Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/2732
Title: Indicadores produtivos, fisiológicos e comportamentais de vacas mestiças criadas a pasto no brejo paraibano.
Other Titles: Productive, physiological and behavioral indicators of crossbred cows raised in the Parajo swamp.
???metadata.dc.creator???: CARDOSO, Evaldo de Almeida.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: NASCIMENTO, José Wallace Barbosa do.
???metadata.dc.contributor.referee1???: FURTADO, Dermeval Araújo.
???metadata.dc.contributor.referee2???: FLORENTINO, Eliane Rolim.
Keywords: Bovino de Leite.;Produção Animal.;Parâmetros Fisiológicos.;Comportamento Ingestivo.;Milk cattle.;Animal production.;Physiological parameters.;Ingestive behavior.
Issue Date: Oct-2012
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: CARDOSO, Evaldo de Almeida. Indicadores produtivos, fisiológicos e comportamentais de vacas mestiças criadas a pasto no brejo paraibano. 2012. 69 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Agrícola), Programa de Pós-graduação em Engenharia Agrícola, Centro de Tecnologias e Recursos Naturais, Universidade Federal de Campina Grande, Campina Grande, Paraíba, Brasil, 2012.
???metadata.dc.description.resumo???: A cadeia produtiva do leite é uma das mais importantes do complexo agroindustrial brasileiro onde cresce a uma taxa anual de 5%, sendo superior à de todos os países que ocupam os primeiros lugares. Objetivou-se com a pesquisa, avaliar e quantificar os efeitos dos períodos (chuvoso/seco) sobre a produção, comportamento, estado fisiológico e qualidade do leite de vacas mestiças (holandês/zebu) em regime semiintensivo de criação na região do brejo paraibano. O experimento foi realizado no Setor de Bovinocultura do DZ/CCA/UFPB-ARE1A-PB, com duração de quatro meses. Utilizou-se 10 vacas com peso vivo médio de 500 kg, com idade média de cinco anos. Os tratamentos foram realizados numa avaliação em dois períodos distintos, caracterizando, duas fases experimentais, um período chuvoso: julho/agosto e um período seco: outubro/novembro. Avaliaram-se os índices ambientais: temperatura do ar (TA), umidade relativa do ar (UR). índice de temperatura globo úmido (1TGU) e fisiológicos: temperatura retal (TR), temperatura superficial (TS), frequência cardíaca (FC) frequência respiratória (FR), comportamento ingestivo (tempo de alimentação, ruminação e ócio), produção e qualidade do leite. O delineamento experimental adotado foi o inteiramente casualizado, com dois tratamentos e 10 repetições. Utilizou-se o programa SAS (2011), com o teste de Tukey (P<0,05) para comparação de médias. As variáveis UFC mL"1 , %GOR e %LAC não sofreram influência dos períodos avaliados. As variáveis %PRO e % SOL foram maiores no período seco, influenciado pelo uso da pastagem de Brachiaria decumbens. As vacas não apresentaram diferença entre os parâmetros comportamentais e períodos do ano, refletindo boa adaptabilidade dos animais a região do brejo paraibano. O ITGU, considerado estressante por fontes literárias, não associou à condição de estresse pelos animais.
Abstract: The milk production chain is one of the most important of the Brazilian agro-industrial complex and grows at an annual rate of 5% and is superior to all countries that occupy the first places. The objective of the research was to evaluate and quantify the effects of rainy and dry periods on the production, behavior, physiological status, and milk quality of Dutch-Zebu crossbred cows under semi-intensive system in the Brejo region, Paraiba State. The experiment was performed at the Setor de Bovinocultura of the DZ/CCA/UFPB-ARE1A-PB, during four months. Ten cows were used with average live weight of 500 kg and mean age of five years. Treatments were conducted in two distinct periods, characterizing two experimental phases, one rainy season: July/August and a dry period: October/November. Environmental indicators were evaluated: air temperature (AT), relative humidity (RH). wet globe temperature index (WGT). and physiological rectal temperature (RT), surface temperature (ST), heart rate (HR) respiratory rate (RR), ingestive behavior (feeding time, rumination and leisure), production, and milk quality. The experimental design was completely randomized with two treatments and 10 repetitions. SAS software (2011) was used, with the Tukey test (P<0.05) for means comparison. The variables CFU mL"1 , %GOR, and %LAC were not influenced by evaluated periods. The variables %PRO and %SOL were higher during the dry period, influenced by the use pasture with Brachiaria decumbens. Cows did not show difference among the behavioral parameters and periods of the year, reflecting good adaptability of animals to the Brejo region of Paraiba. The WGT index, considered stressful by literary sources, did not associate to the stress condition by the animals.
Keywords: Bovino de Leite.
Produção Animal.
Parâmetros Fisiológicos.
Comportamento Ingestivo.
Milk cattle.
Animal production.
Physiological parameters.
Ingestive behavior.
???metadata.dc.subject.cnpq???: Engenharia Agrícola
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/2732
Appears in Collections:Mestrado em Engenharia Agrícola.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EVALDO DE ALMEIDA CARDOSO - DISSERTAÇÃO PPGEA 2012..pdfEvaldo de Almeida Cardoso. - Dissertação PPGEA 2012.9.57 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.