Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/4098
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creator.IDRODRIGUES, H. S. J.pt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/6024916643235964pt_BR
dc.contributor.advisor1VILLOTA, José Maria de Jesus Izquierdo.-
dc.contributor.advisor1IDVILLOTA, J. M. J. I.pt_BR
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/2127724493136540pt_BR
dc.contributor.referee1LIMA , Elizabeth Christina de Andrade.-
dc.contributor.referee2AGRA DO Ò, Alarcom.-
dc.description.resumoEsta investigação científica teve como objetivo examinar a dinâmica de mudanças no mundo das mulheres a partir da inserção das mesmas no mercado de trabalho. Focamos nossa pesquisa no relato de mulheres de baixa renda, casadas e que exercem atividades remuneradas na Cidade de Campina Grande. O corpus empírico da pesquisa foi delimitado em um grupo de mulheres que dividem o tempo entre as tarefas remuneradas e as atividades do lar e que estão inseridas em uma rede social onde predomina o modelo de família patriarcal. Mediante uma abordagem de ordem qualitativa, procuramos captar as mudanças que ocorreram no micro universo dessas mulheres em relação a sua visão sobre o trabalho e a dominação masculina. Desta maneira, empreendemos uma discussão cujas temáticas principais foram às imbricações entre gênero, trabalho e dominação masculina. Constatamos que existe uma estreita relação entre o trabalho remunerado e a independência feminina, a qual contribui para que a mulher se posicione frente às formas de dominação masculina em seu núcleo familiar. Da mesma forma, percebemos com a entrada da mulher no mercado de trabalho, há uma reorganização das estruturas de poder- dominação e resistência- tanto masculinas, quanto femininas. As mulheres que se mantém no mercado de trabalho se veem e passam a serem vistas pelos outros com olhares mais valorativos. Em última instância, a inserção das mulheres de baixa renda no mercado de trabalho nos deixa perceber que há uma tendência a ressignificação do papel da mulher na dinâmica da vida social, o qual está sendo transmitido de diversas maneiras para a geração de mulheres mais jovens.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentCentro de Humanidades - CHpt_BR
dc.publisher.programPÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS SOCIAISpt_BR
dc.publisher.initialsUFCGpt_BR
dc.subject.cnpqCiências Sociaispt_BR
dc.titleMulher que trabalha fica atrevida.pt_BR
dc.date.issued2012-
dc.description.abstractThis report provides information about the dynamics of changes in the women´s world from their insertion in the labour market. We focus our research on the speech of low-income women, married whom are involved with paid Jobs from the city of Campina Grande. The empirical research was limited to those women whom share their time with paid Jobs and household tasks besides belong to a social network which has the patriarchal model of family. Making use of qualitative methods, we search for changes that occur to the women´s micro universe regarding to their views about work and masculine domination. Thus, we engage a discussion about gender, job and masculine domination. We notice that there is a close relation between paid job and female independence which encourage women to step over the masculine domination in their family´s core. Likewise, we realize that with the women´s entry to the labour market, there is a reorganization of the structures of power, domination and resistance, both masculine and feminine. Once they remain at the lobour market, the women see themselves as more value as well as they are seen by others. To finalize, the inclusion of the low-income women in the market make us realize that there is a tendency to rethinking the role of women in the dynamics of social life, which is being transmitted to various ways for the new generation of women.pt_BR
dc.identifier.urihttp://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/4098-
dc.date.accessioned2019-06-04T10:18:32Z-
dc.date.available2019-06-04-
dc.date.available2019-06-04T10:18:32Z-
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.subjectHabitus Patriarcalpt_BR
dc.subjectMulherespt_BR
dc.subjectTrabalho Femininopt_BR
dc.subjectDominação Masculinapt_BR
dc.subjectPoderpt_BR
dc.subjectHabits Patriarchalpt_BR
dc.subjectWomenpt_BR
dc.subjectWomen´s Labourpt_BR
dc.subjectMasculine Dominationpt_BR
dc.subjectPowerpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.creatorRODRIGUES, Hosana Suelen Justino.-
dc.publisherUniversidade Federal de Campina Grandept_BR
dc.languageporpt_BR
dc.title.alternativeWorking woman is bold.pt_BR
dc.description.sponsorshipCapespt_BR
dc.identifier.citationRODRIGUES, H. S. J. Mulher que trabalha fica atrevida. 2012. 105 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) – Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais, Centro de Humanidades, Universidade Federal de Campina Grande, Paraíba, Brasil, 2012.pt_BR
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Sociais.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
HOSANA SUELEN JUSTINO RODRIGUES - DISSERTAÇÃO (PPGCS) 2012.pdf568.22 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.