Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/3666
Title: Análise de aspectos climatológicos, agroeconômicos, ambientais e de seus efeitos sobre a bacia hidrográfica do rio Mundaú (AL e PE).
Other Titles: Analysis of climatological, agroeconomic and environmental aspects and their effects on the Mundaú River Basin (AL and PE).
???metadata.dc.creator???: SILVA, Djane Fonseca da.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: SOUSA, Francisco de Assis Salviano de.
???metadata.dc.contributor.advisor2???: KAYANO, Mary Toshie.
???metadata.dc.contributor.referee1???: ARAGÃO, José Oribe Rocha de.
???metadata.dc.contributor.referee2???: AMORIM, Ricardo Ferreira Carlos de.
???metadata.dc.contributor.referee3???: AZEVEDO, Pedro Vieira de.
???metadata.dc.contributor.referee4???: SILVA, Vicente de Paulo Rodrigues da.
Keywords: Ondeletas;Previsão de Anomalias;Poluição Hídrica;Degradação Ambiental;Wavelet;Forecast of Anomalies;Water Pollution;Environmental Degradation
Issue Date: 2-Mar-2009
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: SILVA, D. F. da. Análise de aspectos climatológicos, agroeconômicos, ambientais e de seus efeitos sobre a bacia hidrográfica do rio Mundaú (AL e PE). 2009. 216 f. Tese (Doutorado em Recursos Naturais) – Programa de Pós-Graduação em Recursos Naturais, Centro de Tecnologia e Recursos Naturais, Universidade Federal de Campina Grande, Paraíba, Brasil, 2009.
???metadata.dc.description.resumo???: A bacia hidrográfica do rio Mundaú encontra-se em acelerado processo de degradação ambiental devido a práticas antrópicas degradantes. Medidas para atenuação dos efeitos da degradação exigem a identificação e informações de suas causas, o que potencializa a importância dessa pesquisa. Desejou-se analisar a climatologia da bacia hidrográfica, mostrando sua variabilidade espaço-temporal, os principais eventos que proporcionam chuvas na região e como tais afetam aspectos sócio-econômicos, agrícolas e ambientais. Também foram objetivos deste trabalho gerar diagnóstico e prognóstico úteis aos setores ligados aos recursos hídricos (planejamentos do uso da água, agrícola, energético, pesqueiro, sucroalcooleiro e industrial); propor equações previsoras de anomalias de chuva, utilizando os índices climáticos IME, IOS e ODP e anomalias de TSM do Oceano Atlântico; quantificar, através dos quatro índices, a influência do clima global sobre a bacia hidrográfica; gerar informações sobre a produção agrícola e aspectos sócio-ambientais e propor ações de manejo local, as quais auxiliarão na tomada de decisões do gerenciamento da bacia hidrográfica. Foi detectado um “ponto de inversão” na série de precipitação. No Baixo Mundaú, o período antes de 1974 foi mais úmido que o posterior a este ano. Nas regiões do Médio Mundaú e Alto Mundaú, o período depois de 1974 foi mais úmido que o anterior, o contrário da região litorânea. Foi sugerido, para o Baixo Mundaú, que as anomalias de TSM do Oceano Atlântico sejam usadas como previsoras das anomalias de precipitação da quadra chuvosa. Para o Médio Mundaú foi usado como previsor o IME, e para o Alto Mundaú, o IME e as anomalias de TSM do Oceano Atlântico. De acordo com os dados de produção agrícola, o Alto Mundaú destacou-se como produtor de carvão vegetal, feijão e milho, o Médio Mundaú, de laranja, leite e arroz; e o Baixo Mundaú, de cana-de-açúcar, mel, leite e arroz. Verificou-se ainda que as carvoarias no Alto Mundaú e o cultivo da cana-de-açúcar no Baixo Mundaú agridem ecologicamente a bacia hidrográfica. Ambientalmente, verificou-se que a poluição hídrica, a distribuição pluviométrica, o uso e manejo do solo, principalmente no que se refere à agricultura, interferem na distribuição dos macrocrustáceos decápodas do CELMM, uma das principais fontes de renda local. Diante do quadro encontrado no CELMM, citando deposição de sedimentos e assoreamento, desmatamento, antropização da paisagem, alteração do microclima, impermeabilização do solo, erosão, poluição hídrica e diminuição da biodiversidade, foram propostas ações (macrodrenagem, monitoramento da qualidade hídrica, plantio de espécies arbóreas nativas, reintrodução de espécies nativas da fauna, planejamento urbano e turístico, controle de especulação imobiliária, deslocamento de indústrias, plantios e construções e projetos de educação ambiental) para amenizar e impedir o agravamento dos impactos ambientais. Este trabalho mostrou que as informações climatológicas e meteorológicas geradas para a bacia hidrográfica do rio Mundaú são úteis em vários aspectos do setor agrícola, ambiental e sócio-econômico. Ao mesmo tempo, verificou-se que a variabilidade pluviométrica interfere na produção de vários cultivos e na biodiversidade local. Os aspectos ambientais também se mostraram dependentes das ações humanas como uso, ocupação do solo e agricultura, as quais comprovadamente poluem os recursos hídricos locais.
