho demonstrou a excelente conversão do óleo em biodiesel e a estabilidade durante o período de armazenamento do biodiesel e de seus ecodieseis de moringa oleífera Lam.
Abstract: In recent years, it has been sought among the oil sources, which adds good conditions of oxidative stability for the production of biodiesel and its blends. And, therefore, contribute to good quality of the biofuel during the period of storage. The oil moringa Lam. With seeds of high oil content emerges as an alternative to obtain biodiesel, due to the fact that it has antioxidant properties, besides allowing the cultivation in non-arable areas. Thus, this work investigates the efficiency during the storage process of Moringa oil biodiesel and its Ecodieseis, through physicochemical, thermal and microbiological properties. The research was performed with an experimental procedure, in a laboratory scale. Moringa oil was obtained by chemical extraction, using the Soxhlet type extractor, and obtained yield around 38.1%. The biodiesel was obtained by molar ratio of the ethyl alcohol / oil in the proportion 6: 1, in the presence of 1,5% of the catalyst in relation to the mass of the oil. The reaction yield in relation to the mass of the moringa oil for biodiesel was 79.30%. Moringa ethyl biodiesel presented a high induction period (10.2 h), being quite resistant to oxidation, as it contains approximately 76% of monounsaturated fatty acid ester in its fatty chain. On the other hand, a gain in oxidative stability was observed, as the concentration of diesel is higher in the mixture (biodiesel / diesel). However, the use of these mixtures is considered a good alternative, due to the oxidation resistance factor of the final product. Finally, this work demonstrated the excellent conversion of the oil into biodiesel and the stability during the storage period of biodiesel and its oil moringa.
Keywords: Biodiesel/diesel - Misturas
Energias renováveis
Moringa oleifera Lam
Estabilidade oxidante
Biocombustível - Armazenamento
Moringa oil
Biofuel
???metadata.dc.subject.cnpq???: Recursos Florestais e Engenharia Florestal.
Engenharia Química.
Engenharia de Produção.
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/2201
Appears in Collections:Mestrado Profissional em Sistemas Agroindustriais (Pombal).

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
SAMUEL GUEDES BITU - DISSERTAÇÃO PPGSA 2018.pdfSamuel Guedes Bitu - Dissertação PPGSA Profissional 2018.976.16 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.