Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/2260
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creator.IDARAÚJO, E. J.pt_BR
dc.contributor.advisor1BEYLIER, Charler.-
dc.contributor.advisor1IDBEYLIER, C.pt_BR
dc.contributor.referee1RAMALHO, Deolinda Maria de Souza.-
dc.contributor.referee2SCHULZE, Margot Barbosa.-
dc.description.resumoEste estudo é a sistematização de reflexões teóricas sobre as questões sociais que envolvem um processo de difusão de tecnologias apropriadas a pequenos produto res rurais. Em especial, ele se detém na análise das relações que possam se dar entre a introdução de inovações tecnológicas na pequena unidade de produção e o processo de organização do trabalho familiar. 0 tema ê tratado teoricamente tomando por pano de fundo o processo de modernização da agricultura brasileira e, neste, como vai se situar a pequena produção. Aí demonstra-se as correlações que existem entre a condição da pequena produção e o capital numa sociedade de classes, onde aquele determina o padrão tecnológico vigente. Se analisa também as vinculações que a tecnologia mantêm com a posição das classes sociais, inclusive a do pequeno produtor. Fica demonstrado que a tecnologia convencional serve aos interesses do capital e que a pequena produção requer uma tecnologia apropriada a sua condição social. Assim entendido, apresenta-se uma discussão sobre uma série de questões que estão no bojo de um processo de modernização da pequena unidade produtiva, pela via da tecnologia socialmente apropriada. Ai destaca-se a organização do trabalho familiar. A referência empírica, onde o estudo se estriba, ê um caso de uma experiência de difusão de tecnologias apropriadas, realizada em uma pequena localidade situada no semi-árido do Estado da Paraíba, o sítio Santa Rosa. A experiência demonstrou que a decisão de adotar as inovações tecnológicas, por parte dos pequenos produtores, está condicionada pela relação que eles mantêm com o organismo de promoção que lhe propõe a experiência e pelos possíveis benefícios que possam advir dessa relação. Por outro lado, evidenciou que as decisões dos pequenos produtores levam em conta outras variáveis presentes em sua relação com outros setores da sociedade envolvente. O estudo conclui que a reorganização do trabalho familiar não é uma consequência obrigatória da incorpora ção de tecnologias apropriadas, porém o pequeno produtor se posicionará neste processo numa atitude de alerta, avaliando constantemente essa relação, podendo transformá-la, desde que as necessidades de equilíbrio interno da unidade produtiva o exijam, e que esta decisão se coadune com os valores que orientem seu modo de viver e pensar.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentCentro de Humanidades - CHpt_BR
dc.publisher.programPÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAISpt_BR
dc.publisher.initialsUFCGpt_BR
dc.titleO dilema camponês: estudo de caso sobre a difusão de tecnologias apropriadas a pequenos produtores rurais do semiárido paraibano.pt_BR
dc.date.issued1988-08-
dc.identifier.urihttp://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/2260-
dc.date.accessioned2018-11-22T17:47:17Z-
dc.date.available2018-11-22-
dc.date.available2018-11-22T17:47:17Z-
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.subjectCampesinatopt_BR
dc.subjectCamponeses do Semiárido Paraibanopt_BR
dc.subjectTecnologias Apropriadas em Assentamentos Ruraispt_BR
dc.subjectPequenos Produtores Ruraispt_BR
dc.subjectTrabalho Familiar Camponêspt_BR
dc.subjectAgricultura Familiarpt_BR
dc.subjectSítio Santa Rosapt_BR
dc.subjectModernização da Agricultura Brasileirapt_BR
dc.subjectSociologia Ruralpt_BR
dc.subjectAppropriate Technologies in Rural Settlementspt_BR
dc.subjectTravail de Famille Paysannept_BR
dc.subjectTechnologies Appropriées dans les Établissements Rurauxpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.creatorARAÚJO, Eduardo Jordão de.-
dc.publisherUniversidade Federal de Campina Grandept_BR
dc.languageporpt_BR
dc.title.alternativeLe dilemme paysan: étude de cas sur la diffusion de technologies appropriées aux petits producteurs ruraux du Paraibano semi-aride.pt_BR
dc.title.alternativeThe peasant dilemma: case study on the diffusion of appropriate technologies to small rural producers of the Semi-Arid Paraibano.pt_BR
dc.identifier.citationARAÚJO, Eduardo Jordão de. O dilema camponês: estudo de caso sobre a difusão de tecnologias apropriadas a pequenos produtores rurais do semiárido paraibano. 1988. 119f. (Dissertação de Mestrado em Sociologia Rural), Curso de Mestrado em Sociologia Rural, Centro de Humanidades, Universidade Federal da Paraíba - Campina Grande - PB - Campus II - Brasil, 1988.pt_BR
dc.description.resumeCe travail veut organiser certaines : reflexions thêoriques sur les guestions sociales qui ont trait à un processus de diffusion de technologies appropriées à de petits producteurs ruraux. En particulier, il s'occupe de l'analyse des rapports entre l'introduction de nouvelles technologies dans la petite rinite de production et le processus d'organisation du travail en famille. Le sujet est traité thêoriquement et s'inscrit dans le processus plus large de modernisation de 1'agricul ture brêsilienne où va trouver place la petite production. Là on montrera les corrélations qui existent entre la con dition de la petite production et el capital dans une société de classes oú celui-ci determine le modele technologique existant. Egalement vont être analysêes les liaisons gue la technologie entretient avec la position des classes sociales, y compris celle du petit producteur. On demontre que la technologie conventionnelle sert les intêrêts du capital et que la petite production demande une technologie appropriée à sa condition sociale. De la sorte plusieurs guestions sont soulevées autour du processus de modernisa tion de la petite unitê de production au moyen dune technologie socialement appropriée. Là on mettra en évidence 11organisation du travail en famille. Cette étude se fait â partir d1une expérience de diffusion de technologies appropriées dans un petit lieu de la région semi-aride de l'Etat de Paraíba, la petite ferme "Santa Rosa". On a vêrifié que la décision d'adopter des inno vations technologiques chez les petits producteurs est conditionnée par le rapport qu'ils entretiennent avec les fournisseurs qui leur proposent des plans avantageux. D'un autre côtê, les décisions prises par les petits producteurs tiennent compte d'autres variables dans leurs rapportsavec d'autres secteurs de leur entourage. Notre étude mêne aux conclusions suivantes: la réorganisation du travail en famille ne suit pas obligatoire ment 1'adoption de technologies appropriées. Cependant, le petit producteur reste êveillê dans ce processus et êvalue constamment cette relation jusqu'ã la transformer êven tuellement si les besoins d'equilibre interne de l'unité productive l'exigent et gue cette décision ne se heurte pas aux valeurs qui orientent sa façon de vivre et depenser.pt_BR
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Sociais.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EDUARDO JORDÃO DE ARAÚJO - DISSERTAÇÃO PPGCS 1988..pdfEduardo Jordão de Araújo - Dissertação PPGCS 1988.15.28 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.