Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/2581
Title: Padrões espaciais e sazonais dos balanços de energia e carbono na caatinga no Estado do Rio Grande do Norte
Other Titles: Spatial and seasonal patterns of energy and carbon balance in the caatinga in the State of Rio Grande do Norte
???metadata.dc.creator???: NASCIMENTO, Francisco das Chagas Araújo do
???metadata.dc.contributor.advisor1???: SANTOS, Carlos Antonio Costa dos
Keywords: Balanço de energia;Produtividade primária bruta;Evapotranspiração;Fluxos de CO2;Caatinga;Sensoriamento remoto;Energy balance;Gross primary productivity;Evapotranspiration;CO2 fluxes;Remote sensing
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: NASCIMENTO, Francisco das Chagas Araújo do. Padrões espaciais e sazonais dos balanços de energia e carbono na caatinga no Estado do Rio Grande do Norte. 2018. 122 f. Tese ( Doutorado em Meteorologia) - Universidade Federal de Campina Grande, Centro de Tecnologia e Recursos Naturais, Campina Grande - PB, 2018.
???metadata.dc.description.resumo???: O estado do Rio Grande do Norte está localizado na região Nordeste do Brasil (NEB) e tem a maior parte de seu território sob a abrangência da vegetação de caatinga. O bioma caatinga é o único exclusivamente brasileiro com uma grande importância ecológica e social, mas, ainda é o menos estudado entre as regiões naturais brasileiras e o menos protegido. Esse trabalho foi concebido com o objetivo central de analisar a variabilidade espacial e temporal das trocas de energia e massa (vapor de água e CO2) entre a vegetação de caatinga e a atmosfera no estado do Rio Grande do Norte, utilizando o sensor MODIS, a bordo do satélite Terra. Para tanto, utilizou-se técnicas de sensoriamento remoto com seus métodos destinados ao monitoramento em grande escala temporal e espacial e comparou-se com dados medidos à superfície (in situ). A técnica permitiu quantificar os balanços de radiação e energia, e estimar os fluxos de CO2 entre a superfície e a atmosfera. Os resultados mostraram uma forte influência da disponibilidade hídrica nos padrões das variáveis estudadas, com uma boa relação entre os valores do saldo de radiação instantâneo e o albedo. O estudo apontou que a supressão e substituição da vegetação nativa aumentam as áreas com solos expostos e comprometem o balanço de radiação e energia nessas regiões. Verificou-se também que o estoque de energia disponível não varia muito ao longo do ano no estado. A técnica de sensoriamento remoto mostrou que no primeiro semestre, a maior parte da energia utilizada é gasta no processo de transferência de calor latente, enquanto que, no segundo semestre, a maior parte da energia utilizada, ocorre no processo de transferência de calor sensível da superfície para a atmosfera. A caatinga comportou-se como sumidouro de CO2, mesmo nos períodos mais secos, porém, no período onde a umidade do solo é maior os valores aumentaram, sendo deste modo, a chuva um fator diferenciador na capacidade de captação de CO2. A técnica utilizada, mostrou-se uma boa ferramenta na quantificação da maioria dos parâmetros ambientais estudados, necessitando de ajustes para diminuição dos erros percentuais na comparação com dados de superfície.
Abstract: The state of Rio Grande do Norte is located in the Northeast of Brazil (NEB) and has most of its territory under cover of the caatinga vegetation. The caatinga biome is the only one exclusively Brazilian with significant ecological and social importance, but it is still the least studied among Brazilian natural regions and the least protected. This work was conceived with the central objective of analyzing the spatial and temporal variability of energy and mass changes (water vapor and CO2) between the caatinga vegetation and the atmosphere in the state of Rio Grande do Norte, using the MODIS sensor, onboard of Earth satellite. For this purpose, remote sensing techniques were used with their methods for large-scale temporal and spatial monitoring and compared with surface (in situ) data. The method allowed quantifying the radiation and energy balances and estimating CO2 fluxes between the surface and the atmosphere. The results showed a strong influence of water availability on the patterns of the studied variables, with a good relationship between the values of the instantaneous radiation balance and the albedo. The study pointed out that the suppression and substitution of native vegetation increase areas with exposed soils and compromise the radiation and energy balance in these regions. It was also verified that the available energy stock does not vary much throughout the year in the State. The remote sensing technique showed that in the first half of the year most of the energy used is spent in the process of latent heat transfer, whereas in the second half of the year most of the energy used occurs in the heat transfer process to the atmosphere. The caatinga behaved like CO2 sink, even in the driest periods with the values increasing in the period where the soil moisture is higher. Thus, the rain is a differentiating factor in the CO2 capture capacity. The technique used proved to be a useful tool in the quantification of most of the environmental parameters studied, necessitating adjustments to reduce percentage errors in comparison with surface data.
Keywords: Balanço de energia
Produtividade primária bruta
Evapotranspiração
Fluxos de CO2
Caatinga
Sensoriamento remoto
Energy balance
Gross primary productivity
Evapotranspiration
CO2 fluxes
Remote sensing
???metadata.dc.subject.cnpq???: Geociências
Meteorologia
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/2581
Appears in Collections:Doutorado em Meteorologia.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FRANCISCO DAS CHAGAS ARAÚJO DO NASCIMENTO - TESE PPGM.pdf13.59 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.