Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/4563
Title: Assentamentos rurais e projetos de viabilidade: a "metodologia PNUD": limites e superação no capitalismo.
Other Titles: Rural settlements and feasibility projects: the "UNDP methodology": limits and overcoming in capitalism.
???metadata.dc.creator???: REBESCHINI, Paulo Roberto.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: XAVIER, Jurandir Antonio.
???metadata.dc.contributor.referee1???: SALES, Ivandro da Costa.
???metadata.dc.contributor.referee2???: DUQUÉ, Ghislaine.
Keywords: Sociologia Rural;Reforma Agrária.;Economia Política.;Projetos de Viabilidade.;Assentamentos - Metodologi a PNUD.;Trabalhadoes Rurais sem Terra(MST) - Movimento.;Sociology Rural;Land reform.;Political economy.;Feasibility Projects.;Settlements - Methodology to UNDP.;Landless Rural Workers (MST) - Movement.
Issue Date: 1994
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: REBESCHINI, Paulo Roberto. Assentamentos rurais e projetos de viabilidade: a "metodologia PNUD": limites e superação no capitalismo. 1994. 113f. (Dissertação de Mestrado em Sociologia Rural), Curso de Mestrado em Sociologia Rural, Centro de Humanidades, Universidade Federal da Paraíba - Campina Grande - PB - Campus II - Brasil, 1994.
???metadata.dc.description.resumo???: O desenvolvimento mais recente da luta pela terra fez surgir, no cenário agrário brasileiro, de forma mais generalizada e expressiva, os assentamentos de trabalhadores rurais. Deste processo, inúmeras iniciativas buscam trabalhar a viabilidade sócio-econômica destas áreas reformadas e por conseguinte das famílias assentadas. E de uma destas iniciativas, a Metodologia de Elaboração de Projetos de Viabilidade de Áreas de Assentamento, por nós denominada " Metodologia PNUD", que nos ocupamos neste trabalho. Esta metodologia possui um instrumental pedagógico de construção participativa dos projetos de viabilidade dos assentamentos, que e aqui analisado, bem como traz uma concepção politico- econômica que norteia sua utilização, com substanciando esta o eixo central da tese. Esta concepção segue a tradição desenvolvimentista que predomina no debate agrário, em torno do qual constitui-se o que se convencionou chamar de "A Questão Agraria Brasileira". Ao entender a pequena produção como uma unidade econômica vinculada ao sistema capitalista, onde lhe e extraído o excedente produzido propõe, como alternativa, o empresariamento associativo. A nível de assentamentos este processo os elevaria da categoria de "Unidades Jurídicas" a "Unidades Econômicas". Esta compreensão, em nossa hipótese central, ao reconhecer o capitalismo, não o analisa em sua natureza, não trazendo para a discussão o fundamento da limitação a existência e ampliação das condições de trabalho dignas ao ser humano - a propriedade privada e assim a necessidade histórica de sua superação na socialização - estando aí seus limites. Porem, ao destacar a categoria " trabalho " como fundamento da apropriação da riqueza produzida nas formas associativas , que e o fundamento da proposição de transformação social via superação da natureza privada da propriedade, apontam-se suas possibilidades.
Abstract: The most recent development of the struggle for land has given rise, in the Brazilian agrarian scenario, in a more generalized and expressive way, the settlements of workers rural areas. From this process, numerous initiatives seek to work the socio-economic viability of these reformed areas and, consequently, of the settled families. And of one of these initiatives, the Methodology of Elaboration of Feasibility Projects of Settlement Areas, by us denominated "UNDP Methodology", that we occupy in this work. This methodology has a pedagogical instrumental of participative construction of the feasibility projects of the settlements, which is analyzed here, as well as it brings a political-economic conception that guides its use, with substantiating this the central axis of the thesis. This conception follows the developmental tradition that prevails in the agrarian debate, around which constitutes what is conventionally called "The Brazilian Agrarian Question". By understanding small production as an economic unit linked to the capitalist system, where it is the surplus produced proposes, as an alternative, associative entrepreneurship. At the level of settlements this process would elevate them from the category of "Legal Units" to "Economic Units". This understanding, in our central hypothesis, when recognizing capitalism, does not analyze it in its nature, not bringing to the discussion the basis of the limitation of the existence and extension of decent working conditions to the human being - private property and thus the historical necessity of its overcoming in socialization - being there its limits. However, by highlighting the category of "work" as the basis of the appropriation of the wealth produced in the forms associative, which is the basis of the proposition of social transformation by overcoming the private nature of property, point out its possibilities.
Keywords: Sociologia Rural
Reforma Agrária.
Economia Política.
Projetos de Viabilidade.
Assentamentos - Metodologi a PNUD.
Trabalhadoes Rurais sem Terra(MST) - Movimento.
Sociology Rural
Land reform.
Political economy.
Feasibility Projects.
Settlements - Methodology to UNDP.
Landless Rural Workers (MST) - Movement.
???metadata.dc.subject.cnpq???: Sociologia.
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/4563
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Sociais.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PAULO ROBERTO REBESCHINI - DISSERTAÇÃO PPGCS 1994..pdfPaulo Roberto Rebeschini - Dissertação PPGCS 1994.25.77 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.