Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/454
Title: Comportamento em fadiga termomecânica de fios de liga com memória de forma CuAlNi.
Other Titles: Behavior in thermomechanical fatigue of alloy wires with CuAlNi shape memory.
???metadata.dc.creator???: ARAÚJO, Suelene Silva.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: ARAÚJO, Carlos José de.
???metadata.dc.contributor.referee1???: SANTOS, Marco Antonio dos.
???metadata.dc.contributor.referee2???: Gonzalez, Cézar Henrique.
Keywords: Ligas com Memória de Forma;Liga Cu-Al-Ni;Capacidade de Amortecimento;DMA;Fadiga;Shape Memory Alloys;Cu-Al-Ni Alloy;Damping Capacity;Fatigue
Issue Date: 7-Aug-2015
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: Araújo, S. S. Comportamento em fadiga termomecânica de fios de liga com memória de forma CuAlNi. 2015. 113 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica) – Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica, Centro de Ciências e Tecnologia, Universidade Federal de Campina Grande, Campina Grande, Paraíba, Brasil, 2015.
???metadata.dc.description.resumo???: Neste trabalho foi avaliado o comportamento dinâmico e a fadiga termomecânica de fios de uma liga com memória de forma (LMF) CuAlNi submetidos a ensaios cíclicos utilizando um analisador dinâmico mecânico (DMA). Assim, foram realizadas análises para determinar a capacidade de amortecimento e o módulo de elasticidade dos fios e adicionalmente a fadiga estrutural sob controle de deformação em modo de flexão simples alternada, a partir da variação da amplitude de deslocamento, para três temperaturas distintas. O comportamento dinâmico revelou uma considerável capacidade de amortecimento dos fios, principalmente durante a transformação de fase martensitica, apresentando um expressivo pico de absorção de energia. Além disso, o módulo de elasticidade (rigidez) apresentado pelos fios revelou a existência de um importante aumento durante a transformação, diferenciando as duas distintas fases. Notou-se também a partir dos resultados dos ensaios de fadiga que as características funcionais dos fios dependem de forma direta da amplitude de deformação imposta, influenciando nos valores de tensão e no tempo de vida dos fios, revelando que a fadiga pode ser considerada de baixo ciclo.
Abstract: This study evaluated the dynamic behavior and the thermomechanical fatigue of CuAlNi SMA wires subjected to cyclic tests using a DMA device. Therefore, analyzes were performed to determine the damping capacity and stiffness of SMA wires, in addition to structural fatigue under strain control from the amplitude variation at three different temperatures. The evolution of the wire’s behavior has shown a considerable damping capacity, mainly during the martensitic phase transformation, presenting a significant peak of energy absorption. Moreover, the storage modulus (stiffness), revealed a significant increase during transformation, differentiating the distinct phases. It has been also noted, from the results of fatigue tests, that the functional behavior of the SMA wires depend directly on the amplitude of the imposed strain, influencing on the stress values as well as on the wire’s lifetime, revealing that fatigue can be considered of low cycle type.
Keywords: Ligas com Memória de Forma
Liga Cu-Al-Ni
Capacidade de Amortecimento
DMA
Fadiga
Shape Memory Alloys
Cu-Al-Ni Alloy
Damping Capacity
Fatigue
???metadata.dc.subject.cnpq???: Ciências
Engenharia Mecânica
Fadiga
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/454
Appears in Collections:Mestrado em Engenharia Mecânica.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
SUELENE SILVA ARAÚJO - DISSERTAÇÃO (PPGEM) 2015.pdf3.62 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.