Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/2447
Title: Um estudo dos fluxos horizontais e verticais do vapor d'água na troposfera sobre o Nordeste do Brasil.
Other Titles: A study of the horizontal and vertical flows of water vapor in the troposphere over Northeast Brazil.
???metadata.dc.creator???: PINHEIRO, José Ueliton.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: ARAGÃO, José Oribe Rocha de.
???metadata.dc.contributor.referee1???: GOMES FILHO, Manoel Francisco.
???metadata.dc.contributor.referee2???: NOBRE, Carlos Afonso.
Keywords: Vapor d'água - fluxos horizontais e verticais;Troposfera - vapor d'água;Nordeste Brasileiro - troposfera;Divergência horizontal do vapor d'água
Issue Date: 17-Apr-1991
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: PINHEIRO, José Ueliton. Um estudo dos fluxos horizontais e verticais do vapor d'água na troposfera sobre o Nordeste do Brasil. 1991. 116f. (Dissertação de Mestrado em Meteorologia), Curso de Mestrado em Meteorologia, Centro de Ciências e Tecnologia, Universidade Federal da Paraíba - Campus II - Campina Grande – Paraíba – Brasil, 1991.
???metadata.dc.description.resumo???: Dois períodos contrastante com respeito a chuva foram estudados no Nordeste do Brasil, um chuvoso e outro seco. Esses períodos foram os que mostraram os maiores desvios com relação à média durante os anos de 1969 a 1978. Durante o período chuvoso selecionado (16 a 20 de junho de 1975), o sistema principal causador das chuvas foi um sistema frontal proveniente do sul. Conglomerados de nuvens da ZCIT e sistemas de brisa também contribuíram para os elevados totais de precipitação observados, no litoral. o período seco selecionado (11 a 15 de maio de 1976), o fato mais significativo foi um "bloqueio" dos sistemas que provocam chuva sobre o Nordeste. Durante este período,valores baixos de precipitação registrados no litoral podem ser atribuídos aos sistemas locais de brisas. Também, foi observado movimentos convectivos fortes no Atlântico Norte em contraste com a subsidência anômala sobre o Nordeste. Os campos do movimento vertical (método cinemático), divergência horizontal do vapor d'água e fluxo vertical de umidade, mostraram-se mais organizados durante o período chuvoso, quando comparado com o período seco, embora não exista um padrão perfeitamente definido. Em outras palavras, esses campos, em geral, mostraram-se com o mesmo sinal na troposfera durante o período chuvoso, mas eles alternam mais frequentemente o sinal durante o período seco. Existe uma fraca indicação de que o fluxo vertical de umidade é mais importante na parte norte do Nordeste, enquanto que o transporte horizontal de vapor d'água mostra-se mais importante na parte sul. 0 fato de, nas análises realizadas neste trabalho, não existir um padrão bem definido dos movimentos verticais, e dos transportes verticais e horizontais de vapor d'água, aponta para a necessidade de se efetuar diariamente, pelo menos duas observações sinóticas de ar superior para detectar todas as transformações na estrutura da troposfera.
Keywords: Vapor d'água - fluxos horizontais e verticais
Troposfera - vapor d'água
Nordeste Brasileiro - troposfera
Divergência horizontal do vapor d'água
???metadata.dc.subject.cnpq???: Meteorologia.
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/2447
Appears in Collections:Mestrado em Meteorologia.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JOSÉ UELITON PINHEIRO - DISSERTAÇÃO PPGMet 1991..pdfJosé Ueliton Pinheiro - Dissertação PPGMet 1991.6.65 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.