Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/2210
Title: Desmanchando novelos e tecendo sonhos: a vida das rendeiras de Camalaú.
Other Titles: Breaking up skeins and weaving dreams: the life of Camalaú's lacemakers.
???metadata.dc.creator???: ALBUQUERQUE, Else de Farias.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: MENEZES, Marilda Aparecida de.
???metadata.dc.contributor.referee1???: LIMA, Elizabeth Christina de Andrade.
???metadata.dc.contributor.referee2???: AYALA, Maria Ignez Novais.
Keywords: Rendeiras de Camalaú - PB;Camalaú - PB - Mulheres rendeiras;Histórias de vida;Renda renascença - Camalaú - PB;Valor simbólico da Renda Renascença;Artesanato Camalauense;Renda Renascença - Paraíba;Mulheres rendeiras;Homens e renda renascença;Etnografia;Female lacemakers;Man Lacemaker;Renaissance lace
Issue Date: 24-Jul-2002
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: ALBUQUERQUE, Else de Farias. Desmanchando novelos e tecendo sonhos: a vida das rendeiras de Camalaú. 2002. 110f. (Dissertação de Mestrado em Ciências Sociais) - Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais, Centro de Humanidades, Universidade Federal de Campina Grande - Paraíba - Brasil, 2002.
???metadata.dc.description.resumo???: Os estudos sobre artesanato no Brasil têm sido relegados a um lugar de importância menor. No entanto, considerando a atividade artesanal como sendo importante, atual e cumpridora de uma importante função social, buscamos, nesse estudo, contemplar os aspectos material e simbólico dessa atividade. Procuramos então compreender como se organiza a vida das mulheres rendeiras de Camalaú em torno do seu ofício, a renda renascença, e como é construído seu relacionamento com os diferentes agentes sociais que estão ligados à atividade da renda, da produção até a comercialização. Orientada pela perspectiva de que os conceitos não são estáticos e de que devem ser construídos num constante diálogo entre teoria e evidência empírica, procurei compreender o artesanato como sendo um termo genérico que "esconde" muitas particularidades. Por trata-se de uma etnografia, o esforço, nesse estudo, foi o de observar que houvesse um diálogo constante entre teoria e trabalho de campo. Nesse sentido, este texto, como resultado deste diálogo, procura apontar para a heterogeneidade do artesanato da renda renascença como um meio de sobrevivência, e também para dimensão lúdico do fazer renda.
Abstract: Studies about crafts in Brazil have been dismissed to a place of minor importance. However, considering that craft is an importam and present activity and has a social function, we pursue, in this study, contemplate material and symbolic aspects of this activity. It includes how the female lacemaker lives are organized to work on the renaissance lace And how their relationship with the diverse social agents connected with the lace business - from production to commercialization - are constructed. Guided by the perspective that the concepts are not static but they are built upon a permanent dialogue between theory and empirical evidence, we pursue to understand craft as a general term which hide many particuiarities. As an ethnography, the attempt was to guarantee a dialogue between theory and fíeld work. In this sense, this text intends to point out the heterogeneity of renaissance lace craft as an economic activity and the pleasant side of making it.
Keywords: Rendeiras de Camalaú - PB
Camalaú - PB - Mulheres rendeiras
Histórias de vida
Renda renascença - Camalaú - PB
Valor simbólico da Renda Renascença
Artesanato Camalauense
Renda Renascença - Paraíba
Mulheres rendeiras
Homens e renda renascença
Etnografia
Female lacemakers
Man Lacemaker
Renaissance lace
???metadata.dc.subject.cnpq???: Ciências Sociais.
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/2210
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Sociais.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ELSE DE FARIAS ALBUQUERQUE - DISSERTAÇÃO PPGCS 2002..pdfElse de Farias Albuquerque - Dissertação PPGCS 2002.7.8 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.