Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/325
Title: Avaliação do teor crítico de cloretos em concreto armado com adição de sílica e metacaulim através dos ensaios acelerados induzidos por campo elétrico e magnético.
Other Titles: Evaluation of the critical content of chlorides in reinforced concrete with addition of silica and metakaolin by accelerated tests induced by electric and magnetic field.
???metadata.dc.creator???: NERI, Kátya Dias.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: VILAR, Eudésio de Oliveira.
???metadata.dc.contributor.advisor2???: MEIRA, Gibson Rocha.
???metadata.dc.contributor.referee1???: CARNEIRO, Arnaldo Manoel Pereira.
???metadata.dc.contributor.referee2???: AZEVEDO, Sérgio André Fontes.
???metadata.dc.contributor.referee3???: ALVES, José Jailson Nicácio.
???metadata.dc.contributor.referee4???: BRITO, André Luzs Fiquene de.
Keywords: Teor crítico de cloretos;ensaios acelerados de cloretos;Corrosão em concreto armado;Adição de pozolanas;íon cloreto;Chloride critical content;Accelerated chlorine tests;Corrosion in reinforced concrete
Issue Date: 17-Apr-2015
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: NERI, Kátya Dias. Avaliação do teor crítico de Cloretos em concreto armado com adição de sílica e metacaulim através dos ensaios acelerados induzidos por campo elétrico e magnético. 2015. 163f. (Tese de Doutorado). Programa de Pós-graduação em Engenharia Química, Centro de Ciências e Tecnologia, Universidade Federal de Campina Grande, Campina Grande - Paraíba - Brasil, 2015.
???metadata.dc.description.resumo???: O íon cloreto é um dos agentes mais agressivos no processo corrosivo em concreto armado. A chegada de cloretos nas proximidades da armadura, por si só, não representa o início do processo de corrosão. Assim, é necessário que esses íons estejam em quantidades suficientes para desencadear o processo corrosivo, denominado teor crítico de cloretos. Neste trabalho, estuda-se o comportamento de estruturas de concreto com relações água/aglomerante 0,4; 0,5 e 0,6 com adição de sílica ou metacaulim submetidos ao ataque químico em solução com cloreto de sódio (NaCl), 1M em ensaios acelerados induzidos por campo elétrico e novo ensaio proposto com aplicação do campo magnético, com objetivo de avaliar o teor crítico de cloretos no concreto com adição de pozolanas. Foram realizadas medidas de polarização linear e impedância eletroquímica para avaliar o início do processo de corrosão. Uma vez identificado o início da corrosão, foram realizadas determinações de pH, teores de cloretos totais e livres por titulação potenciométrica, e o teor crítico [Cl-]/[OH-] em amostras próximas à armadura. Observou-se inicialmente no ensaio de resistência a compressão, o índice de vazios e a absorção em água que a relação água/aglomerante e o tipo de pozolana são fatores determinantes para durabilidade do concreto. Os concretos com adição de pozolanas apresentaram ganho de resistência superior ao concreto referência, e consequentemente diminuíram o índice de vázios e absorção de água. Para o ensaio acelerado de migração de penetração de cloretos, com aplicação de campo elétrico dos concretos a/agl. 0.4 e 0.5, com adição de pozolanas, aumentaram o tempo de ensaio e reduziram a densidade de corrente de corrosão (taxa de corrosão) em relação aos concretos de referência. Consequentemente apresentou-se uma retenção de cloretos que resultou em valores de teores de cloretos livres e totais baixos e alta relação iônica [Cl-]/[OH-]. Para o concreto a/agl. 0.6, as adições pozolânicas promoveram uma ação positiva no efeito físico dos Cps, porém quimicamente a ação foi negativa, que possivelmente provocou a saída precoce dos Cps nos ensaios acelerados de migração dos cloretos. Para os ensaios acelerados de indução de cloretos com aplicação do campo magnéticos, obteve-se o mesmo comportamento que o elétrico nos concretos a/agl. 0.4 e 0.5 com retenção de cloretos livres e totais em concretos com adição. Apresentou mesmo perfil crescente da relação iônica [Cl-]/[OH-]. Porém, o ensaio magnético apresentou melhor desempenho que o elétrico, pois sua sensibilidade detectou teores de cloretos livres e relação iônica [Cl-]/[OH-] menores.
Keywords: Teor crítico de cloretos
ensaios acelerados de cloretos
Corrosão em concreto armado
Adição de pozolanas
íon cloreto
Chloride critical content
Accelerated chlorine tests
Corrosion in reinforced concrete
???metadata.dc.subject.cnpq???: Engenharia Química.
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/325
Appears in Collections:Doutorado em Engenharia Química.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
KATYA DIAS NERI - TESE PPGEQ 2015..pdfKátya Dias Neri - Tese PPGEQ 2015.2.98 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.