Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/3075
Title: Fabricação de rapadura na Paraíba: estudo socioeconômico.
Other Titles: Manufacture of rapadura in Paraíba: socio-economic study.
???metadata.dc.creator???: SANTOS, Madalena Herculano dos.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: PAKMAN, Elbio Trocolli.
???metadata.dc.contributor.referee1???: CARCANHOLO, Reinaldo Antonio.
???metadata.dc.contributor.referee2???: CASTRO, Ramon Peña.
Keywords: Rapadura;Sócio Economia paraibana;Partner Paraíba Economy;Industria Canavieira;Industria de la Caña de Azúcar;Sugarcane Industry;Proálcool;Cana-de-açúcar;Sugar Cane;Caña de Azúcar
Issue Date: 26-Mar-1986
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: SANTOS, Madalena Herculano dos. Fabricação de rapadura na Paraíba: estudo socioeconômico. 1986. 192f. (Dissertação de Mestrado em Economia Rural e Regional), Programa de Pós-graduação em Economia Rural e Regional, Centro de Humanidades, Universidade Federal da Paraíba – Campus II - Campina Grande - Paraíba - Brasil, 1986.
???metadata.dc.description.resumo???: A bibliografia sobre a produção de rapadura, atividade de caráter tradicional, desenvolvida por produtores rurais, indica sua pequena capacidade de expandir-se e/ou manter-se no mercado. Teoricamente, pela lógica do seu desenvolvimento, o capital, quando em processo de expansão, incorpora setores atrasados - transformando-os ou mantendo-os. Essa lógica explica também a situação da agricultura onde, particularmente, subsistem atividades em que parte dos custos de reprodução de sua força de trabalho e provida nos "roçados", permitindo a produção de alimentos e matérias-primas a preços relativamente reduzidos, favorecendo a acumulação de capital na indústria. A atividade rapadureira na Paraíba, exemplo concreto desse processo, foi investigada a partir de uma pesquisa - com observação direta, aplicação de questionários, realização de entrevistas - quando se identificaram 230 engenhos (57 dos quais compõem a-amostra) em visita a 48 Municípios. Na região do Brejo, pode-se perceber que o espaço de atuação dos engenhos foi mantido até enquanto a indústria açucareira permitia, e até certo ponto requeria, a presença da atividade rapadureira, desde que sua organização interna respondia em parte pela disponibilidade de mão-de-obra sazonal e barata, além de fornecer grande parcel a da matéria-prima processada por usinas e destilarias. A elevação da demanda por cana, resultante da expansão da indústria sucro-alcooleira, intensificou as condições de colapso dos engenhos que passaram a simples fornecedores. No Sertão, dadas as condições em que se organiza a economia local, onde a produção de subsistência responde pela maior parte dos custos de reprodução da força de trabalho, a fabricação de rapadura ainda tem certo espaço,apesar dos fatores geoclimáticos adversos à lavoura da cana. Entretanto, o sistema de parceria, historicamente predominante na organização dessa economia, já começa a ser substituído por formas de assalariamento parcial, sobretudo nas atividades em que os produtores conseguem uma maior realização monetária. A análise dos diversos elementos envolvidos na produção rapadureira permitiu concluir que as formas diferenciadas de avanço do capital tem contribuído para desarticulação da atividade no Brejo e para sua persistência no Sertão.
Abstract: The literature on the production of rapadura, a traditional activity developed by rural producers, indicates its small capacity to expand and / or remain in the market. Theoretically, by the logic of its development, capital, when in the process of expansion, incorporates sectors - transforming or maintaining them. This logic also explains the situation of agriculture where, In particular, there are activities where part of the costs reproduction of its workforce and provided in the "rozados", allowing the production of food and raw materials relatively low prices, favoring the accumulation of of capital in industry. The rapacious activity in the Paraíba, a concrete example of this process, the from a survey - with direct observation, application of questionnaires, interviewing - when 230 mills (57 of which make up the sample) in visit to 48 municipalities. In the region of Brejo, it can be that the space of operation of the mills was maintained until the sugar industry allowed, and to a certain extent required, the presence of the rapadureira activity, since its organization was partly due to the availability of seasonal and cheap labor, in addition to providing large parcels that of the raw material processed by mills and distilleries. THE increased demand for sugarcane, resulting from the expansion of the sugarcane, intensified the conditions of collapse of the mills that have become mere suppliers. At the Sertão, given the conditions under which the local economy is organized, where subsistence production accounts for the highest part of the reproduction costs of the workforce, the manufacturing of rapadura still has some space, despite the factors adverse effects on sugarcane cultivation. However, the system of partnership, historically predominant in the organization economy is already beginning to be replaced by forms partial wages, especially in activities where producers achieve greater monetary achievement. THE analysis of the various elements involved in the rapadureira production concluded that the differentiated forms of The advance of capital has contributed to the disarticulation of the activity in the Brejo and its persistence in the Sertão.
Keywords: Rapadura
Sócio Economia paraibana
Partner Paraíba Economy
Industria Canavieira
Industria de la Caña de Azúcar
Sugarcane Industry
Proálcool
Cana-de-açúcar
Sugar Cane
Caña de Azúcar
???metadata.dc.subject.cnpq???: Economia Agrária
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/3075
Appears in Collections:Mestrado em Economia Rural e Regional.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MADALENA HERCULANO DOS SANTOS - DISSERTAÇÃO PPGERR 1986.pdfMadalena Herculano dos Santos - Dissertação PPGERR 19865.4 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.