Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/2769
Title: Efeito do estresse hídrico sobre características da cultura do pimentão (Capsicum annuum L.).
Other Titles: Effect of water stress on pepper characteristics (capsicum annuum, L.).
???metadata.dc.creator???: OLIVEIRA, Ednaldo Liberato de.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: OLIVEIRA, Francisco Assis de.
???metadata.dc.contributor.referee1???: FERNANDES, Pedro Dantas.
???metadata.dc.contributor.referee2???: AMORIM NETO, Malaquias da Silva.
Keywords: Estresse Hídrico;Estrés Hídrico;Hydrical Stress;Cultura do Pimentão;Chili Culture;Cultura Cchile;Água do Solo;Agua Subterránea;Ground Water;Rendimento da Colheita;Crop Yield;Rendimiento del Cultivo
Issue Date: Jul-1995
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: OLIVEIRA, Ednaldo Liberato de. Efeito do estresse hídrico sobre características da cultura do pimentão (Capsicum annuum L.). 1995. 86f. (Dissertação de Mestrado em Engenharia Agrícola), Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola, Centro de Ciências e Tecnologia, Universidade Federal da Paraíba - Campus II Campina Grande - Brasil, 1995.
???metadata.dc.description.resumo???: Com o objetivo de verificar os efeitos do estresse hídrico em plantas de pimentão, conduziu-se um experimento em Casa de Vegetação no Departamento de Solos e Engenharia Rural do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federa] da Paraíba em Areia (PB), no período de janeiro a maio de 1995. O delineamento experimental usado foi inteiramente casualizado, com 4 tratamentos e 3 repetições, utilizando-se a variedade de pimentão (ALL BIG). Os tratamentos contaram de quatro níveis de água disponível (AD), definidos por : Tj - 100% da AD; T2 - 85% da AD; T3 - 70% da AD e T4 - 55% da AD. Considerou-se como AD a água retida no solo entre as tensões 0,01 Mpa e 1,5 MPa. O consumo de água pelas plantas, foi determinado diariamente, a partir do início dos tratamentos, através de pesagens dos vasos, visando manter no solo os níveis de umidade de cada tratamento. A parcela foi representada por um vaso plástico, com 13 Kg de solo com uma planta. Colocou-se parcelas suficientes para se proceder as coletas da cultura aos 61, 82, 96 e 118 dias após plantio, correspondendo aos seguintes estágios de desenvolvimento: início da floração, floração/frutificação, plena frutificação e início da maturação, respectivamente. Foram efetuadas determinações semanais referentes a área foliar, número de folhas, altura de planta, e por ocasião da coleta procedeu-se a avaliação do peso de matéria seca da parte aérea e raiz, conteúdo relativo de água, rendimento, índice de colheita e eficiência do uso da água. Através das análises dos resultados obtidos concluiu-se que os tratamentos que melhor responderam ao aumento de produtividade e do número de frutos por planta, no período estudado, foram Ti e T2 indicando que se pode diminuir o conteúdo de água disponível do solo para 85% sem prejuízo nos rendimentos. O tratamento T2 foi o que proporcionou maior eficiência do uso da água para a produção de peso fresco de frutos; enquanto o tratamento T2 foi mais eficiente na produção das partes vegetativas.Os resultados sugerem aumento na relação entre matéria seca da raiz/matéria seca da parte aérea com a redução nos níveis de água disponível no solo. Os estágios de desevolvimento da cultura do pimentão mais afetados pelo estresse hídrico foram no início do período de floração e em plena frutificação. Não houve relação entre o conteúdo relativo de água na folha e a disponibilidade de água no solo, porém o consumo da água pela cultura decresceu com a redução nos níveis de água disponível do solo.
Abstract: A greenhouse experiment was carried out in Paraíba State, Northeastem Brasil, in order to study the effects of water stress on Capsicum annuum, L. planta of the "ali big" cultivar. Plants were cultivated in pots under four leveis of soil water availability (SWA): 100; 85; 70 and 55%. These treatments were arranged in a randomized block experimental design, with three replications. Plant material was collected at 61; 82; 96 and 118 days after sowing, which corresponded to the foBowing stages of development: earry flowering; Ml flowering; full fruiting and full maturity. Plant height, leaf area, number of leaves, root and shoot dry weight, water relative content and some production components were measured. Higher productivity and number of fruits per plant were observe d under the two higher leveis of SWA. Better water use efficiency and higher fruit dry weight were obtained with 85% SAW, but vegetative growth was greater with 100% SAW. Roofshoot ratio increased with decreasing SWA. This theatmenl also showed the maximum decrease in the relative water content of plants. The greatest effects of SWA on plant development were observed at 61 and 96 days after sowing. There was no significant relationship between water relative content in leaves and SWA, thongh crop water use decreased with in SWA.
Keywords: Estresse Hídrico
Estrés Hídrico
Hydrical Stress
Cultura do Pimentão
Chili Culture
Cultura Cchile
Água do Solo
Agua Subterránea
Ground Water
Rendimento da Colheita
Crop Yield
Rendimiento del Cultivo
???metadata.dc.subject.cnpq???: Engenharia agrícola
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/2769
Appears in Collections:Mestrado em Engenharia Agrícola.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EDNALDO LIBERATO DE OLIVEIRA - DISSERTAÇÃO PPGEA 1995.pdfEdnaldo Liberato de Oliveira - Dissertação PPGEA 19954.2 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.