Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/4130
Title: Fertirrigação com efluente doméstico tratado no cultivo de gérbera com e sem suplementação mineral.
Other Titles: Fertigation with treated domestic effluent in gerbera crop with and without mineral supplementation.
???metadata.dc.creator???: DAMASCENO, Lisânea Mycheline Oliveira.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: ANDRADE JÚNIOR, Aderson Soares de.
???metadata.dc.contributor.advisor2???: GHEYI, Hans Raj.
???metadata.dc.contributor.referee1???: DIAS, Nildo da Silva.
???metadata.dc.contributor.referee2???: GUISELINI, Cristiani.
Keywords: Reúso de Água;Água - Qualidade;Floricultura - Fertirrigação - Águas Residuárias;Irrigação e Drenagem;Gérbera - Cultivo - Fertirrigação - Águas Residuárias;Water Reuse;Water - Quality;Floriculture - Fertirrigation - Wastewater;Irrigation and Drainage;Gerbera - Cultivation - Fertirrigation - Wastewater
Issue Date: May-2008
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: DAMASCENO, Lisânea Mycheline Oliveira. Fertirrigação com efluente doméstico tratado no cultivo de gérbera com e sem suplementação mineral. 2008. 118 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Agrícola) Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola, Centro de Tecnologia e Recursos Naturais, Universidade Federal de Campina Grande, Campina Grande, Paraíba, Brasil, 2008.
???metadata.dc.description.resumo???: Ainda são insuficientes as informações disponíveis acerca do efeito da aplicação de águas residuárias tratadas para irrigação, com vistas à produção ou qualidade de flores de corte, ou ainda em sistemas de produção agrícola que tenha avaliado comparativamente a sustentabilidade destes, em diferentes meios de cultivos e tipos de solos. Esta pesquisa visou mensurar a viabilidade técnica da fertirrigação com efluentes domésticos tratados no cultivo de gérbera, em Teresina, PI, vista à limitação dos recursos hídricos e a poluição gerada pelo meio urbano e rural. Avaliaram-se os efeitos da fertirrigação com efluentes domésticos tratados, associados a fertilizantes químicos (N e K2O), sobre as variáveis de produção, crescimento e qualidade da gérbera (flor de corte), bem como nos atributos químicos do substrato utilizado no cultivo, entre os meses de julho e outubro de 2007, em Teresina, PI. O estudo foi conduzido em condições protegidas, com malha de sombreamento 50%, na Embrapa Meio-Norte, utilizando-se esgoto tratado da Estação de Tratamento de Esgotos da Companhia de Água e Esgotos do Piauí S.A. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, com cinco tratamentos e cinco repetições e constou da aplicação de diferentes volumes de água residuária tratada, combinados com a aplicação de fertilizantes químicos (N e K2O): T1 – 100% fertirrigação (N e K2O); T2 – 75 % do volume de água residuária tratada associada a 25% de fertirrigação; T3 – 50% de água residuária tratada associada a 50% de fertirrigação; T4 – 25% de água residuária tratada associada a 75% de fertirrigação e T5 – 100% do volume com água residuária tratada. Os melhores resultados quanto às exigências comerciais em número de flores ocorreu em T4. Porém, em termos de qualidade, o T2 apresentou flores com maior altura das hastes (padrão extra) IBRAFLOR, em julho e agosto. Nos meses de setembro e outubro, nenhum tratamento conseguiu alcançar esse padrão de qualidade, em virtude da alta temperatura e baixa umidade na região, que provocou perdas no crescimento, aparência e qualidade da gérbera. A qualidade da água e do efluente, aplicado na fertirrigação, não apresentou nenhuma restrição do uso, exceção à condutividade elétrica do efluente, que aumentou sensivelmente em setembro e outubro (0,82 e 0,90 dS m-1), respectivamente, apresentando restrição ligeira e moderada para o uso na irrigação. Após a discussão dos resultados, pôde-se concluir que os teores foliares de macro (N, P, Ca e Mg) e micronutrientes (Zn, Cu, Mn, Fe e B) não foram afetados pelos tratamentos à base de efluentes domésticos com e sem suplementação mineral no experimento. A análise do material de solo antes e após a aplicação dos tratamentos, revelou que em alguns elementos ocorreu um leve aumento na média, ao término do ensaio, sobretudo com a aplicação de 100 % do volume com efluente tratado: pH (5,24 para 5,76), Ca2+ (1,71 para 3,14 cmolc dm-3) e Mg2+ (1,03 para 1,44 cmolc dm-3), bem como, em S (3,11 para 4,92 cmolc dm-3). As maiores concentrações de N e C, possivelmente, ocasionou a rápida mineralização da matéria orgânica nos solos irrigados com apenas efluente tratado, reduzindo assim seu teor nesse tratamento. Estas alterações nos atributos químicos não provocaram efeitos prejudiciais na cultura da gérbera. A utilização do efluente doméstico tratado foi satisfatória, permitindo a substituição parcial do uso de fertilizantes químicos por fertilizantes naturais no efluente, constituindo-se assim como uma alternativa para os floricultores.
