Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/3667
Title: Perfil e percepção socioambiental do setor madeireiro no Município de Cajazeiras, Estado da Paraíba.
Other Titles: Profile and socioenvironmental perception of the timber sector in the Municipality of Cajazeiras, State of Paraíba.
???metadata.dc.creator???: SÁ, Gabriela Braga de.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: OLIVEIRA, Elizabeth de.
???metadata.dc.contributor.advisor2???: LIMA, Ednaldo Queiroga de.
???metadata.dc.contributor.referee1???: MELO, Rafael Rodolfo de.
???metadata.dc.contributor.referee2???: BAKKE, Ivonete Alves.
???metadata.dc.contributor.referee3???: MEDEIROS NETO, Pedro Nicó de.
Keywords: Setor madeireiro;Cajazeiras - PB - setor madeireiro;Madeireiras;Marcenarias;Resíduo de madeira;Percepção ambiental;Estudo de eprcepção;Comércio de madeiras;Resíduos sólidos - setor madeireiro;Carpenters;Timber;Wood trading;Solid waste - timber sector
Issue Date: 2018
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: SÁ, Gabriela Braga de. Perfil e percepção socioambiental do setor madeireiro no Município de Cajazeiras, Estado da Paraíba. 2018. 71f. (Dissertação de Mestrado em Ciências Florestais), Programa de Pós-graduação em Ciências Florestais, Centro de Saúde e Tecnologia Rural, Universidade Federal de Campina Grande – Patos – Paraíba Brasil, 2018.
???metadata.dc.description.resumo???: O homem tem utilizado a madeira para suas necessidades diárias, demonstrando sua potencialidade nas diversas áreas, seja para uso nas indústrias, nas moveleiras ou na construção civil. Diante disso, o objetivo deste trabalho foi caracterizar a situação socioambiental do setor madeireiro da cidade de Cajazeiras - PB sob o ponto de vista de seus produtos, dos resíduos gerados e quanto à percepção ambiental dos envolvidos no setor. Para tanto, realizou-se um levantamento dos estabelecimentos do setor madeireiro, onde 25 se dispuseram a contribuir com a pesquisa respondendo a um questionário semiestruturado, que abordou aspectos gerais sobre o estabelecimento, sobre a logística do estabelecimento, a geração e a destinação dos resíduos sólidos e a percepção ambiental dos entrevistados. Os dados obtidos foram organizados e sistematizados por meio de tabulação e para a percepção ambiental adotou-se a escala de Likert. Apesar de a maioria dos estabelecimentos existirem há muito tempo no mercado madeireiro, ainda apresentam uma estrutura precária em termos de desenvolvimento e inovação. Essas diferenças estão atreladas às dificuldades financeiras, que levam muitas empresas a manter o padrão de trabalho e sua estrutura. A matéria-prima utilizada se resume à madeira maciça e MDF, oriundas da região Norte e Nordeste, respectivamente. Quanto ao uso da madeira maciça, foram citadas 15 espécies, com destaque para o Freijó (Cordia sp. Boraginaceae) e o Cedro (Cedrela sp. Meliaceae), que, para chegar ao produto final, passam por uma sequência de produção dentro dos estabelecimentos, gerando resíduos variados como pó, serragem, maravalhas, cavacos e destopos, os quais têm como principal destino a doação, a disposição no lixo comum e a queima. Diante disso, observou-se que falta de informação acerca das formas de reutilização e dos benefícios trazidos por esta é, sem dúvida, um fator que interfere no desenvolvimento dos estabelecimentos. Isso foi confirmado ao analisar a percepção ambiental, em que 12% dos estabelecimentos obtiveram nível crítico de percepção, 84% nível conflitante e apenas 4% atingiram um nível considerado bom ou ótimo. Embora a maioria demonstre preocupação frente às questões ambientais, as suas práticas não refletem isso, sendo necessárias as medidas de adequação ambiental de todo setor produtivo. Assim, frente às mudanças que vêm comprometendo a qualidade do meio ambiente, a temática ambiental deve ser motivo de discussão dentro do ambiente de trabalho. Um dos temas mais relevantes é a intensa geração de resíduos sólidos dentro do processo produtivo madeireiro, visto que a destinação inadequada além de não trazer retorno financeiro, prejudica o meio ambiente e a saúde da população.
Abstract: Man has used wood for his daily needs, demonstrating its potentiality in the several areas, be it for use in industries, furniture or civil construction. Therefore, the objective of this work was to characterize the socio-environmental situation of the wood sector of the city of Cajazeiras - PB from the point of view of its products, the generated residues and the environmental perception of those involved in the sector. To do so, a survey was made of the establishments of the timber sector, where 25 people were willing to contribute to the research, responding to a semi-structured questionnaire, which addressed general aspects about the establishment, logistics of the establishment, generation and destination of solid and the environmental perception of the interviewees. The data obtained were organized and systematized through tabulation and the Likert scale was adopted for the environmental perception. Although most establishments have existed for a long time in the timber market, they still have a precarious structure in terms of development and innovation. These differences are tied to the financial difficulties, which lead many companies to maintain the standard of work and its structure. The raw material used is summarized in solid wood and MDF, coming from the North and Northeast region, respectively. Regarding the use of solid wood, 15 species were mentioned, with emphasis on Freijó (Cordia sp. Boraginaceae) and Cedro (Cedrela sp. Meliaceae), which, in order to reach the final product, undergo a sequence of production within the establishments, generating miscellaneous residues such as dust, sawdust, etchings, chips and debris, which have as their main destination the donation, disposal in the common trash and burning. In view of this, it was observed that lack of information about the ways of re-using and the benefits brought by this is undoubtedly a factor that interferes in the development of establishments. This was confirmed by analyzing the environmental perception, in which 12% of establishments obtained a critical level of perception, 84% conflicting level and only 4% reached a level considered good or great. Although most of them are concerned about environmental issues, their practices do not reflect this, and measures of environmental adequacy are needed in every productive sector. Thus, in the face of the changes that have been compromising the quality of the environment, the environmental theme should be the subject of discussion within the work environment. One of the most relevant themes is the intense generation of solid waste within the timber production process, since inadequate disposal, besides not bringing financial returns, damages the environment and the health of the population.
Keywords: Setor madeireiro
Cajazeiras - PB - setor madeireiro
Madeireiras
Marcenarias
Resíduo de madeira
Percepção ambiental
Estudo de eprcepção
Comércio de madeiras
Resíduos sólidos - setor madeireiro
Carpenters
Timber
Wood trading
Solid waste - timber sector
???metadata.dc.subject.cnpq???: Ciências Florestais.
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/3667
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Florestais.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GABRIELA BRAGA DE SÁ - DISSERTAÇÃO PPGCF 2018..pdfGabriela Braga de Sá - Dissertação PPGCF 2018.5.39 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.