Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/2378
Title: Utilização de cascalhos de perfuração oriundos das atividades de exploração de petróleo em revestimentos asfálticos de estradas.
Other Titles: Use of drill cuttings from petroleum exploration activities in road asphaltic coatings.
???metadata.dc.creator???: LUCENA, Adriano Elísio de Figueirêdo Lopes.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: FERREIRA, Heber Carlos.
???metadata.dc.contributor.advisor2???: RODRIGUES, John Kennedy Guedes.
???metadata.dc.contributor.referee1???: FARIAS, Márcio Muniz de.
???metadata.dc.contributor.referee2???: ARAÚJO, Gilmar Trindade.
???metadata.dc.contributor.referee3???: NEVES, Gelmires Araújo.
???metadata.dc.contributor.referee4???: AMORIM, Luciana Viana.
Keywords: Resíduo Oleoso.;Petróleo.;Revestimentos Asfálticos.;Oily Residue.;Petroleum.;Asphaltic Pavements.
Issue Date: 29-Aug-2008
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: LUCENA, Adriano Elísio de Figueirêdo Lopes. Utilização de cascalhos de perfuração oriundos das atividades de exploração de petróleo em revestimentos asfálticos de estradas. 2008. 142 f. Tese (Doutorado em Engenharia de Processos) – Universidade Federal de Campina Grande, Centro de Ciências e Tecnologia, Campina Grande-PB, 2008.
???metadata.dc.description.resumo???: Em todo o mundo, as operações das indústrias petrolíferas produzem uma quantidade significativa de resíduo oleoso, que por apresentar em sua composição teor de óleo, metais, sais, fenóis dentre outros, requer cuidados específicos. A utilização dos resíduos oleosos (cascalhos de perfuração) em revestimentos de concretos asfálticos de petróleo é uma alternativa a ser considerada, pois, a sua adoção minimizaria o efeito da migração de alguns componentes tóxicos de sua constituição para o lençol freático e os solos que circunvizinham as estradas, tornando-se assim, uma prática ambientalmente mais adequada que a técnica de “roadspreading”. Com esse objetivo foram selecionados resíduos oleosos provenientes da perfuração de poços de petróleo. O resíduo oleoso 1 (poço:4-SES-149A) e o resíduo oleoso 2 (poço:1-POTI-4-RN). Inicialmente foram realizadas caracterizações físicas, mineralógicas e ambientais dos materiais (determinação da massa específica, análise granulométrica, análise química, ATD, ATG, DRX e espectroscopia por absorção atômica) com o objetivo principal de conhecer suas propriedades essenciais para o desenvolvimento da pesquisa. Em seguida, a partir da análise teórica (revisão da literatura) e dos resultados das caracterizações físicas, mineralógicas e ambientais, foram estabelecidos os procedimentos normatizados para a mistura dos materiais e os critérios de aceitação dos resultados obtidos, realizando-se na seqüência a caracterização mecânica (ensaio de viscosidade, penetração, Marshall, resistência à tração por compressão diametral e Lottman). Por fim, foi construído um trecho experimental com o objetivo de verificar a migração ou não de constituintes tóxicos para o entorno do trecho. Os resultados obtidos indicaram que a utilização do resíduo oleoso 1 (filler) e o resíduo oleoso 2 (agregado miúdo), em revestimentos asfálticos, obedecendo a limites percentuais, é uma alternativa que deve ser considerada, pois o encapsulamento destes resíduos, em revestimentos asfálticos, não possibilita a lixiviação e contaminação dos solos vicinais pelos constituintes nocivos ao meio-ambiente presentes nos resíduos. Representando assim, uma alternativa para a redução do grave problema ambiental causado pela disposição inadequada dos resíduos oleosos.
Keywords: Resíduo Oleoso.
Petróleo.
Revestimentos Asfálticos.
Oily Residue.
Petroleum.
Asphaltic Pavements.
???metadata.dc.subject.cnpq???: Engenharia de Processos.
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/2378
Appears in Collections:Doutorado em Engenharia de Processos.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ADRIANO ELÍSIO DE FIGUEIRÊDO LOPES LUCENA - TESE PPGEP 2008.pdf.pdf5.59 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.