Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/2363
Title: A quebra da invariância de Lorentz na eletrodinâmica quântica através de um espaço-tempo intrinsecamente anisotrópico.
???metadata.dc.creator???: OLIVEIRA, Rafael de Jesus Dos Santos.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: PASSOS, Eduardo Marcos Rodrigues dos.
???metadata.dc.contributor.referee1???: BRITO, Francisco de Assis.
???metadata.dc.contributor.referee2???: SILVA, Carlos Alex Souza da.
Keywords: Invariância de Lorentz;Eletrodinâmica quântica;Espaço-tempo;Anisotrópico;Métrica de Finsler;Invariance of Lorentz;Quantum electrodynamics;Space time;Finsler Metrics
Issue Date: 7-Aug-2017
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: OLIVEIRA, R. de J. dos S. A quebra da invariância de Lorentz na eletrodinâmica quântica através de um espaço-tempo intrinsecamente anisotrópico. 2017. 63 f. Dissertação (Mestrado em Física) – Programa de Pós-Graduação em Física, Centro de Ciência e Tecnologia, Universidade Federal de Campina Grande, Paraíba, Brasil, 2017.
???metadata.dc.description.resumo???: Neste trabalho, considerou-se a proposta de que a violação da invariância de Lorentz espontânea (sLIV) está relacionada à geometria de Finsler, uma vez que o espaço-tempo de Finsler é intrinsecamente anisotrópico e naturalmente induz a violação da invariância de Lorentz (LIV). Com o foco na eletrodinâmica quântica (QED), no qual o setor eletromagnético e o fermiônico são descritos no espaço-tempo localmente de Minkowski, a densidade de lagrangeana apresentada explicitamente para o caso do campo eletromagnético, mostra-se compatível com a da extensão do modelo padrão (SME). As equações de Maxwell violando a invariância de Lorentz assim como a equação de onda eletromagnética são obtidas, e as soluções de onda plana para a onda eletromagnética dá a relação de dispersão que caracteriza o cone de luz, onde o mesmo pode ser exprimido ou alargado de acordo com o parâmetro LIV do espaço-tempo de Finsler. A velocidade da luz pode depender da direção da luz, vindo a ser superluminal ou subluminal, e tais efeitos LIV podem ser vistos como influências de uma fonte anisotrópica sobre a onda eletromagnética. Uma restrição no espaço-tempo anisotrópico é feita a partir de observações de explosões de raios gama (GRBs), de modo que a velocidade da luz se encontre subluminal e dependente da energia. Além disso, a birrefringência da luz não aparece durante o processo deste modelo. Para o caso do setor fermiônico, é investigada a possibilidade da indução do termo eletromagnético de Finsler, viabilizado pelo método de corre c~ao quântica em quatro dimensões, o que conduz a um termo eletromagnético de Finsler dependente de uma parte divergente e que quebra a invariância de Lorentz.
Keywords: Invariância de Lorentz
Eletrodinâmica quântica
Espaço-tempo
Anisotrópico
Métrica de Finsler
Invariance of Lorentz
Quantum electrodynamics
Space time
Finsler Metrics
???metadata.dc.subject.cnpq???: Física
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/2363
Appears in Collections:Mestrado em Física.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RAFAEL DE JESUS DOS SANTOS OLIVEIRA – DISSERTAÇÃO (PPGFísica) 2017.pdf1.06 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.