Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/2986
Title: Avaliação da composição química e fermentação in vitro de forrageiras e coprodutos da cadeia de biodiesel.
Other Titles: Evaluation of the chemical composition and in vitro fermentation of forages and co-products of the biodiesel chain.
???metadata.dc.creator???: ARAUJO, Dário Ricelle Carvalho de
???metadata.dc.contributor.advisor1???: SILVA, Aderbal Marcos de Azevêdo.
???metadata.dc.contributor.advisor-co1???: CARNEIRO, Heloisa.
???metadata.dc.contributor.referee1???: GONZAGA NETO, Severino.
???metadata.dc.contributor.referee2???: PEREIRA FILHO, José Morais.
Keywords: Nutrição Animal;Ácidos Graxos Voláteis;Dióxido de Carbono e Metano;Forrageiras - Valor Nutritivo;Biodisel;Animal Nutrition;Volatile Fatty Acids;Dióxido de Carbono e Metano;Forages - Nutritive Value
Issue Date: 26-Feb-2013
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: ARAUJO, Dário Ricelle Carvalho de. Avaliação da composição química e fermentação in vitro de forrageiras e coprodutos da cadeia de biodiesel. 2013. 60 f. Dissertação (Mestrado em Zootecnia)– Programa de Pós-Graduação em Zootecnia, Centro de Saúde e Tecnologia Rural, Universidade Federal de Campina Grande, Patos, Paraíba, Brasil, 2013.
???metadata.dc.description.resumo???: Objetivou-se com este estudo estimar a composição química e quantificar a produção de gases pela técnica in vitro de quatro espécies forrageiras (brachiaria, buffel, gramão e pangola). O inóculo para a incubação in vitro foi obtido a partir de três bovinos da raça holandesa e três ovinos da raça Santa Inês. A produção de gás foi medida às 6, 24 e 48 horas. O delineamento experimental utilizado foi inteiramente casualizado em arranjo fatorial 4 x 2, com os fatores representados pelas forragens e inóculos. A brachiaria e o buffel obtiveram as maiores digestibilidade in vitro da matéria seca (68,20 e 65,47%), concentrações de proteína bruta (12,18 e 4,16%), menores teores de fibra em detergente neutro (64,03 e 68,34%) e lignina (3,28 e 3,91%), respectivamente. A produção de metano e dióxido de carbono sofreu efeito significativo da interação entre substrato e inóculo, exceto para a degradabilidade da matéria seca, produção total de gás, ácidos graxos voláteis e pH. A brachiaria e o capim buffel produziram as maiores quantidades de gases. A forrageira de maior valor nutritivo foi a brachiaria seguida do buffel.
Abstract: The objective of this study was to estimate and quantify the chemical composition of the gas production technique in vitro four forage species (Brachiaria, buffel, and Gramão pangola). The inoculum for the in vitro incubation was obtained from three cows of the Holsteins breed and three sheep of the Santa Ines breed. The gas production was measured at 6, 24 and 48 hours. The experimental design was completely randomized 4 x 2 factorial, with the factors represented by the fodder and inocula. The brachiaria and the buffel had the highest in vitro digestibility of dry matter (68.20 and 65.47%), crude protein (12.18 and 4.16%), lower levels of neutral detergent fiber (64.03 and 68.34%) and lignin (3.28 and 3.91%), respectively. The production of methane and carbon dioxide suffered significant interaction between substrate and inoculum, except for the degradability of dry matter, total gas production, volatile fatty acids and pH. The Brachiaria and the buffel grass produced the largest quantities of gases. The forage of higher nutritional value was brachiaria followed by buffel.
Keywords: Nutrição Animal
Ácidos Graxos Voláteis
Dióxido de Carbono e Metano
Forrageiras - Valor Nutritivo
Biodisel
Animal Nutrition
Volatile Fatty Acids
Dióxido de Carbono e Metano
Forages - Nutritive Value
???metadata.dc.subject.cnpq???: Zootecnia
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/2986
Appears in Collections:Mestrado em Ciência Animal (Patos).

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DÁRIO RICELLE CARVALHO DE ARAUJO - DISSERTAÇÃO PPGZ 2013.900.19 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.