Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/3077
Title: O processo de desenvolvimento do setor leiteiro cooperativista gaúcho (1976-1992): o modelo CCGL.
Other Titles: The process of development of the cooperative dairy sector of the state of Rio Grande do Sul (1976-1992): the CCGL model.
???metadata.dc.creator???: MACAGNAN, Roberto.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: SANTOS, Robério Ferreira dos.
???metadata.dc.contributor.referee1???: XAVIER, Jurandir Antonio.
???metadata.dc.contributor.referee2???: CARVALHO, Maria Lúcia Gonçalves.
???metadata.dc.contributor.referee3???: SARAIVA, Ivony Lídia M.
Keywords: Setor leiteiro;Sector lácteo;Dairy Sector;Cooperativismo financeiro;Financial cooperativism;Cooperativismo financiero;Cultivo do Trigo;Wheat Cultivation;Cultivo da soja;Soy cultivation;Cooperativa agroindustrial;Agroindustrial Cooperative
Issue Date: Jun-1994
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: MACAGNAN, Roberto. O processo de desenvolvimento do setor leiteiro cooperativista gaúcho (1976-1992): o modelo CCGL. 1994. 359f. (Dissertação de Mestrado em Economia Rural e Regional), Programa de Pós-graduação em Economia Rural e Regional, Centro de Humanidades, Universidade Federal da Paraíba – Campus II - Campina Grande - Paraíba - Brasil,1994.
???metadata.dc.description.resumo???: Esta dissertação se propõe a estudar o processo de desenvolvimento do setor leiteiro cooperativista gaúcho, no período 1976-1992, tendo por base o modelo CCGL, identificando e interpretando os elementos fundamentais que determinaram a organização e desenvolvimento do modelo organizado pelas cooperativas empresariais de trigo e soja, buscando fornecer uma alternativa de renda aos seus associados. Trabalha-se com duas hipóteses, sendo que a primeira é de que o desenvolvimento do setor leiteiro cooperativista, do RS, constituiu-se num processo específico de acumulação, concentração e centralização de capital. A segunda é de que a organização, reprodução e desenvolvimento do modelo CCGL provocou processos diferenciados de desenvolvimento, onde alguns produtores e cooperativas ampliaram e viabilizaram a produção de leite, tornando- a uma alternativa econômica, enquanto outros abandonaram a produção. Na primeira parte, compondo os capítulos I e II, são abordadas as especificidades do modelo, sendo que no primeiro identificam-se os aspectos históricos e teóricos do modelo CCGL. Nele, trata-se do cooperativismo, suas especificidades e limites, bem como a gênese do modelo, a partir das cooperativas empresariais de trigo e soja. No segundo capítulo, caracteriza-se o complexo agroidustrial do leite, no RS, enquanto espaço de atuação do modelo CCGL. A segunda parte do trabalho, constituída pelos capítulos III ,IV,VeVI, apresenta os elementos fundamentais de constituição e desenvolvimento do modelo. No terceiro capítulo descreve-se a articulação e funcionamento do modelo, a partir dos fatos históricos que contribuíram para a criação do mesmo, bem como seu funcionamento. O quarto capítulo analisa a CCGL enquanto empresa articuladora do modelo. O quinto capítulo aborda os aspectos ligados às cooperativas ligadas à CCGL, a partir do papel das mesmas na reprodução do modelo, bem como dos resultados por elas obtidos. O sexto capítulo aborda o desenvolvimento dos produtores de leite, enquanto participantes do modelo, a partir do papel dos mesmos na reprodução desse modelo. Na conclusão busca-se resgatar os principais elementos que contribuem para o entendimento da organização e desenvolvimento do modelo como um todo, bem como dos três agentes participantes: a CCGL, as cooperativas singulares e os produtores. O estudo comprova as hipóteses, demonstrando e identificando os principais elementos que viabilizaram o processo de acumulação, centralização e concentração do capital, através da CCGL enquanto empresa articuladora do modelo, bem como os elementos demonstrativos do processo diferenciado de desenvolvimento dos agentes envolvidos.
Abstract: This dissertation studies the process of the Cooperative Milk Sector of State of Rio Grande do Sul, from 1976 to 1992, based on the CCGL (Cooperativa Central Gaucha de Leite Ltda) model. It identifies and interprets the main elements which determined the organization and development of the model proposed by the wheat and soy bean cooperatives, trying to get an alternative income for their members. I work with two hypotheses. The first one affirms that the cooperative milk sector development, in Rio Grande do Sul, was a specific process of accumulation, concentration and centralization of capital. The second hypothesis is that the organization, reproduction and development of the CCGL model caused different processes of development, in which some producers and cooperatives increased and made possible the milk production, turning it into a profiable alternative, while others abandoned the production. In the first part, chapters I and I I , some specifications of the model are studied. In chapter I, some theoretical and historical aspects of the CCGL model are ^identified: cooperativism, its specifications and limitations, and the genesis of the model from the wheat and soy bean cooperative perspective. In chapter II, I characterize the milk agroindustrial complex as an action space for the CCGL model. The second part of this dissertation, chapters III, IV, V e VI, presents the principal elements of the model constitution and development. Chapter III deals with the articulation and functioning of the model based on the historical facts which have contributed for its creation and further implementation. Chapter IV analyses the CCGL as the company which articulates the model. Chapter V studies the aspects related to the cooperatives linked to the CCGL from the point of view of the roles they take in the pursuit of the model reproduction and its results, and chapter VI broaches the development of milk producers who' participate in the model as its reproducers. This study brings up the main elements which contributed to the understanding of the organization and the development of the model as a whole and its three participant agents: the CCGL, the particular cooperatives and the producers. Moreover, it demonstrates the two hypotheses, identifying the main elements which contributed to the process of accumulation, centralization and concentration of capital througth the CCGL, as the articulator of the model.
Keywords: Setor leiteiro
Sector lácteo
Dairy Sector
Cooperativismo financeiro
Financial cooperativism
Cooperativismo financiero
Cultivo do Trigo
Wheat Cultivation
Cultivo da soja
Soy cultivation
Cooperativa agroindustrial
Agroindustrial Cooperative
???metadata.dc.subject.cnpq???: Economia Agrária
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/3077
Appears in Collections:Mestrado em Economia Rural e Regional.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ROBERTO MACAGNAN - DISSERTAÇÃO PPGERR 1994.pdfRoberto Macagnan - Dissertação PPGERR 199441.76 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.