Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/3623
Title: Uso de esgoto doméstico na irrigação do milheto cultivado com feijão lablab no semiárido brasileiro.
Other Titles: Use of domestic sewage in irrigation of milleto cultivated with lablab beans in the Brazilian semi-arid region.
???metadata.dc.creator???: NASCIMENTO, Joab Josemar Vitor Ribeiro do.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: LIMA, Vera Lúcia Antunes de.
???metadata.dc.contributor.referee1???: FARIAS, Maria Sallydelândia Sobral de.
???metadata.dc.contributor.referee2???: DANTAS NETO, José.
???metadata.dc.contributor.referee3???: MELO, Djair Alves de.
???metadata.dc.contributor.referee4???: NÓBREGA, Jerônimo Andrade da.
Keywords: Milheto - Cultura;Feijão Lablab;Esgoto Doméstico;Água Residuária;Dolichos lablab L.;Pennisetum glaucum L.;Available Water
Issue Date: 27-Feb-2019
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: NASCIMENTO, J. J. V. R. do. Uso de esgoto doméstico na irrigação do milheto cultivado com feijão lablab no semiárido brasileiro. 2019. 66 f. Tese (Doutorado em Engenharia Agrícola) – Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola, Centro de Tecnologia e Recursos Naturais, Universidade Federal de Campina Grande, Paraíba, Brasil, 2019.
???metadata.dc.description.resumo???: No Brasil, estima-se que a área plantada com milheto (Pennisetum glaucum) seja superior a dois milhões de hectares. Trata-se de uma cultura resistente à seca, mas que também responde bem às práticas de irrigação. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de diferentes lâminas de irrigação com água residuária na cultura do milheto em consórcio com feijão lablab (Dolichos lablab) em condições de campo, no semiárido brasileiro. O experimento foi conduzido no município de Frei Martinho-PB, em condições de campo. Foram adotados dois delineamentos experimentais: i) para as variáveis relacionadas às plantas, adotou-se o delineamento em blocos ao acaso, com parcelas subsubdivididas no espaço no esquema 5x2x2, sendo cinco lâminas (40, 60, 80, 100 e 120% da água disponível do solo) na parcela, o consórcio do milheto com o feijão lablab (com e sem) na subparcela e duas colheitas (1º e 2º cortes) na subsubparcela, com 4 repetições; ii) para as variáveis relacionadas ao solo, semelhante ao primeiro, com acréscimo de uma época de amostragem na subparcela (3 coletas). A irrigação com água residuária influenciou a produção de biomassa do milheto. O maior crescimento, produtividade e atividade fotossintética do milheto foram observados no primeiro corte. O consórcio com feijão lablab não afetou o crescimento e a produção do milheto. As produtividades máximas de biomassa do milheto (55.087 kg MV/ha e 11.117 kg MS/ha) foram obtidas na lâmina correspondente a 120% da água disponível. A maior eficiência do uso da água ocorreu na menor lâmina de água aplicada. No solo, os teores de potássio e de fósforo diminuíram. Já o sódio e o pH aumentaram. Não houve alteração no teor de carbono orgânico.
Abstract: In Brazil, planted area with millet (Pennisetum glaucum) is estimated to be over two million hectares. It is a drought resistant crop, but it also responds well to irrigation and consortium practices with Fabaceae species. Thus, the objective of this work was to evaluate the effect of different irrigation slides with the residual water in millet culture in a consortium with lablab bean (Dolichos lablab), under field conditions, on brazilian semiarid. The experiment was conducted in the municipality of Frei Martinho-PB. Two experimental designs were adopted: i) for the plant, the randomized block design was used, with plots sub-divided into space (5x2x2 scheme), with five slides (40, 60, 80, 100 and 120% of available water), In the millet consortium with the lablab bean (with and without) and with two cultivation cycles (1st and 2nd cycles) in the sub-plot, with 4 replicates; ii) for the soil related characteristics, similar to the first one, with an increase of sampling time in the subplot (3 field collections). Irrigation with residual water influenced the production of millet biomass. The highest growth, productivity and photosynthetic activity of millet were observed in the first crop cycle. The consortium with lablab did not affect the growth and production of millet. The maximum yields of millet biomass (55,087 kg GM / ha and 11,117 kg DM / ha) were corrected in 120% of the available water. The greater efficiency of the use of water in the smallest blade of applied water. In the soil, phosphorus and potassium content decreased. However the sodium and the pH increased. There was no change in the soil organic carbon content.
Keywords: Milheto - Cultura
Feijão Lablab
Esgoto Doméstico
Água Residuária
Dolichos lablab L.
Pennisetum glaucum L.
Available Water
???metadata.dc.subject.cnpq???: Engenharia Agrícola
Irrigação e Drenagem
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/3623
Appears in Collections:Doutorado em Engenharia Agrícola.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JOAB JOSEMAR VITOR RIBEIRO DO NASCIMENTO – TESE (PPGEA) 2019.pdf3.83 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.