Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/400
Title: Avaliação das propriedades físico-químicas das luvas de policloreto de vinila (PVC) sob regime de vigilância sanitária.
Other Titles: Evaluation of the physico-chemical properties of polyvinyl chloride gloves (PVC) under health surveillance.
???metadata.dc.creator???: MARTINS, Priscilla Consigliero de Rezende.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: LIRA, Hélio de Lucena
???metadata.dc.contributor.advisor2???: FOOK, Marcus Vinícius Lia.
???metadata.dc.contributor.referee1???: PINTO, Maria Roberta de Oliveira.
???metadata.dc.contributor.referee2???: BARBOSA, Rossemberg Cardoso.
Keywords: Luvas de Policloreto de Vinila;Biomateriais;Luvas para Procedimento Cirúrgico - Qualidade;Luvas Cirúrgicas - Qualidade;Vigilância Sanitária
Issue Date: 28-Oct-2014
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: MARTINS, Priscilla Consigliero de Rezende. Avaliação das propriedades físico-químicas das luvas de policloreto de vinila (PVC) sob regime de vigilância sanitária. 2014. 68 f. (Dissertação de Mestrado), Programa de Pós-graduação em Ciência e Engenharia de Materiais, Centro de Ciências e Tecnologia, Universidade Federal de Campina Grande - Paraíba - Brasil, 2014.
???metadata.dc.description.resumo???: A partir de 1980, em virtude do surgimento da AIDS/HIV, o Centers for Disease Control and Prevention (CDC) preconizou as “Precauções Universais”, e então as luvas passaram a ser utilizadas amplamente nos serviços de saúde. Popularizado o uso das luvas, começaram a surgir os primeiros relatos de reações alérgicas induzidas pelo látex. A partir de então, as empresas desenvolveram substitutos sintéticos para o látex, tais como PVC. Em 2011, foi publicada a Resolução RDC nº 55 que estabeleceu os requisitos mínimos de identidade e qualidade para as luvas cirúrgicas e luvas para procedimentos não cirúrgicos de borracha natural, de borracha sintética, de mistura de borrachas natural e sintética e de policloreto de vinila. Desta forma, este trabalho propôs a caracterização e a avaliação das luvas para procedimentos não cirúrgicos produzidas de policloreto de vinila, no intuito de verificar se as luvas estão em conformidade em relação à Norma - ABNT NBR ISO 11193-2. Para isso foram avaliadas 3 diferentes marcas comerciais de luvas para procedimentos não cirúrgicos de PVC cadastradas na ANVISA, sendo caracterizadas por DRX, FTIR, MEV, EDS, molhabilidade, e avaliadas quanto às dimensões, à impermeabilidade, e à força de ruptura e alongamento na ruptura conforme metodologia da norma. No FTIR observaram-se quantidades de grupamentos químicos semelhantes em todas as amostras analisadas. O MEV demonstrou a morfologia da superfície lisa e plana das Luvas D e E, enquanto a Luva S apresentou superfície texturizada e uniforme. Evidenciouse que as amostras das luvas de policloreto de vinila ensaiadas não atenderam aos requisitos mecânicos estabelecidos na norma vigente, principalmente no que diz respeito ao alongamento mínimo da ruptura de 350%. Diante do resultado, sugere-se o programa de monitoramento e avaliação da conformidade com um maior número de amostras de luvas de policloreto de vinila, assim como a posterior avaliação da Resolução RDC 55, de 4 de novembro de 2011, para avaliar a necessidade da inclusão das luvas de policloreto de vinila no escopo de certificação compulsória.
Abstract: During the mid-1980´s, due to the emergence of AIDS, the Centers for Disease Control and Prevention (CDC) introduction the "Universal Precautions" and gloves began to be widely used in health services. The use of gloves was popularize in medical and surgical procedures, and reports of allergic reactions induced by latex began to emerge. Since then, companies have developed synthetic substitutes for latex, such as PVC. In 2011, was published the Resolution RDC nº 55 which established the minimum requirements of identity and quality for surgical and exam gloves made of natural rubber, synthetic rubber, a mixture of natural and synthetic rubbers and polyvinyl chloride. Thus, this study proposes the characterization and evaluation of exam vinvyl gloves, in order to check if the gloves meet the requirements of the standard ABNT NBR ISO 11193-2. Three different brands of regularized exam gloves at ANVISA were evaluated, being characterized by XRD, FTIR, SEM, EDS, Wetting Test, as well as evaluated the size, impermeability, and tensile properties according to the standard methodology. It was observed similar quantities of chemical groups in all samples analyzed by FTIR. The SEM morphology showed a smooth flat surface of the gloves D and E, while the S glove presented textured and uniform surface. It was shown that samples of vinyl gloves tested did not meet the standard´s mechanical requirements, especially the breaking elongation´s requirement of 350%. A conformity assessment with a larger sample of vinyl gloves it is suggested, as well as a further review of the Resolution RDC 55/2011 to assess the need for inclusion of vinyl gloves in the scope of mandatory certification.
Keywords: Luvas de Policloreto de Vinila
Biomateriais
Luvas para Procedimento Cirúrgico - Qualidade
Luvas Cirúrgicas - Qualidade
Vigilância Sanitária
???metadata.dc.subject.cnpq???: Ciência e Engenharia de Materiais
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/400
Appears in Collections:Mestrado em Ciência e Engenharia de Materiais.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PRISCILLA CONSIGLIERO DE REZENDE MARTINS - DISSERTAÇÃO PPG-CEMat 2014.pdfPriscilla Consigliero de Rezende Martins - Dissertação PPG-CEMat 20141.49 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.