Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/3577
Title: Estimativas de riscos de incêndios florestais em uma série temporal no Estado da Paraíba.
Other Titles: Estimates of forest fire risks in a time series in the State of Paraíba.
???metadata.dc.creator???: NOVAIS, Danilo Brito.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: SOUTO, Patrícia Carneiro.
???metadata.dc.contributor.referee1???: SANTANA, José Augusto Silva.
???metadata.dc.contributor.referee2???: SOUTO, Jacob Silva.
Keywords: Incêncio em florestas;Estimativas de risco de incêncios florestais;Incêndio florestal;Florestas da Paraíba - risco de incêndio;Bioma caatinga - incêndios;Fórmula de Monte Alegre;Focos de incêndios florestais;Estado da Paraíba - incêndios florestais;Outbreaks of forest fires;Forest fires
Issue Date: Mar-2017
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: NOVAIS, Danilo Brito. Estimativas de riscos de incêndios florestais em uma série temporal no estado da Paraíba. 2017. 59f. (Dissertação de Mestrado em Ciências Florestais), Programa de Pós-graduação em Ciências Florestais, Centro de Saúde e Tecnologia Rural, Universidade Federal de Campina Grande – Patos – Paraíba Brasil, 2017.
???metadata.dc.description.resumo???: As florestas plantadas e nativas sofrem frequentemente grandes danos provocados pelos incêndios florestais. Os incêndios geralmente são de origem antrópica, acidental ou criminosos, destruindo ecossistemas inteiros, refletindo na economia, na vida da população e perdas ambientais incalculáveis. A ocorrência e propagação do fogo está diretamente relacionada com as condições climáticas, além da quantidade de material combustível disponível para a queima. As FMA e FMA+ são importantes índices de perigo de incêndio que servem como ferramenta para prevenção e combate aos incêndios florestais. É importante também o estudo dos focos de calor registrados para que assim se comece a entender melhor o comportamento do fogo em determinada região. O objetivo dessa pesquisa foi avaliar o desempenho das FMA e FMA+ e também quantificar os focos de calor por meio de imagens de satélite em seis municípios do Estado da Paraíba. No primeiro estudo, com base nos dados meteorológicos do INMET, foram calculados os graus de perigo de incêndios pelas duas fórmulas (FMA e FMA+) em cada município, obedecendo-se aos intervalos originais dos graus de perigo e, posteriormente, realizou-se o ajuste dos intervalos, seguindo-se o princípio da proporcionalidade entre os graus de perigo com a frequência dos incêndios. Para o município de João Pessoa, a FMA não se adequou ao proposto, seguindo a tendência da improporcionalidade. A variável meteorológica, precipitação pluviométrica, interferiu diretamente com a ocorrência dos graus de perigo de incêndios. No segundo estudo, os dados de focos de calor oriundos do banco de dados no INPE foram separados por meses e anos para os seis municípios selecionados nas quatro mesorregiões do Estado. Observou-se que houve anos com grande incidência de registros de focos de calor, possivelmente por algum fenômeno natural ou antrópico, sendo a mesorregião Sertão Paraibano a que registra os maiores focos de calor.
Abstract: Planted and native forests often suffer great damage from forest fires. Fires are usually of anthropogenic, accidental or criminal origin, destroying entire ecosystems, reflecting on the economy, population life and incalculable environmental losses. The occurrence and spread of fire is directly related to weather conditions, as well as the amount of combustible material available for burning. The FMA and FMA+ are important fire hazard indexes that serve as a tool to prevent and combat forest fires. It is also important to study the recorded heat sources so that one begins to understand better the fire behavior in a certain region. The objective of this research was to evaluate the performance of the AMF and AMF + and also to quantify the foci of heat through satellite images in six municipalities in the State of Paraíba. In the first study, based on the INMET meteorological data, the fire hazard levels of the two formulas (FMA and FMA+) were calculated in each municipality, following the original intervals of the danger levels, and later the adjustment of the intervals, followed by the principle of proportionality between the degrees of danger and the frequency of fires. For the municipality of João Pessoa, the FMA did not conform to the proposed one, following the trend of improportionality. The meteorological variable, rainfall, interfered directly with the occurrence of fire hazard degrees. In the second study, data from heat sources from the INPE database were separated by months and years for the six municipalities selected in the four mesoregions of the State. It was observed that there were years with a high incidence of records of heat sources, possibly due to some natural or anthropic phenomena, with the Sertão Paraibano mesoregion registering the largest heat sources.
Keywords: Incêncio em florestas
Estimativas de risco de incêncios florestais
Incêndio florestal
Florestas da Paraíba - risco de incêndio
Bioma caatinga - incêndios
Fórmula de Monte Alegre
Focos de incêndios florestais
Estado da Paraíba - incêndios florestais
Outbreaks of forest fires
Forest fires
???metadata.dc.subject.cnpq???: Ciências Florestais.
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/3577
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Florestais.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DANILO BRITO NOVAIS - DISSERTAÇÃO PPGCF 2017.pdfDanilo Brito Novais - Dissertação PPGCF 20171.24 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.