Abstract: The hydrographic basin of the Mundaú River is in a fast process of environmental degradation due to the degrading anthropogenic actions. Actions to attenuate the degradation effects demand their identification and information, what makes this research very important. The climatology of the hydrographic basin was analyzed in order to show its space-time variability and the main events rainfall in the region. This study also proposes to investigate the impacts and influences of the climate in an area of social-economic and environmental importance and the causes (phenomenon), the temporal scales of the local climatic variability, its effects in the region of the hydrographic basin and as such affect aspects economic, social, agriculturist and environmental. Also, other objectives of this work was: to generate useful diagnosis and prognostic to sectors related to the water resources (water use planning, agriculturist, energy, fishery, and industrial); to propose forecast equations of rainfall anomalies using the climatic indices MEI, SOI and PDO and Atlantic SST anomalies; to quantify, with four indices, the influence of the global climate on the hydrographic basin; to generate information about the agricultural production and social-environmental aspects and to propose local handling actions, which will assist in the taking of decisions of the hydrographic basin management agencies. A “point of inversion” in the precipitation series was detected. In the Low Mundaú, the period before 1974 was more humid than after that year. In the regions of the Medium Mundaú and High Mundaú, the period after 1974 was more humid than the previous one, the opposite was noted in the coastal region. For the Low Mundaú, the index based on the Atlantic SST anomalies was used as the predictor of the precipitation anomalies of the rainy season. For the Medium Mundaú, the MEI was used as the predictor and for the High Mundaú, the MEI and the Atlantic index were the predictors. Accordingly with the agricultural production, the High Mundaú distinguished as producing of vegetal coal, beans and maize, the Medium Mundaú, of orange, milk and rice, and the Low Mundaú, of sugar cane, honey, milk and rice. It was noted that the coal-bunkers in the High Mundaú and the culture of the sugar cane in the Low Mundaú cause ecological prejudices to the hydrographic basin. It was noted that the water pollution, the rainfall distribution, and the land use, mainly for agriculture, intervene in the distribution of the decapodous macrocrustaceans of the MMELC, one of the main sources of local income. Due to the observed situation in the MMELC, as the sediment deposition which block of the lagoon, deforestation, landscape anthropogenic changes, microclimate alteration, ground waterproofing, erosion, water pollution and reduction of biodiversity, actions have been proposed to reduce and to avoid the aggravation the environmental impacts (macro-drainage, water quality monitoring, plantation of native trees, reintroduction of native fauna species, urban and tourist planning, control of real-state speculation, displacement of industries, and projects of environmental education). This work showed that generated the climatologic and meteorological information for the hydrographic basin of the river Mundaú are useful in some aspects of the agricultural sector, ambient and social-economic. At the same time, it was verified that the rainfall variability intervenes with the production of some plantations and local biodiversity. The ambient aspects had also revealed to dependents of the actions human as use, occupation of the ground and agriculture, which was proved as pollutants the local hidryc resources.
Keywords: Ondeletas
Previsão de Anomalias
Poluição Hídrica
Degradação Ambiental
Wavelet
Forecast of Anomalies
Water Pollution
Environmental Degradation
???metadata.dc.subject.cnpq???: Meteorologia
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/3666
Appears in Collections:Doutorado em Engenharia e Gestão de Recursos Naturais.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DJANE FONSECA DA SILVA – TESE (PPGRN) 2009.pdf5.04 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.