Abstract: The available information concerning the effects of the application of treated wastewaters in irrigation is insufficient keeping in view the production or quality of cut flowers or in systems of agricultural production which evaluate the comparative sustainability in different forms of cultivation and types of soils. The aim of this research was to evaluate the technical viability of fertigation with treated domestic effluents in the cultivation of gerbera at Teresina, PI, due to the limitation of the water resources and the pollution created in the urban and rural areas. The study was conducted over a period of 120 days from July to October 2007 at Embrapa Meio-Norte, Teresina, State of Piauí, Brazil, in a greenhouse with a 50 % shadow screen, using treated sewer from the Sewer Treatment Station of the Companhia de Água e Esgotos do Piauí S.A. A completely randomized experimental design, with five treatments and five replications was used. The treatments differed in volume of wastewater and the application of chemical fertilizers (urea and potassium chloride). The treatments studied were: TI – 100 % chemical fertilization; TII – 25 % chemical fertilization and 75 % Treated effluent; TIII – 50 % chemical fertilization and 50 % treated effluent; TIV – 75 % chemical fertilization and 25 % treated effluent; and TV – 100 % treated effluent. The results obtained in Treatment IV met the commercial requirements for number of flowers, however in terms of the quality, Treatment II produced flowers in July and August with longer stem length achieving IBRAFLOR extra standards. In the final months (September and October) no treatment achieved this limit, due to the high temperature and low humidity which provoked losses in growth, appearance and quality. The quality of water and applied effluent did not restrict its use in irrigation. The electrical conductivity of the effluent increased in September and October to 0.82 and 0.90 dS m-1, respectively, presenting little to moderate restrictions in its use in irrigation. It may be concluded that the leaf contents of macronutrients (N, P, Ca and Mg) and micronutrients (Zn, Cu, Mn, Fe and B) were not affected under the domestic effluent treatments with and without mineral supplementation in the experiment. The analysis of the soil material before and after the application of the treatments revealed a small increase in some soil attributes at the end of the trial particularly in case of treatment with the application of 100 % treated effluent (pH increased from 5.24 to 5.76, Ca2+ from 1.71 to 3.14 cmolc dm-3 and Mg2+ from 1.03 to 1.44 cmolc dm-3, and the sum of extracted cations from 3.11 to 4.92 cmolc dm-3). The highest concentrations of N and C were observed in the soils irrigated with 100% treated effluent, possibly due to fast mineralization of organic matter, reducing their contents under this treatment. These alterations in the chemical attributes did not provoke harmful effects in gerbera crop. The use of the treated domestic effluent was satisfactory permitting the partial substitution of chemical fertilizers by the nutrients contained in the effluent constituting thereby an alternative for the flower growers.
Keywords: Reúso de Água
Água - Qualidade
Floricultura - Fertirrigação - Águas Residuárias
Irrigação e Drenagem
Gérbera - Cultivo - Fertirrigação - Águas Residuárias
Water Reuse
Water - Quality
Floriculture - Fertirrigation - Wastewater
Irrigation and Drainage
Gerbera - Cultivation - Fertirrigation - Wastewater
???metadata.dc.subject.cnpq???: Engenharia Agrícola
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/4130
Appears in Collections:Mestrado em Engenharia Agrícola.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LISÂNEA MYCHELINE OLIVEIRA DAMASCENO-DISSERTAÇÃO (PPGEA) 2008.pdf13.82 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.