Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/4015
Title: Estudo de argilas organofílicas destinadas à separação óleo/água.
Other Titles: Study of organophilic clays for oil / water separation.
???metadata.dc.creator???: SILVA, Adriana Almeida.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: RODRIGUES, Meiry Gláucia Freire.
???metadata.dc.contributor.advisor2???: VALENZUELA DIAZ, Francisco Rolando.
???metadata.dc.contributor.referee1???: MONTOYA, Maritza.
???metadata.dc.contributor.referee2???: CARVALHO, Laura Hecker de.
Keywords: Óleo / Água;Indústria Petrolífera;Argila Organofílica;Oil / Water;Oil Industry;Organophilic Clay
Issue Date: 17-Nov-2005
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: SILVA, A. A. Estudo de argilas organofílicas destinadas à separação óleo/água. 2005. 136 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) – Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química, Centro de Ciências e Tecnologia, Universidade Federal de Campina Grande, Paraíba, Brasil, 2005.
???metadata.dc.description.resumo???: Um grande problema enfrentado pela indústria petrolífera é o descarte das águas oleosas que são provenientes da extração do petróleo, uma vez que para o descarte e/ou reuso desta água são necessários tratamentos para a melhoria de sua qualidade. As Legislações ambientais cada vez mais rigorosas obrigam as indústrias a limparem toda esta água desperdiçada. O tratamento com os processos convencionais quando não são economicamente viáveis não apresentam uma eficiência muito boa na separação. Nesse contexto, estudos vêm sendo realizados com o intuito de desenvolver processos de separação mais baratos e eficientes. Para remediar esse problema tem–se dado bastante destaque ao estudo de argilas organofílicas utilizadas como sorventes. Este trabalho faz parte de uma série que tem como objetivo a obtenção e caracterização de argilas organofílicas, visando seu uso na indústria petrolífera. Para tal finalidade foram transformadas em organofílicas argilas esmectíticas nacionais e importadas, oriundas respectivamente do município de Boa-Vista (PB) e Wyoming (EUA) e de dois sais quaternários de amônio comerciais brasileiros denominados: cloreto de hexadecil trimetil amônio (GENAMIN-CTAC50) e cloreto de alquil dimetil benzil amônio (DODIGEN-2808). Também foi realizado um estudo com uma amostra de argila organofílica comercial importada visando fazer uma análise comparativa do potencial de separação óleo/água dessas argilas organofílicas comerciais com as preparadas em laboratório. Os materiais em estudo foram caracterizados tanto físico-químicamente quanto respeito a sua capacidade de adsorção de óleo. Através dos resultados da difração de raios-X foi possível verificar que o sal quaternário de amônio foi efetivamente incorporado nas camadas das argilas. Também verificou-se que a presença do sal quaternário de amônio (cloreto de hexadecil trimetil amônio) nos espaços interlamelares foi evidenciada por analise térmica diferencial.O processo de organofilização não causou modificações significativas na morfologia das partículas da montmorilonita. Baseados nos resultados da capacidade de adsorção das argilas organofílicas em solventes orgânicos observou-se que as amostras chocolate 80G (0,8 meq/g), fluid gel 100G (1,0 meq/g) e sigma 80G (0,8 meq/g), apresentaram uma maior eficiência de adsorção em óleo lubrificante quando comparadas as demais amostras. Com relação ao potencial de separação óleo/água apresentados pelas argilas organofílicas chocolate 80G (0,8 meq/g), fluid gel 100G (1,0 meq/g) e sigma 80G (0,8 meq/g), observou-se que essas amostras apresentaram um comportamento similar ao do carvão ativado, pois as mesmas evidenciaram uma concentração de óleo no permeado inferior a 0,01 ppm. Portanto, foi possível comprovar que as argilas organofílicas tratadas com o sal quaternário de amônio GENAMIN CTAC-50 apresentam um desempenho satisfatório de adsorção de óleo e uma eficiência de separação óleo/água que garante uma concentração de óleo no permeado bem inferior ao exigido pelo CONAMA para descarte de água no meio ambiente.
Abstract: Oiled waters thrown into the environment is a huge problem faced by the petroleum industry. This kind of water turns into a problem of how to be purified, and how to improve its quality. The environmental legislations are extremely strict, and they request the industry to clean this kind of water that is wasted. The treatment with conventional processes when they are economically inaccessible, they are not efficient in the right separation. So, researches have been developed in order to find out processes that will be cheaper and more effective. One of the processes has been the use of organophilic clay utilized as a solver. This research paper is part of series of researches, which has the purpose to obtain and characterize the organophilic clay, seeking its use in the petroleum industry. To this happen, it was transformed into organophilic clay esmectite national and imported, coming from respectively the city Boa-Vista in the state of Paraíba, Brazil and from Wyoming a city in the United States. And also it was used two kinds of salts commercialized in Brazil: clorite of hexadecil trimetil ammonium (GENAMINCTAC50) e clorite de alquil dimetil benzil ammonium (DODIGEN-2808). Also, a study was done with the imported commercial organophilic clay seeking to develop a comparative analysis to show the different degrees of separation of the oil/water from these organophilic clay and those prepared at laboratory. The materials were characterized according to their physicochemical characteristics as well as their capacity to absorb oil. By using the result of X rays diffraction, it was made possible to verify that the quaternary salt it was effectively incorporated into the different levels of the clay. Also it was verified that the presence of the quaternary ammonium salt (chloride of trimetil hexadecil ammonium) in the spaces interlamelares was evidenced by analyzes thermal diferencial.O organofilização process did not cause significant modifications in the morphology of particles of the montmorilonita. Based in the results of the capacity of absorption of the organophilic clay in organic solvers, it was observed that the samples chocolate 80G (0,8 meq/g), fluid gel 100G (1,0 meq/g) e sigma 80G (0,8 meq/g), presented a greater efficiency of absorption in lubricant oil when compared to the others samples. When looked closer, the potential separation of oil/water presented by organophilic clay chocolate 80G (0,8 meq/g), fluid gel 100G (1,0 meq/g) e sigma 80G (0,8 meq/g), it could be found that those samples have a similar behavior of the active coal, because both showed a concentration of oil in the inferior permeable of 0,01 ppm. So it was possible to prove that the organophilic clay when treated with quaternary salt of ammonia GENAMIN CTAC-50 presented a satisfactory of oil/water that indicates a potential to obtain, in industrial processes of separation, of a concentration of oil in the inferior permeable requested by CONAMA to be discarded into the environment.
Keywords: Óleo / Água
Indústria Petrolífera
Argila Organofílica
Oil / Water
Oil Industry
Organophilic Clay
???metadata.dc.subject.cnpq???: Engenharia Química
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/4015
Appears in Collections:Mestrado em Engenharia Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ADRIANA ALMEIDA SILVA – DISSERTAÇÃO (PPGEQ) 2005.pdf7.76 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.