Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/2276
Title: As múltiplas funções da agricultura familiar camponesa: práticas sócio-culturais e ambientais de convivência com o semi-árido.
Other Titles: The multiple functions of peasant family agriculture: socio-cultural and environmental practices of coexistence with the semi-arid.
???metadata.dc.creator???: ALVES, Arilde Franco.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: MALAGODI, Edgard Afonso.
???metadata.dc.contributor.referee1???: DUQUE, Ghislaine.
???metadata.dc.contributor.referee2???: CERDAN, Claire Marie Thuillier.
???metadata.dc.contributor.referee3???: MACHADO, Gustavo Bittencourt.
???metadata.dc.contributor.referee4???: MOREIRA, Emília de Rodat Fernandes.
Keywords: Convivência com o semiárido;Agricultura familiar camponesa;Camponeses do Semiárido Paraibano;Campesinato;Multifuncionalidade da agricultura;Agricultura moderna;Curimataú ocidental Paraibano;Fisiologia do Semiárido;Perfil fundiário - semiárido paraibano;Representações sociais - semiáridos;Território;Famílias rurais;Desenvolvimento territorial;Agricultura camponesa;Multifunctionality of agriculture;Territorial development;Peasant agriculture;Socio-cultural and environmental practices;Natural resources;Agro ecosystems;Multifonctionnalité de l'agriculture;Développement territorial;Agriculture paysanne
Issue Date: 20-Nov-2009
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: ALVES, Arilde Franco. As múltiplas funções da agricultura familiar camponesa: práticas sócio-culturais e ambientais de convivência com o semi-árido. 2009. 340f. (Tese de Doutorado em Ciências Sociais) - Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais, Centro de Humanidades, Universidade Federal de Campina Grande - Paraíba - Brasil, 2009.
???metadata.dc.description.resumo???: A multifuncionalidade da agricultura pauta-se na compreensão de que a mesma, além de produzir alimentos e fibras, desempenha outras funções de fundamental importância na dinâmica de desenvolvimento rural. Este entendimento amplia o campo das funções socioeconômicas atribuídas à agricultura, deixando de ser entendida apenas como produtora de bens agrícolas. Então, partindo do pressuposto que as dinâmicas produtivas e sócioculturais decorrem de relações sociais próprias da agricultura, marcadas por inúmeras representações relacionadas à convivência com a semiaridez, utilizou-se como ferramenta analítica a noção de multifuncionalidade, para demonstrar a importância sociológica das múltiplas funções da agricultura familiar camponesa no contexto do semi-árido. Dessa maneira, permitiu analisar as diferentes funções e atividades exercidas pelas famílias de camponeses, enquanto características intrínsecas e necessárias aos estabelecimentos familiares, e enquanto funções essencialmente diferentes das funções econômicas produtivas, através da interação entre famílias e o meio-ambiente em sua dinâmica própria de reprodução social, considerando os diversos “modos de vida” das famílias na sua integridade. Metodologicamente a pesquisa esteve centrada nas famílias camponesas, valendo-se de questionários semi-estruturados, aplicados em uma amostragem de oito “sítios” de quatro municípios do Curimataú Ocidental – Agreste Paraibano e em seus territórios, com base em informações secundárias e em entrevistas com „atores sociais‟ locais, no sentido de apontar que essa diversidade de atividades é „produtora‟ de externalidades positivas de sustentabilidade ambiental. Os resultados ratificam pesquisas anteriores de que a agricultura perde a exclusividade do seu caráter produtivo e econômico, assumindo cada vez mais o caráter de um espaço de vida, „produtor‟ de externalidades e bens públicos. Também confirmam a hipótese, de que a demonstração das múltiplas funções da agricultura poderá apontar diretrizes para uma política agrícola, desde que específica às condições estudadas. Além disso, dadas as práticas de convivência com a semi-aridez (Barragens subterrâneas, tanques de pedra, cisternas de placas, etc.), confirmam parcialmente a segunda hipótese, de que as múltiplas funções contemplam, além da qualidade de vida, ações de Desenvolvimento Territorial Sustentável, devido a persistente desarticulação nas ações dos gestores públicos locais junto aos agricultores; Tampouco esses agricultores, visualizam os múltiplos papéis que cumprem ou são capazes de cumprir, enquanto „atores‟ desse rural distinto e diversificado. Contudo, há elementos que apontam na direção de um papel de coesão social, que a agricultura e/ou as atividades a ela ligadas podem propiciar, a exemplo da pluriatividade, da produção agropastoril (milho, feijão e caprinos) voltada para o autoconsumo e da política pública do PRONAF, este último confluindo na construção de um processo coletivo de organização dos agricultores.
Keywords: Convivência com o semiárido
Agricultura familiar camponesa
Camponeses do Semiárido Paraibano
Campesinato
Multifuncionalidade da agricultura
Agricultura moderna
Curimataú ocidental Paraibano
Fisiologia do Semiárido
Perfil fundiário - semiárido paraibano
Representações sociais - semiáridos
Território
Famílias rurais
Desenvolvimento territorial
Agricultura camponesa
Multifunctionality of agriculture
Territorial development
Peasant agriculture
Socio-cultural and environmental practices
Natural resources
Agro ecosystems
Multifonctionnalité de l'agriculture
Développement territorial
Agriculture paysanne
???metadata.dc.subject.cnpq???: Ciências Sociais.
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/2276
Appears in Collections:Doutorado em Ciências Sociais.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARILDE FRANCO ALVES - TESE PPGCS 2009...pdfArilde Franco Alves - Tese PPGCS 2009.4.34 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.