Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/3880
Title: O novo cooperativismo: alternativa de trabalho e renda ou mais um caminho para a precariedade das relações de trabalho?
Other Titles: The New cooperativism: alternative of work and income or another way to the precariousness of labor relations?
???metadata.dc.creator???: CARVALHO, Alberto Jorge Santos Lima.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: OLIVEIRA, Roberto Véras de.
???metadata.dc.contributor.referee1???: DANTAS , Leiliam Cruz.
???metadata.dc.contributor.referee2???: NASCIMENTO, Rogério Humberto Zeferino.
Keywords: Cooperativismo;Economia Solidária;Desemprego;Inclusão Social;Precarização;Cooperativism;Solidarity Economy;Unemployment;Social Inclusion;Precariousness
Issue Date: 25-Mar-2010
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: CARVALHO, A. J. S. L. O Novo Cooperativismo: alternativa de trabalho e renda ou mais um caminho para a precariedade das relações de trabalho? 2010. 101 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) – Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais, Centro de Humanidades, Universidade Federal de Campina Grande, Paraíba, Brasil, 2010.
???metadata.dc.description.resumo???: No Brasil, destacadamente na década de 90, o processo de liberalização econômica do país, que foi visto como solução possível de desenvolvimento e redução do chamado risco Brasil, fortaleceu o setor informal que passou a ser visto sob bons olhos, e assim encarado como oportunidade de ocupação em época de desemprego estrutural. A Economia Solidária surge na tentativa de, além de lutar contra o desemprego que se apresenta de forma estrutural, tentar inserir práticas fundadas na solidariedade e igualdade entre os homens, visando superar a divisão entre capital e trabalho, implantando por meios de práticas autogestionárias a consolidação de tais preceitos. O Cooperativismo existente no mundo desde a revolução industrial e que no Brasil enfrentou fases de intensa intervenção do Estado ressurge como principal pilar da Economia Solidária, sendo modelo de oferta de trabalho e renda, bem como instrumento de inclusão social. Com isso, objetivamos estudar de forma prefacial o Cooperativismo, como fenômeno fundamental da economia social. E finalmente, tendo como uma perspectiva teórica a sociologia do trabalho e o direito do trabalho, buscar analisar as condições enfrentadas por este setor na nova ordem do mundo do trabalho, assim como as implicações jurídicas do associado cooperado em relação aos seus direitos trabalhistas, os encarando como conquista do cidadão. O Cooperativismo seria uma arma eficaz a ajudar solucionar o desemprego ou diante das várias problemáticas existentes se constitui em mais um meio de precarização das relações de trabalho?
Abstract: In Brazil, mainly in 90’s, the economic liberalization process of the country, which was considered a possible solution for development and decrease of the so called Brazil’s risk, strengthened the informal sector which began to be well-seen and faced as a opportunity of occupation in times of structural unemployment. The solidarity economy emerges for trying to fight back against unemployment in its structural shapes, trying to insert reasoned practices in solidarity and equality among men, aiming to overcome the division between capital and work, implanting through self-maneged practices the setting of these precepts. Cooperatives existent in the world since industrial revolution which faced phases of intense intervention by the government rise again as the main column of Solidarity Economy and as a model of job offer, finance and instrument for social inclusion. Therewith, our objective is to study preferentially Cooperatives as a fundamental phenomenon of social economy. Finally, holding as a theoretical perspective the sociology of work and the labor law, we intend to analyze the legal implications of the associated cooperated, focusing in their rights as employees, considering it a citizen’s conquest. Would cooperatives be a effective weapon to solve the unemployment or with to many problems existent nowadays it is only another way of precarious labor relations?
Keywords: Cooperativismo
Economia Solidária
Desemprego
Inclusão Social
Precarização
Cooperativism
Solidarity Economy
Unemployment
Social Inclusion
Precariousness
???metadata.dc.subject.cnpq???: Ciências Sociais
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/3880
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Sociais.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ALBERTO JORGE SANTOS LIMA CARVALHO - DISSERTAÇÃO (PPGCS) 2010.pdf11.11 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.