Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/3982
Title: Secagem da polpa de pitanga e armazenamento do pó.
Other Titles: Drying of the pulp of red brazilian cherry and storage of the powder.
???metadata.dc.creator???: ALEXANDRE, Hofsky Vieira.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: FIGUEIRÊDO, Rossana Maria Feitosa de.
???metadata.dc.contributor.advisor2???: QUEIROZ, Alexandre José de Melo.
???metadata.dc.contributor.referee1???: OLIVEIRA, Líbia de Sousa Conrado.
???metadata.dc.contributor.referee2???: DUARTE, Maria Elita Martins.
Keywords: Pitanga - Cultura;Pitanga - Polpa em Pó;Processamento de Produtos Agrícolas;Pitanga - Secagem da Polpa;Armazenamento de Produtos Agrícolas;Pitanga - Armazenamento em Pó;Pitanga - Culture;Pitanga - Powdered Pulp;Processing of Agricultural Products;Pitanga - Drying the Pulp;Agricultural Storage;Pitanga - Powder Storage
Issue Date: Sep-2005
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: ALEXANDRE, Hofsky Vieira. Secagem da polpa de pitanga e armazenamento do pó. 2005. 123 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Agrícola) Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola, Centro de Tecnologia e Recursos Naturais, Universidade Federal de Campina Grande, Campina Grande, Paraíba, Brasil, 2005.
???metadata.dc.description.resumo???: Este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de se produzir polpa de pitanga (Eugenia flora Surinam cherry) em pó a partir da polpa integral, caracterizá-la e estudar sua estabilidade mediante o acompanhamento da evolução de suas propriedades durante o armazenamento por um período de 60 dias, em dois tipos de embalagem, laminada e polietileno, expostas a temperatura ambiente. As polpas emulsificadas foram secas utilizando estufa com circulação de ar nas temperaturas de 50, 60 e 70oC e os dados ajustados pelas equações de Page, Henderson & Pabis e Lewis. A pitanga em pó utilizada nos ensaios de armazenamento foi apenas seca à temperatura de 70oC. A caracterização da polpa integral consistiu na determinação de umidade, sólidos totais, ácido ascórbico, sólidos solúveis totais (°Brix), pH, acidez total titulável, açúcares totais, açúcares redutores, açúcares não redutores, densidade, cinzas e cor. A polpa em pó armazenada foi caracterizada a cada 10 dias quanto a umidade, massa, ácido ascórbico, pH, acidez total titulável, açúcares redutores, açúcares não redutores, açúcares totais e cor. Amostras de pó foram utilizadas para a determinação das isotermas de adsorção de umidade e os dados ajustados usando as equações de Peleg, GAB e Oswin. Durante o armazenamento o ácido ascórbico e a acidez total titulável sofreram reduções nas amostras armazenadas nas duas embalagens, enquanto o teor de umidade se manteve constante na embalagem laminada. Nos parâmetros de cor, a luminosidade, intensidade de vermelho e amarelo sofreram reduções, resultando no escurecimento dos materiais. Verifica-se que durante o armazenamento as embalagens laminadas protegeram melhor as amostras, indicando uma melhor conservação das amostras nesse tipo de acondicionamento. Das equações utilizadas para o ajuste da cinética de secagem a de Page apresentou os maiores valores de R2 ajustando-se melhor aos dados observados. Os melhores ajustes aos dados das isotermas de adsorção de umidade foram obtidos utilizando-se o modelo de Peleg.
Abstract: This work was developed with the objective of producing powdered pulp of red Brazilian cherry (Eugenia flora Surinam cherry) from the whole pulp, characterizing and studying its stability through the evolution accompaniment of its properties during 60 days of storage, in two types of packing — plated and polyethylene —at room temperature. The emulsified pulp was dried using stove with air circulation at 50, 60 and 70ºC and the data was fitted by the equations of Page, Henderson & Pabis and Lewis. The powdered red Brazilian cherry used in the storage tests was dried at 70ºC. The characterization of the whole pulp consisted of determining moisture, total solids, ascorbic acid, soluble solids (ºBrix), pH, titratable acidity, total sugars, reducing sugars, non-reducing sugars, density, leached ashes and color. The powdered pulp stored was observed every 10 days as to determine the moisture, mass, ascorbic acid, pH, titratable acidity, reducing sugars, nonreducing sugars, total sugars and color. Powder samples were used for determining the moisture adsorption’s isotherms, and the data was fitted using the equations of Peleg, GAB and Oswin. During the storage period, the ascorbic acid and the titratable acidity were reduced in the samples in the two packages while the moisture content was kept constant in the plated packing. In the color parameters, the brightness and the redness and yellowness suffered reductions, resulting in darkening of the materials. Plated packages were found to protect the samples better within the storage period. Thus, a better conservation was achieved in this type of packing. Of the equations used for the fittement of the drying kinetic, the Page equation presented the highest values of R2, indicating a better adjustment to the observed data. The data of the moisture adsorption’s isotherm had the best adjustments using the Peleg model.
Keywords: Pitanga - Cultura
Pitanga - Polpa em Pó
Processamento de Produtos Agrícolas
Pitanga - Secagem da Polpa
Armazenamento de Produtos Agrícolas
Pitanga - Armazenamento em Pó
Pitanga - Culture
Pitanga - Powdered Pulp
Processing of Agricultural Products
Pitanga - Drying the Pulp
Agricultural Storage
Pitanga - Powder Storage
???metadata.dc.subject.cnpq???: Engenharia Agrícola
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/3982
Appears in Collections:Mestrado em Engenharia Agrícola.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
HOFSKY VIEIRA ALEXANDRE-DISSERTAÇÃO (PPGEA) 2005.pdf1 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.