Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/2896
Title: Qualidade da água de irrigação e evolução da salinidade nas propriedades assistidas pelo "GAT" nos Estados do RN, PB e CE.
Other Titles: Irrigation water quality and salinity evolution in the properties assisted by the "GAT" in the NR, PB and CE states.
???metadata.dc.creator???: MEDEIROS, José Francimar de.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: GHEYI, Hans Raj.
???metadata.dc.contributor.referee1???: OLIVEIRA, Francisco de Assis.
???metadata.dc.contributor.referee2???: AUDRY, Pierre.
Keywords: Irrigação Agrícola;Agricultural Irrigation;Salinidade;Salinity;Programas de Irrigação;Irrigation Programs;Evolução de Salinidade;Salinity Evolution
Issue Date: 19-Nov-1992
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: MEDEIROS,José Francismar de. Qualidade da água de irrigação e evolução da salinidade nas propriedades assistidas pelo "GAT" nos Estados do RN, PB e CE. 1992. 196f. (Dissertação de Mestrado em Engenharia Agrícola), Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola, Centro de Ciências e Tecnologia, Universidade Federal da Paraíba - Campus II Campina Grande - Brasil, 1992.
???metadata.dc.description.resumo???: A pequena irrigação no Nordeste do Brasil tem sido incentivada por vários proqramas governamentais. No caso do Subprograma GAT-PDCT/NE, que tinha colocado a irrigação como sendo o carro - chefe entre as tecnologias implementadas pelo mesmo, dentre as suas preocupações iniciai ser a avaliar, também, as consequências decorrentes do uso de tais tecnologias. Daí, este trabalho teve como objetivo estudar a qualidade da água de irrigação, no tempo, das diferentes fontes de água utilizadas na irrigação das propriedades assistidas pelo subprograma nos Estados do Rio Grande do Norte ( R N ), Paraíba (PB) e Ceará ( CE ) realizar um estudo de correlação entre as diferentes características químicas das águas para simplificar as análises de laboratório, além de avaliar as consequências das diferentes qualidades de água de irrigação nas propriedades químicas dos solos. 0 estudo baseou - se em resultados de análises de água coletadas mensalmente a partir do início de 1988 durante 34 meses para as fontes situadas nos estado da PB, durante 19 meses para o Estado do RN e durante 11 meses, para o Estado do CE, sendo realizadas análises químicas completas para água coletada no 1º ano e apenas a condutividade elétrica para aquelas coletadas nos anos seguintes. Em novembro de 1990, foram coletadas amostras de solo nas profundidades 0 - 20, 20 - 10 e 40 - 60 cm, tanto em áreas não irrigadas como nas parcelas irrigadas de 25 propriedades (12 no RN e 13 na PB ), dentre aquelas onde se estudou as águas utilizadas na irrigação, e foram submetidas as análises químicas completas. As análises de água e solo foram realizadas segundo procedimentos usuais recomendados por RICHARDS ( 1954 ) e EMBRAPA (1979 ). A partir desses dados foram efetuados estudo de estatística descritiva e análises de regressão. Os resultados das análises de água revelaram que a CEa das águas estudadas no ano de 1988 variou de 0,10 a 13,00 dS/m, sendo que 75% das análises ficaram na faixa de 0,25 a 1,50 d5/m e apenas 5 amostras em uma propriedade apresentaram valores superiores 5,00 dS/m. As águas dos três Estados apresentaram composição química semelhante, sendo predominantemente cloretadas e sódicas, exceto águas de baixa salinidade, que tiveram concentrações relativamente superiores de bicarbonatos. A CEa demais características químicas apresentaram variações consideráveis durante um ano de estudo, salvo o pH. Variações anuais da CE a também foram verificadas e, no caso de açude grande, observou -se variações espaciais, sendo que essas flutuações se relacionaram com a distribuição e quantidade de chuva. Conforme classificação de RiCHARDS (1954 ), as águas utilizadas para irrigação nas propriedades assistidas pelo GAT tem salinidade alta a muito alta em aproximadamente 2/3 das fontes, enquanto só apresentam riscos de sódio em 8% delas. Por outro lado, a classificação de AYERS & WESTC0T (1985) mostrou que aproximadamente 2/3 das áquas tem ligeira a moderada restrição de uso quanto a salinidade, infiltração e toxicidades de Na e CL, tendo algumas fontes restrições severas, sendo que quanto a toxidez de cloreto, os Estados do RN e CE têm mais de 25% de suas fontes . O estudo de análise de regressão revelou que a CEa pode ser utilizada para estimar a SCAT, RES, Cl , Na, Ca+Mq, Ca e RAS, como também a RAS pode ser estimada a partir da RAS, com boa precisão . Em todas as propriedades estudas (25),com exceção de uma que já apresentava solo fortemente sodificado antes de ser irrigado, verificou -se um aumento da CEes e da PST do solo em relação as análises iniciais ( área não irrigada ), no entanto, em apenas 5 parcelas de 31 a mostradas nestas propriedades constatou -se problema de carácter salino e/ou sódico. Verificou - se ainda que em parcelas que ainda estavam sob irrigação a CEes variou de 0,6 a 3,4 vezes a CEa, sendo que na maioria destas, a relação ficou entre 0,8 e 1,2. Por outro lado, observou - se relação somente correlata entre RAS da água de irrigação e PST do solo, entretanto, a relação entre RST e RAS do extrato de saturação apresentou r2 alto somente para a camada superficial (0-20 cm), evidenciando que o solo em toda zona radicular ainda não tinha alcançado o equilíbrio com a água.
