Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/358
Title: Avaliação físico-química, morfológica e biológica de mangueiras de poli(cloreto de vinila) utilizadas em produtos para saúde.
Other Titles: Physico-chemical, morphological and biological evaluation of polyvinyl chloride hoses used in health products.
Evaluación física-química, morfológica y biológica de mangueras de poli (cloruro de vinilo) utilizadas en productos para la salud.
Évaluation physico-chimique, morphologique et biologique des tuyaux en polychlorure de vinyle utilisés dans les produits de santé.
???metadata.dc.creator???: SERPA, Patrícia.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: FOOK, Marcus Vinícius Lia.
???metadata.dc.contributor.referee1???: PINTO, Maria Roberta de Oliveira.
???metadata.dc.contributor.referee2???: FOOK, Sayonara Maria Lia.
Keywords: Mangueiras - engenharia de materiais;Poli (cloreto de vinila);Mangueiras uso em saúde;Polimerização do cloreto de vinila
Issue Date: 29-Oct-2014
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: SERPA, Patrícia. Avaliação físico-química, morfológica e biológica de mangueiras de poli(cloreto de vinila) utilizadas em produtos para saúde. 2014. 75f. (Dissertação de Mestrado), Programa de Pós-graduação em Ciência e Engenharia de Materiais, Centro de Ciências e Tecnologia, Universidade Federal de Campina Grande - Paraíba - Brasil, 2014.
???metadata.dc.description.resumo???: O poli(cloreto de vinila) é muito utilizado em produtos para saúde para fabricação de bolsas de sangue, tubos, cateteres, entre outros. Ele é obtido a partir da polimerização do cloreto de vinila e pode ser processado por várias técnicas, como extrusão, injeção, sopro, calandragem, etc. O poli(cloreto de vinila) é um material rígido e instável termicamente e requer a adição de plastificantes, estabilizantes térmicos e outros aditivos para fabricação de materiais flexíveis e resistentes. Neste trabalho, foram caracterizadas mangueiras de PVC utilizadas como componentes em produtos para saúde de cinco fabricantes diferentes, denominadas A, B, C, D e E, com o intuito de avaliar suas características físico-químicas, morfológicas e biológicas. As amostras foram caracterizadas por Difração de raios-X (DRX), Espectroscopia na Região do Infravermelho com Transformada de Fourier (FTIR), Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV) com mapeamento por Espectroscopia por Energia Dispersiva de Raios X (EDS), Análise Termogravimétrica (TGA), ensaios mecânicos e de citotoxicidade. As análises foram realizadas no Laboratório de Desenvolvimento e Avaliação de Biomateriais (Certbio). De acordo com os resultados obtidos neste trabalho, pode-se concluir que todos os ensaios realizados foram relevantes na caracterização das mangueiras, sendo que os resultados de Espectroscopia na Região do Infravermelho com Transformada de Fourier mostraram que todas as mangueiras são compostas por poli(cloreto de vinila) e por plastificantes que possuem em sua estrutura anel aromático e grupamento éster. As amostras A e B possuem características semelhantes entre si, entretanto, mostraram-se bastante diferentes das amostras C, D e E. As amostras A e B, apesar de serem mais espessas, apresentaram-se menos resistentes, mais viscoelásticas, com menor cristalinidade e com maior estabilidade térmica, quando comparadas com as amostras C, D e E. Contudo, não foi observada citotoxicidade nas mangueiras, o que sugere que, dependendo da aplicação, todas as mangueiras estudadas poderiam ser utilizadas em produtos para saúde.
Abstract: Polyvinyl chloride is widely used in medical devices for the manufacture of blood bags, tubes, and catheters, among others. It is obtained from the polymerization of vinyl chloride and can be processed by various techniques such as extrusion, injection molding, blow molding, calendering, etc. Polyvinyl chloride is a rigid and thermally instable material that requires the addition of plasticizers, heat stabilizers and other additives for making it a flexible and resistant material. In this work, flexible PVC hoses used as components in medical devices from five different manufacturers, named A, B, C, D and E, were characterized in order to evaluate their physicochemical, morphological and biological characteristics. The samples were characterized by X-Ray Diffraction (XRD), Fourier Transform Infrared Spectroscopy (FTIR), Scanning Electron Microscopy (SEM) with mapping by Energy-Dispersive XRay Spectroscopy (EDS), Thermogravimetric Analysis (TGA), mechanical and cytotoxicity assays. The tests were performed at the Laboratory for Development and Evaluation of Biomaterials (CERTBIO). According to the present results, it can be concluded that all tests were relevant to the characterization of the flexible polyvinyl chloride hoses, also the Fourier Transform Infrared Spectroscopy results showed that all hoses are made of PVC and a plasticizer having aromatic ring and ester groups in its structure. Samples A and B have similar characteristics however, they were quite different from samples C, D and E. Samples A and B, although thicker, were less resistant, more viscoelastic, have lower crystallinity and greater thermal stability when compared with samples C, D and E. However, no cytotoxicity was observed in the hoses tested, suggesting that depending on the application, all hoses studied could be used in medical devices.
Keywords: Mangueiras - engenharia de materiais
Poli (cloreto de vinila)
Mangueiras uso em saúde
Polimerização do cloreto de vinila
???metadata.dc.subject.cnpq???: Ciência e Engenharia de Materiais.
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/358
Appears in Collections:Mestrado em Ciência e Engenharia de Materiais.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PATRÍCIA SERPA - DISSERTAÇÃO PPG-CEMat 2014..pdfPatrícia Serpa - Dissertação PPG-CEMat 2014.2.28 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.