Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/2400
Title: O uso do facebook em aulas de língua inglesa na perspectiva dos multiletramentos.
???metadata.dc.creator???: PEREIRA, Camila dos Santos.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: COSTA, Marco Antônio Margarido.
???metadata.dc.contributor.referee1???: REICHMAN , Carla Lynn.
???metadata.dc.contributor.referee2???: ARCOVERDE, Rossana Delmar de Lima.
Keywords: Facebook;Língua inglesa;Ensino de línguas;Multiletramentos;Tecnologias da Informação e Comunicação;Pesquisa-ação;English language;Language teaching;Information and Communication Technologies;Action research
Issue Date: Jul-2016
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: PEREIRA, C. dos S. O uso do facebook em aulas de língua inglesa na perspectiva dos multiletramentos. 2016. 145 f. Dissertação (Mestrado em Linguagem e Ensino) – Programa de Pós-Graduação em Linguagem e Ensino, Centro de Humanidades, Universidade Federal de Campina Grande, Paraíba, Brasil, 2016.
???metadata.dc.description.resumo???: Na pós-modernidade, a presença das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC), em várias esferas da sociedade, geram novas formas de produzir e consumir conhecimento, de relacionar-se, de ler e escrever. As práticas letradas mediadas pelas tecnologias requerem dos cidadãos um olhar mais atento, pois os textos, antes constituídos apenas por palavras, agora são multimodais, ou seja, eles integram imagens, vídeos, sons e outras semioses. Compreendemos que para termos uma educação linguística que possa atender às necessidades dos nossos alunos, os nativos digitais (PRENSKY, 2001), são necessárias mudanças epistemológicas na formação, inicial e continuada, dos professores. Acreditamos que a inserção das TIC possa potencializar as práticas pedagógicas, tornando as aulas mais dinâmicas, atraentes, como também possa permitir maior interação e colaboração entre alunos e o professor. Dessa forma, novos saberes poderão ser articulados na escola e na vida cotidiana dos nossos alunos. Partindo dessas reflexões, estabelecemos como objetivo central da nossa pesquisa investigar as possibilidades de uso das TIC nas aulas de língua inglesa (LI) de uma professora da rede pública de ensino. Como objetivos específicos, interessa-nos (1) analisar os impactos provocados nos alunos após a utilização do grupo no Facebook como ferramenta facilitadora da aprendizagem e (2) identificar os desafios enfrentados pela professora durante a utilização das TIC enquanto recurso pedagógico no ensino de LI. A fim de responder a seguinte questão: em quais aspectos o uso de um grupo no Facebook pode viabilizar o ensino LI? Enquanto professora-pesquisadora, optamos por realizar uma pesquisa-ação, de natureza qualitativa, com uma abordagem etnográfica (MOREIRA, CALLEFE, 2008). Nesses moldes, analisamos como foram desenvolvidas as atividades elaboradas para um grupo no Facebook chamado FunEnglish, no qual participaram a professora de língua inglesa e 30 alunos do 9º ano do ensino fundamental II de uma escola da rede pública de ensino da cidade de Juazeirinho-PB. Nosso corpus é constituído pelas anotações feitas pela professora-pesquisadora, os comentários e exercícios feitos pelos alunos no grupo FunEnglish e um questionário aplicado no final da pesquisa. Buscamos subsídios teóricos para a análise e interpretação dos dados em estudos sobre a formação dos professores e a pedagogia dos Multiletramentos, conforme as perspectivas do Grupo de Nova Londres (1996), Cope e Kalantzis (2009), e Rojo (2012, 2013). Assim como, baseamo-nos em estudos de Lankshear e Knobel (2003), Monte-Mór (2009, 2012) e nas contribuições de Kumaravadivelu (2012), que problematiza quais perspectivas devem ser repensadas na formação de professores de línguas para que elas possam atender às demandas da sociedade globalizada. Com a pesquisa, a professora-pesquisadora constatou que a articulação das atividades propostas em sala de aula e as realizadas na rede social contribuíram para mais interação entre os participantes, bem como para um posicionamento crítico acerca dos temas que foram abordados. Mais ainda, pudemos levar o ensino de LI para fora das paredes da sala de aula, ampliando o tempo de contato com a língua e a forma como ela é exposta.
Abstract: In postmodernity, the presence of Information and Communication Technologies (ICT), in various spheres of society, generate new ways of producing and consuming knowledge, to relate to other, to read and write. The literacy practices mediated by technologies require of the citizens a closer look because the texts, previously composed only with word, are now multimodal, they integrate images, videos, sounds and other semiosis. We understand that to have a linguistic education that can meet the needs of our students, the digital natives (PRENSKY, 2001), epistemological changes in teachers education are necessary. The inclusion of ICT can enhance teaching practices, making the classes more dynamic, attractive, as they can also enable greater interaction and collaboration between students and the teacher. Thus, new knowledge can be articulated in school and in everyday life of our students. Based on these considerations, we have established as the main objective of our research to investigate the possibilities for use of ICT in English classes of a teacher in a public school. As specific objectives we are interested in (1) analyze the impacts on students after using a Facebook group as a tool to facilitate the learning and (2) identify the challenges faced by the teacher during the use of ICT as a resource of English language teaching. In order to answer the following question: what aspects the use of a Facebook group can enable the English language teaching at school? While teacher and researcher, I opted for an action research, with a qualitative nature and ethnographic approach (MOREIRA, CALLEFE, 2008). I analyzed how activities, designed for a Facebook group called FunEnglish, were developed by the students and the teacher. The group attended the English language teacher and 30 students of the 9th grade of an elementary public school in the city of Juazeirinho-PB. Our corpus consists of the notes taken by the teacher-researcher, comments and exercises done by students in FunEnglish group and a questionnaire answered at the end of the survey by them. I seek theoretical support for the analysis and interpretation of data in studies about teacher education and the pedagogy of Multiliteracies, in the perspective of the New London Group (1996), Cope and Kalantzis (2009), and Rojo (2012, 2013). As well, on studies of Lankshear and Knobel (2003), Monte-Mór (2009, 2012) and in the contributions of Kumaravadivelu (2012) who discusses what prospects should be rethought in the training of language teachers so that they can meet the demands of a globalized society. With this experience, the teacher-researcher found that the articulation of the proposed activities in the classroom and made in the social network contributed to greater interaction among participants, as well as a critical position about the issues that were addressed. Moreover, the teacher could take English language teaching out of the classroom walls, increasing the contact time with the language and the way it is exposed.
Keywords: Facebook
Língua inglesa
Ensino de línguas
Multiletramentos
Tecnologias da Informação e Comunicação
Pesquisa-ação
English language
Language teaching
Information and Communication Technologies
Action research
???metadata.dc.subject.cnpq???: Lingüística
Línguas Estrangeiras Modernas
Letras
Ensino-Aprendizagem
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/2400
Appears in Collections:Mestrado em Linguagem e Ensino.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CAMILA DOS SANTOS PEREIRA – DISSERTAÇÃO (PPGLE) 2016.pdf5.57 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.