Abstract: The small irrigation in Northeast Brazil has been stimulated by several governmental programs. In the case of the Sub-Program GAT-PDCT / NE, which had placed irrigation as the flagship among the technologies implemented by it, among its concerns, it was also to assess the consequences of using such technologies. The objective of this work was to study the quality of irrigation water in time of the different water sources used to irrigate the properties assisted by the subprogram in the states of Rio Grande do Norte (RN), Paraíba (PB) and Ceará (CE ) to perform a correlation study between the different chemical characteristics of the waters to simplify the laboratory analyzes, besides evaluating the consequences of the different qualities of irrigation water in the chemical properties of the soils. The study was based on water analysis results collected monthly from the beginning of 1988 for 34 months for the sources located in the state of PB for 19 months for the State of the NB and for 11 months for the State of the EC, being performed complete chemical analyzes for water collected in the first year and only the electrical conductivity for those collected in the following years. In November 1990, soil samples were collected at depths 0 - 20, 20 - 10 and 40 - 60 cm, in both non - irrigated and irrigated plots of 25 properties (12 in RN and 13 in PB), among those where the water used in the irrigation was studied, and the chemical analyzes were completed. Water and soil analyzes were performed according to the usual procedures recommended by RICHARDS (1954) and EMBRAPA (1979). From these data, descriptive statistics and regression analysis were performed. The results of the water analysis revealed that the CEa of the studied waters in the year of 1988 ranged from 0.10 to 13.00 dS / m, with 75% of the analyzes being in the range of 0.25 to 1.50 d5 / m only 5 samples in one property showed values ​​higher than 5.00 dS / m. The waters of the three States presented similar chemical composition, being predominantly chlorinated and sodium, except waters of low salinity, that had relatively higher concentrations of bicarbonates. The CEa other chemical characteristics presented considerable variations during a year of study, except the pH. EC annual variations were also verified and, in the case of a large reservoir, spatial variations were observed, and these fluctuations were related to rainfall distribution and quantity. According to RiCHARDS (1954) classification, the waters used for irrigation in the properties assisted by the GAT have high to very high salinity in approximately 2/3 of the sources, while only presenting sodium risks in 8% of them. On the other hand, the classification of AYERS & WESTC0T (1985) showed that approximately 2/3 of the agaves have a slight to moderate use restriction regarding salinity, infiltration and toxicities of Na and CL, some sources having severe restrictions. chloride toxicity, the NR and EC states have more than 25% of their sources. The regression analysis study revealed that CEa can be used to estimate SCAT, RES, Cl, Na, Ca + Mq, Ca and RAS, as well as RAS can be estimated from RAS with good precision. In all the studied properties (25), with the exception of one that already had heavily sodified soil before irrigation, there was an increase in soil EC and soil PST in relation to the initial analyzes (non-irrigated area), however, in only 5 plots of 31 a shown in these properties was found a problem of saline and / or sodium character. It was also verified that in plots that were still under irrigation to CEs ranged from 0.6 to 3.4 times CEa, and in most of them, the ratio was between 0.8 and 1.2. On the other hand, it was observed only correlation between RAS of irrigation water and soil PST, however, the relation between RST and RAS of the saturation extract showed high r2 only for the superficial layer (0-20 cm), evidencing that the soil in every root zone had not yet reached equilibrium with water.
Keywords: Irrigação Agrícola
Agricultural Irrigation
Salinidade
Salinity
Programas de Irrigação
Irrigation Programs
Evolução de Salinidade
Salinity Evolution
???metadata.dc.subject.cnpq???: Engenharia agrícola
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/2896
Appears in Collections:Mestrado em Engenharia Agrícola.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JOSÉ FRANCISMAR DE MEDEIROS - DISSERTAÇÃO PPGEA 1992.pdfJosé Francismar de Medeiros Dissertação - PPGEA 19925.82 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.