Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/2948
Title: Avaliação de sorgo (Sorghum bicolor (L.) Moench.) e milheto (Pennisetum glaucum (L.) B. R.) sob diferentes níveis de água no solo.
Other Titles: Evaluation of sorghum (Sorghum bicolor (L.) Moench.) and millet (Pennisetum glaucum (L.) B. R.) under different soil water levels.
???metadata.dc.creator???: MELO, Djair Alves.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: SOUTO, Jacob Silva.
???metadata.dc.contributor.advisor-co1???: SOUSA, Antonio Amador de.
???metadata.dc.contributor.referee1???: CARNEIRO, Maria do Socorro de Sousa.
Keywords: Gramíneas Forrageiras – Rendimento e Qualidade;Sorgo e Milheto - Níveis de Água;Manejo de Irrigação;Sorgo e Milheto - Qualidade de Forragem;Déficit Hídrico;Rendimento de Biomassa;Forage Grasses - Yield and Quality;Sorghum and Millet - Water Levels;Irrigation Management;Sorghum and Millet - Fodder Quality;Water Deficit;Biomass Yield
Issue Date: 24-Feb-2006
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: MELO, Djair Alves. Avaliação de sorgo (Sorghum bicolor (L.) Moench.) e milheto (Pennisetum glaucum (L.) B. R.) sob diferentes níveis de água no solo. 2006. 57 f. Dissertação (Mestrado em Zootecnia)– Programa de Pós-Graduação em Zootecnia, Centro de Saúde e Tecnologia Rural, Universidade Federal de Campina Grande, Patos, Paraíba, Brasil, 2006.
???metadata.dc.description.resumo???: Com o objetivo de estudar os efeitos de diferentes conteúdos de água no solo, aplicada via irrigação, sobre o rendimento e qualidade forrageira do sorgo (Sorghum bicolor (L.) Moench) e do milheto (Pennisetum glaucum (L.) R. Br.), desenvolveu-se o presente trabalho em vasos plástico, utilizando solo de textura média, proveniente de uma área de aluvião. Em delineamento inteiramente casualizado, com quatro tratamentos e cinco repetições, foram conduzidos dois ensaios, constituindo dois experimentos. No primeiro, foram aplicados 100% (1T1), 75% (1T2), 50% (1T3) e 25% (1T4) de reposição da água consumida no processo evapotranspirativo, e, no segundo, 100% (2T1), 80% (2T2), 70% (2T3) e 60% (2T4), sendo que o tratamento com 100% foi usado como referencial para o cálculo da quantidade de água aplicada nos demais tratamentos, em ambos os experimentos. Para avaliar o rendimento, foram estudadas as variáveis de produção de massa verde e massa seca da parte aérea e produção de massa seca das raízes, além da eficiência de uso de água. A avaliação da forragem foi feita com base nos teores (%) de Matéria Seca (MS), Fibras em Detergente Neutro (FDN) e Fibras em Detergente Ácido (FDA). Os resultados mostraram que ambas as culturas responderam sensivelmente ao déficit hídrico no primeiro experimento, com severa redução na produção de massa verde, tendo o sorgo, apresentado tendência de superar o milheto, com exceção do tratamento com conteúdo de água de 50%. A produção de massa seca da parte aérea apresentou acentuada redução quando foi diminuída a disponibilidade de água no solo, com maior diferença no tratamento que recebeu apenas 25% do consumo máximo, equivalendo a 57,9% e 66,6% do rendimento máximo, respectivamente para o sorgo e o milheto. A massa seca das raízes também foi severamente reduzida neste tratamento. O consumo de água tendeu a ser maior na cultura do milheto. A eficiência de uso de água foi incrementada com a redução da disponibilidade de água no solo, sendo que o sorgo foi mais eficiente nos tratamentos extremos (100% e 25%), enquanto o milheto o foi nos tratamentos intermediários (75% e 50%). Na avaliação da forragem, a FDA mostrou os melhores resultados, com redução em seus teores à medida que diminuiu o conteúdo de água disponível no solo, em ambas as culturas. A FDN mostrou a mesma tendência no sorgo, enquanto o teor de MS mostrou efeito inverso, também para o sorgo. No segundo experimento, foram analisadas apenas as variáveis de produção, cuja tendência foi semelhante à do primeiro experimento, com redução de massa verde da parte aérea e massa seca da parte aérea e das raízes, à medida que o suprimento de água foi reduzido de 100% até 60% da demanda máxima, porém com diferença menos acentuada entre os tratamentos. Diante dos resultados, concluiu-se que o sorgo respondeu melhor aos tratamentos nas condições em que foi conduzido o experimento e que o suprimento de água a partir de 70% da demanda máxima proporcionou bons resultados em ambas as culturas, comparado ao suprimento máximo.
