Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/2453
Title: Laços de famílias e costumes de fé nas terras de Cabaceiras (1735-1770).
Other Titles: Ties of families and customs of faith in the lands of Cabaceiras (1735-1770).
???metadata.dc.creator???: CASTRO, Maria Isabel Pimentel de.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: LIMA, Marinalva Vilar de.
???metadata.dc.contributor.referee1???: OLIVEIRA, Iranilson Buriti de.
???metadata.dc.contributor.referee2???: FLORES, Élio Chaves.
Keywords: História de Cabaceiras - PB;Cabaceiras - PB;Famílias da Paraíba;Religiosidade;Laços familiares consanguíneos;Parahyba colonial;Fazenda Cabaceiras - Cariri Paraibano;Cariri Paraibano - história;Endogenia familiar - Paraíba;Laços matrimoniais consanguíneos;Casamentos consanguíneos;Práticas endógamas;História Cultural;Família e religiosidade;História da Paraíba;Cultural History;Árvore Genealógica - cabaceiras;Endogamous practices;Práticas familiares endógamas
Issue Date: 2009
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: CASTRO, Maria Isabel Pimentel de. Laços de famílias e costumes de fé nas terras de Cabaceiras (1735-1770). 2009. 128f. (Dissertação de Mestrado em História), Programa de Pós-graduação em História, Centro de Humanidades, Universidade Federal de Campina Grande - Paraíba - Brasil, 2009.
???metadata.dc.description.resumo???: A dissertação apresentada ao Programa de pós-graduação da Universidade Federal de Campina Grande teve como objetivo, problematizar a temática que envolveu família e religiosidade na Parahyba colonial. De modo mais específico, a mesma foi discutida tomando como recorte espacial a fazenda Cabaceiras, localizada no Cariri paraibano porque trabalhamos especificamente com as práticas familiares endógamas, ou seja, laços matrimoniais construídos a partir de estreitos laços consanguíneos e percebemos que, este modelo de família foi identificado de modo bastante expressivo no espaço analisado. O recorte temporal deste trabalho começa em 1735 e se estende até 1770, embora tenhamos trabalhado essa periodização de modo a flexibilizá-la, tendo em vista que as pesquisas genealógicas deram conta de que as práticas endógamas se fortaleceram no decorrer de praticamente todo o século XIX. Esta analise buscou também problematizar o modo como a relação famílias/Igreja influenciou na elaboração e reelaboração das práticas cotidianas da referida comunidade e de que modo essas famílias se utilizaram da Igreja para legitimação do projeto colonizador e das suas próprias referências sócio-culturais. Numa análise sobre cotidiano e sensibilidade religiosa discutimos sobre como essas famílias se apropriaram de preceitos católicos para construção de uma identificação familiar espelhada em um modelo de família inscrito no catolicismo a partir, por exemplo, do lugar ocupado por santos de devoção, principalmente Jesus, Maria e José e que poder simbólico tiveram essas imagens na formação das subjetividades dessas famílias. Enfim, nosso trabalho esteve voltado para uma análise sobre família e religiosidade tomando como referencial teórico-metodológico as discussões que norteiam a chamada História Cultural.
Keywords: História de Cabaceiras - PB
Cabaceiras - PB
Famílias da Paraíba
Religiosidade
Laços familiares consanguíneos
Parahyba colonial
Fazenda Cabaceiras - Cariri Paraibano
Cariri Paraibano - história
Endogenia familiar - Paraíba
Laços matrimoniais consanguíneos
Casamentos consanguíneos
Práticas endógamas
História Cultural
Família e religiosidade
História da Paraíba
Cultural History
Árvore Genealógica - cabaceiras
Endogamous practices
Práticas familiares endógamas
???metadata.dc.subject.cnpq???: História.
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/2453
Appears in Collections:Mestrado em História.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MARIA ISABEL PIMENTEL DE CASTRO - DISSERTAÇÃO PPGH 2009..pdfMaria Isabel Pimentel de Castro - Dissertação PPGH 2009.8.85 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.