Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/347
Title: Avaliação de implantes de polimetilmetacrilato (PMMA) para procedimentos de bioplastia.
Other Titles: Evaluation of polymethylmethacrylate implants for bioplasty procedures.
Evaluación de los implantes de polimetilmetacrilato para procedimientos de bioplastia.
Évaluation des implants de polyméthylméthacrylate pour les procédures de bioplastie.
???metadata.dc.creator???: DOLGHI, Sandro Martins.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: NEVES, Gelmires de Araújo
???metadata.dc.contributor.advisor2???: FOOK, Marcus Vinícius Lia.
???metadata.dc.contributor.referee1???: FREIRE, Waldênia Pereira.
???metadata.dc.contributor.referee2???: SILVA
Keywords: Polimetilmetacrilato;Polymethylmethacrylate Implant;Bioplastia;Bioplasty;Polimetilmetacrilato PMMA;Substância de preenchimento dérmico;Substance of dermal filler;Substance de remplissage dermique;Sustancia de relleno dérmico;Avaliação de produtos PMMA;PMMA Product Evaluation;Évaluation du produit PMMA;Evaluación de productos PMMA;皮膚填充物的物質
Issue Date: 19-Dec-2014
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: DOLGHI, Sandro Martins. Avaliação de implantes de polimetilmetacrilato (PMMA) para procedimentos de bioplastia. 2014. 48f. (Dissertação de Mestrado), Programa de Pós-graduação em Ciência e Engenharia de Materiais, Centro de Ciências e Tecnologia, Universidade Federal de Campina Grande - Paraíba - Brasil, 2014.
???metadata.dc.description.resumo???: O culto à beleza está em evidência no Brasil e no mundo, levando ao crescente aumento de técnicas e procedimentos para corrigir defeitos estéticos e minimizar os efeitos do envelhecimento. Diversas substâncias preenchedoras com fluidos de alta viscosidade ou partículas de polímeros em suspensão têm sido utilizadas em larga escala em procedimentos cosméticos e correção de lipodistrofia de pacientes HIV positivos, submetidos à terapia antirretroviral de alta atividade. O uso de polimetilmetacrilato (PMMA) como substância de preenchimento dérmico tem crescido vertiginosamente, assim como o número de reações adversas decorrentes de seu uso. O PMMA vem sendo utilizado, amplamente como matéria prima na fabricação de diversos dispositivos e produtos médicos desde a década de 40, especialmente em função de sua biocompatibilidade, entretanto, ainda há carência de informações e estudos sobre migração e resposta inflamatória das substâncias comercializadas no Brasil para fins de preenchimento dérmico. Este trabalho teve como objetivo avaliar as características físico-químicas de implantes de PMMA comercializados no Brasil para procedimentos de bioplastia, em três apresentações comerciais do produto com diferentes concentrações, visando delimitar limites aceitáveis para fins de registro destes produtos na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), com foco na segurança sanitária. As amostras foram caracterizadas por Difração de Raios X (DRX), Espectroscopia na região do infravermelho com transformada de Fourier (FTIR), Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV), Espectroscopia por Energia Dispersiva de Raios X (EDS), análise de Calorimetria Exploratória Diferencial (DSC), caracterização por Microscopia Óptica (MO). A técnica de DRX mostrou comportamento semicristalino do PMMA. Com a técnica de FTIR constatou-se os grupos funcionais presentes nos implantes. Por meio das técnicas de MO e MEV foi possível perceber a não homogeneidade em relação ao tamanho das microesferas de PMMA. Pôde-se concluir com os resultados de DSC que o pico endotérmico aumentou de acordo com as variações de concentração do PMMA. A partir dos dados obtidos neste trabalho constata-se que o consumidor está sujeito a riscos, visto que a irregularidade das superfícies e variações nos tamanhos das microesferas pode ocasionar reações adversas, em função da fagocitose das microesferas com tamanho inferior a 20 μm. O crescente uso das técnicas de preenchimento com implantes de PMMA, bem como sua indicação para uso em demais especialidades da medicina, o coloca como material a ser ainda amplamente estudado nas mais diversas aplicações do produto na área médica.
Abstract: The cult of beauty is in evidence in Brazil and in the world, leading to increasing techniques and procedures to correct aesthetic defects and minimize the effects of aging. Several dermal fillers with high viscosity or polymer particles in suspension fluids have been used in large scale in cosmetic procedures and lipodystrophy correction of HIV-positive patients undergoing HAART activity. The use of polymethylmethacrylate (PMMA) as dermal filler substance has grown dramatically, and the number of adverse reactions arising from its use. PMMA has been used widely as a raw material in manufacturing various medical devices and products since the 40s, especially due to its biocompatibility, however, there is still a lack of information and studies on migration and inflammatory response of substances marketed in Brazil dermal filler purposes. This study aimed to evaluate the physical and chemical characteristics of PMMA implants sold in Brazil for bioplasty procedures in three commercial presentations of the product with different concentrations, in order to delimit acceptable limits for registration of these products at ANVISA, with focus on security health. The samples were characterized by X-ray Diffraction (XRD), Fourier transform infrared spectroscopy (FTIR), Scanning Electron Microscopy (SEM), Spectroscopy Energy Dispersive X-ray (EDS) analysis of Differential Scanning Calorimetry (DSC), characterized by Optical Microscopy (OM). The XRD technique showed semi-crystalline behavior of PMMA. FTIR technique found the functional groups present on the implants. Through OM and SEM techniques we saw the inhomogeneity relative to the size of the PMMA microspheres. One can conclude from the results of the DSC endothermic peak increased in accordance with changes in the concentration of PMMA. From the data obtained in this study it appears that the consumer is subject to risks as uneven surfaces and variations in size of the microspheres can cause adverse reactions, depending on the phagocytosis of microspheres with size less than 20 microns. The increasing use of technical fill with PMMA implants, as well as indications for use in other specialties of medicine, places it as material to be still widely studied in various product applications in the medical field.
Keywords: Polimetilmetacrilato
Polymethylmethacrylate Implant
Bioplastia
Bioplasty
Polimetilmetacrilato PMMA
Substância de preenchimento dérmico
Substance of dermal filler
Substance de remplissage dermique
Sustancia de relleno dérmico
Avaliação de produtos PMMA
PMMA Product Evaluation
Évaluation du produit PMMA
Evaluación de productos PMMA
皮膚填充物的物質
???metadata.dc.subject.cnpq???: Ciência e Engenharia de Materiais
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/347
Appears in Collections:Mestrado em Ciência e Engenharia de Materiais.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
SANDRO MARTINS DOLGHI - DISSERTAÇÃO PPG-CEMat 2014..pdfSandro Martins Dolghi - Dissertação PPG-CEMat 2014.1.32 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.