Abstract: This investigation was carried out to study the effects of different water contents in the soil, applied by irrigation, on yield and forage quality of sorghum [Sorghum bicolor (L.) Moench] and millet [Pennsietum glaucum (L.) R. Br.]. Sorghum and millet plants developed in medium texture alluvional soil, in 9L plastic container, arranged according to a complete random design with 2x4 treatments (2 species x 4 water levels in the soil), and 5 replications for each treatment, totaling 40 containers for the first experiment, and 40 containers for the second experiment. Water replacement levels were 100% (1T1), 75% (1T2), 50% (1T3), and 25% (1T4) in the experiment 1, and 100% (2T1), 80% (2T2), 70% (2T3), 60% (2T4) in the experiment 2. The treatment with 100% of water replacement was used as the reference for the calculation of the amount of applied water in the other treatments in both experiments. Data of aboveground fresh and dry matter and root dry matter were collected, as well as data on water use efficiency. Forage evaluation was made by means of percentage of dry matter (DM), neutral detergent fiber (NDF) and acid detergent fiber (ADF). In experiment 1, both species showed severe reduction in fresh biomass production due to soil water deficit. In this case, sorghum tended to produce more than millet, except in treatment with 50% of water replacement. The production of aboveground dry matter presented an accentuated reduction when soil water availability was reduced, especially for the treatment that received 25% of the maximum water consumption, when dry matter production reduced to 57.9% and 66.6% of the maximum yield, respectively for sorghum and millet. Root dry matter was also severely reduced in this treatment. Water consumption tended to be higher for millet than for sorghum plants. Water use efficiency increased with the reduction of soil water availability. In this case, sorghum was more efficient in 100 and 25% water replacement treatments, while millet was more efficient in the 75 and 50% water replacement treatments. ADF contents decreased with the reduction of water availability in the soil for both species. Sorghum NDF showed the same trend, while sorghum DM increased. In experiment 2 only production variables were considered, and showed similar trend of that observed in experiment 1, with reduction of aboveground fresh and dry matter, as well as root dry matter, as the water supply was reduced from 100% to 60% of the maximum demand. However, biomass reduction between treatments was less pronounced than the observed in experiment 1. Sorghum showed a better response to water deficiency, and water supply starting from 70% of the maximum demand provided good results in both species, comparable to the one observed on the 100% water supply treatment.
Keywords: Gramíneas Forrageiras – Rendimento e Qualidade
Sorgo e Milheto - Níveis de Água
Manejo de Irrigação
Sorgo e Milheto - Qualidade de Forragem
Déficit Hídrico
Rendimento de Biomassa
Forage Grasses - Yield and Quality
Sorghum and Millet - Water Levels
Irrigation Management
Sorghum and Millet - Fodder Quality
Water Deficit
Biomass Yield
???metadata.dc.subject.cnpq???: Zootecnia
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/2948
Appears in Collections:Mestrado em Ciência Animal (Patos).

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DJAIR ALVES MELO-DISSERTAÇÃO-PPGZ 2006.pdf636.42 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.