Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/22603
Title: No fio da navalha, entre ser vagabundo ou “de bem”: trabalho infantil sob perspectivas e práticas das famílias pobres frente aos discursos dos atores sociais.
???metadata.dc.creator???: DUARTE, Fabíola Cortezzi Guimarães.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: LADOSKY, Mário Henrique Guedes.
???metadata.dc.contributor.referee1???: OLIVEIRA, Roberto Véras de.
???metadata.dc.contributor.referee2???: CORTELETTI, Roseli de Fatima.
???metadata.dc.contributor.referee3???: ALBERTO, Maria de Fatima Pereira.
Keywords: Infância;Trabalho infantil;Trabalho precoce;Discursos;Campina Grande;Childhood;Child labor;Early labor;Speeches
Issue Date: 4-Oct-2019
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: DUARTE, Fabíola Cortezzi Guimarães. No fio da navalha, entre ser vagabundo ou “de bem”: trabalho infantil sob perspectivas e práticas das famílias pobres frente aos discursos dos atores sociais. 76 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais, Centro de Humanidades, Universidade Federal de Campina Grande, Paraíba, Brasil, 2019.
???metadata.dc.description.resumo???: O trabalho investigativo proposto nesta dissertação tem como ponto central as dificuldades, os dramas e tensões entre os diferentes atores relacionados ao trabalho infantil em Campina Grande/PB, tanto dos que atuam no combate, quanto das famílias que se utilizam dele. Procurou-se compreender de que “lugar social” são produzidas as posições dos atores. Entende-se as necessidades econômicas, políticas e sociais como situação histórico-concreta. E, a partir disso, analisamos os diferentes discursos e as relações de poder que se colocam nos posicionamentos sociais que ocupam. Além disso, buscou-se também situar e explicar as interpretações dadas ao trabalho infantil pelas famílias atendidas no Programa Ruanda e como esses discursos se materializam nas práticas sociais. Os dados apresentados advêm de natureza qualitativa, com roteiro de entrevistas semiabertas, e registro de histórias de vida. Foram inseridos fragmentos de depoimentos dos sujeitos entrevistados, através de narrativas das crianças trabalhadoras, dos familiares, gestores da educação, gestores de instituições sociais, gestores de instituições públicas de combate ao trabalho infantil. Compreendendo, portanto, os diferentes posicionamentos, o que fazem, dizem e praticam, relacionados ao trabalho infantil, marcados por subjetividades, narrativas sociais. Foram entrevistadas três famílias com crianças em situação de trabalho, atendidas pelo Programa Ruanda, a coordenadora do PETI, a coordenadora e uma assistente social do programa Ruanda, um conselheiro Tutelar e o Procurador do Ministério Público do Trabalho. Por fim, foram coletadas as falas das crianças e pessoas da Secretaria de Educação, professores, do Juiz da Infância e instituições de direito em dois eventos, “Celebração dos 27 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente” e “Pintando Direitos – 28 anos do ECA”. Foi também realizada coleta de dados oficiais da Secretaria Municipal de Assistência Social de Campina Grande (SEMAS), do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) e do Programa Ruanda. Foi observado muitos pontos contrários ao combate do trabalho precoce, percebe-se que é possível uma ação efetiva. Que depende de um conjunto de ações, envolvendo os diferentes atores. Todos com verdadeira vontade transformadora. A sociedade sozinha nunca conseguirá. As famílias pobres menos ainda. Depende sobretudo da vontade política, principalmente daqueles que estão no poder.
Abstract: The investigative work proposed in this dissertation focuses on the difficulties, the dramas and the tensions between the different actors related to child labor in Campina Grande / PB, both those who work in combat and the families that use it. We sought to understand from which “social place” the actors' positions are produced. Economic, political and social needs are understood as concrete historical situations. And from that, it analyzed the different discourses and the power relations that are placed in the social positions they occupy. In this puzzle, it also sought to situate and explain the interpretations of child labor of families served by the Rwanda Program and how these discourses materialize in social practices. The data presented come from a qualitative nature, with a script of semi-open interviews and a record of life stories. Fragments of statements from the interviewed subjects were inserted through narratives of working children, family members, education managers, managers of social institutions, managers of public institutions to combat child labor. Understanding, therefore, the different positions, what they do say and practice, related to child labor, marked by subjectivities, social narratives. Three families were interviewed with children in work situations, assisted by the Rwanda Program, the PETI coordinator, the Rwanda program coordinator and social worker, a Guardian counselor and the Labor Prosecutor. Finally, the statements of children and people from the Department of Education, teachers, the Judge of Childhood and institutions of law were collected in two events, “Celebration of the 27 years of the Statute of the Child and Adolescent” and “Painting Rights - 28 years of ECA ”. Official data were also collected from the Municipal Secretariat of Social Assistance of Campina Grande (SEMAS), from the Service of Coexistence and Strengthening of Links (SCFV) and from the Rwanda Program. Many points against the fight against early work were observed, it is clear that effective action is possible. That depends on a set of actions, involving the different actors. All with a real transformative desire. Society alone will never succeed. Poor families even less. It depends mainly on political will, especially those in power.
Keywords: Infância
Trabalho infantil
Trabalho precoce
Discursos
Campina Grande
Childhood
Child labor
Early labor
Speeches
???metadata.dc.subject.cnpq???: Ciências Sociais Aplicadas
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/22603
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Sociais.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FABÍOLA CORTEZZI GUIMARÃES DUARTE - DISSERTAÇÃO (PPGCS) 2019 (1).pdf5.63 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.