Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/2983
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creator.IDAZEVEDO, H. M.pt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/7832430856627685pt_BR
dc.contributor.advisor1GUERRA, Hugo Orlando Carvallo.-
dc.contributor.advisor1IDGUERRA, H. O. C.pt_BR
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/5353275464754248pt_BR
dc.contributor.advisor2MILLAR, Augustin A.-
dc.contributor.advisor2IDMILLAR, A. Apt_BR
dc.description.resumoO presente trabalho teve como objetivo estudar o efeito do conteúdo de água inicial do solo sobre os parâmetros da equação de velocidade de infiltração e, comparar estatisticamente dois métodos de irrigação' sulcos fechados e sulcos abertos. Os trabalhos foram, desenvolvidos em um latossol da Estação Experimental do Projeto de Irrigação de Bebedouro, da Superintendência do Vale do São Francisco (SUVALE), em Petrolina Estado de Pernambuco. O efeito do conteúdo inicial de água sobre a equação de velocidade de infiltração foi avaliado através de testes de infiltração realizados a diferentes níveis de umidade do solo e analisando-se os resultados através de correlação logarítmica. Na comparação entre os dois métodos de irrigação usou-se um Split Plot inteiramente ao acaso e os tratamentos foram três declividades (0,15, 0,24 e 0,37%) e os sutratamentos três lâminas de irrigação (3,0, 5,5 e 8,0 cm). A análise dos resultados demonstrou que o coeficiente K da equação de velocidade de infiltração diminuiu a medida que aumentou o conteúdo inicial de água no solo. Por outro lado o expoente "n" da equação de velocidade de infiltração não foi afetado com o conteúdo inicial de água do solo. Há comparação dos dois métodos de irrigação os efeitos da lâmina e interação (lâmina x declividade ) foram significativos ao nível de 13. Sob as condições em que os testes foram conduzidos, encontrou-se que quando se irrigou tirando sulcos sem saída de água, a infiltração de água foi superior a infiltração em sulcos abertos. Assim, dos métodos estudados o mais satisfatório foi o do sulcos fechados.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentCentro de Tecnologia e Recursos Naturais - CTRNpt_BR
dc.publisher.programPÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL E AMBIENTALpt_BR
dc.publisher.initialsUFCGpt_BR
dc.subject.cnpqAgronomia
dc.titleCaracterísticas da infiltração em sulcos abertos e fechados.pt_BR
dc.date.issued1975-04-
dc.description.abstractThe present work had as objective to study the effect of the initial water content of the soil on the parameters of the infiltration rate equation and to compare statistically two methods of irrigation 'closed grooves and open grooves. The works were developed in a latossol of the Experimental Station of the Irrigation Project of Bebedouro, of the Superintendence of the Valley of the São Francisco (SUVALE), in Petrolina State of Pernambuco. The effect of the initial water content on the infiltration rate equation was evaluated through infiltration tests performed at different levels of soil moisture and analyzing the results through logarithmic correlation. In the comparison between the two irrigation methods, a Split Plot was used at random and the treatments were three slopes (0.15, 0.24 and 0.37%) and the three irrigation slides (3.0, 5 , 5 and 8.0 cm). Analysis of the results showed that the coefficient K of the infiltration rate equation decreased as the initial water content in the soil increased. On the other hand the exponent "n" of the infiltration rate equation was not affected with the initial water content of the soil. Comparing the two irrigation methods, the effects of the blade and interaction (blade x slope) were significant at the 13 level. Under the conditions under which the tests were conducted, it was found that when irrigated by drawing ridges with no water outlet, water infiltration was greater than infiltration into open grooves. Thus, of the methods studied the most satisfactory was the closed grooves.pt_BR
dc.identifier.urihttp://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/2983-
dc.date.accessioned2019-02-28T12:03:52Z-
dc.date.available2019-02-28-
dc.date.available2019-02-28T12:03:52Z-
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.subjectMétodos de irrigação
dc.subjectIrrigation Methods
dc.subjectSulcos fechados
dc.subjectClosed grooves
dc.subjectSulcos abertos
dc.subjectOpen grooves
dc.subjectInfiltração em sulcos
dc.subjectGroove infiltration
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.creatorAZEVEDO, Hamilton Medeiros de.-
dc.publisherUniversidade Federal de Campina Grandept_BR
dc.languageporpt_BR
dc.title.alternativeInfiltration characteristics in open and closed grooves.pt_BR
dc.identifier.citationAZEVEDO. Hamilton Medeiros de. Características da infiltração em sulcos abertos e fechados. 1975. 72f. (Dissertação de Mestrado em Engenharia Civil), Curso de Pós-Graduação em Engenharia Civil, Centro de Ciências e Tecnologia, Universidade Federal da Paraíba – Campus II - Campina Grande - PB - Brasil, 1975pt_BR
Appears in Collections:Mestrado em Engenharia Civil e Ambiental.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
HAMILTON MEDEIROS DE AZEVEDO - DISSERTAÇÃO PPGECA 1975.pdfHamilton Medeiros de Azevedo Dissertação - PPGECA 19751.47 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.