Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/2366
Title: Estudo experimental do limão tahiti (Citrus latifolia tanaka): congelamento e caracterização termo-físico-química e sensorial da polpa e aproveitamento do albedo na síntese de pectinase.
???metadata.dc.creator???: BRITO, Kátia Davi.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: OLIVEIRA, Líbia de Sousa Conrado.
???metadata.dc.contributor.advisor2???: LIMA, Antonio Gilson Barbosa de.
???metadata.dc.contributor.referee1???: SANTIAGO, Ângela Maria.
???metadata.dc.contributor.referee2???: HOLANDA, Helenice Duarte de.
???metadata.dc.contributor.referee3???: SILVA, Vimário Simões.
???metadata.dc.contributor.referee4???: FARIAS, Fabiana Pimentel Macêdo.
Keywords: Limão Tahiti.;Polpa congelada.;Pectinase.;Fermentação.;Tahiti Lime.;Frozen pulp.;Pectinase.;Fermentation.
Issue Date: 6-Dec-2013
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: BRITO, K. D. Estudo experimental do limão tahiti (Citrus latifolia tanaka): congelamento e caracterização termo-físico-química e sensorial da polpa e aproveitamento do albedo na síntese de pectinase. 2013. 130 f. 2016. 116 f. Tese (Doutorado em Engenharia de Processos) – Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Processos, Centro de Ciência e Tecnologia, Universidade Federal de Campina Grande, Paraíba, Brasil, 2013.
???metadata.dc.description.resumo???: O limão Tahiti é bastante apreciado mundialmente. No Brasil, sua produção é destinada, prioritariamente, à comercialização do fruto in natura. A obtenção de polpa congelada é uma alternativa para possibilitar mais uma opção de consumo e agregar valor a produção. O processamento para obtenção da polpa gera uma quantidade de resíduos com alto potencial de conversões biológica e química que normalmente são descartados de forma inadequada no meio ambiente. Neste contexto, o presente trabalho tem como objetivo, realizar o estudo experimental do congelamento da polpa de limão Tahiti, caracterizar termo-físico-quimicamente, microestrutural e sensorial e aproveitar o albedo, para produção de exo-poligalacturonase. A polpa de limão foi extraída, congelada a -20 ± 2°C e armazenada por 180 dias. Foram avaliados diferentes parâmetros termo-físico-químico, microestrutural e sensorial da polpa congelada. O albedo foi utilizado como matéria-prima para a produção da exopoligalacturonase por meio da fermentação em estado sólido, usando o microorganismo Aspergillus niger CCT 0916 como agente da fermentação. Os resultados obtidos mostraram-se satisfatórios com relação aos parâmetros de qualidade físicoquímicos (teores de sólidos solúveis (°Brix), acidez em ácido cítrico, açúcares redutores, vitamina C, pH, HMF, furfural), aceitação sensorial, temperatura de início de congelamento, massa específica, calor específico e atividade poligalacturonásica (APG). A comercialização do limão Tahiti na forma de polpa congelada é uma técnica que garante a sua conservação por meses, e o aproveitamento do albedo é bastante promissor na produção de poligalacturonase.
Keywords: Limão Tahiti.
Polpa congelada.
Pectinase.
Fermentação.
Tahiti Lime.
Frozen pulp.
Pectinase.
Fermentation.
???metadata.dc.subject.cnpq???: Engenharia de Processamento de Produtos Agrícolas
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/2366
Appears in Collections:Doutorado em Engenharia de Processos.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
KATIA DAVI BRITO -TESE PPGEP 2013.pdf7.78 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.