Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/4611
Title: Anos noventa - um novo ciclo de desenvolvimento no Brasil: ilusão ou realidade?
Other Titles: Nineties - a new cycle of development in Brazil: illusion or reality?
???metadata.dc.creator???: SANTANA JÚNIOR, Gildásio.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: KILPP, Renato.
???metadata.dc.contributor.referee1???: ARAGÃO, Paulo Ortiz Rocha de.
???metadata.dc.contributor.referee2???: TEIXEIRA, Francisco José Soares.
Keywords: Desenvolvimento - Brasil (anos 90);Desenvolvimento Econômico;Crescimento Econômico;Development - Brazil (90s);Economic Development;Economic Growth
Issue Date: Apr-2000
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: SANTANA JÚNIOR, Gildásio. Anos noventa - um novo ciclo de desenvolvimento no Brasil: ilusão ou realidade? 2000. 126f. (Dissertação de Mestrado em Economia Rural e Regional), Programa de Pós-graduação em Economia Rural e Regional, Centro de Humanidades, Universidade Federal da Paraíba – Campus II - Campina Grande - Paraíba - Brasil, 2000.
???metadata.dc.description.resumo???: Discutimos as bases teóricas das mudanças ocorridas na economia nacional (privatização de empresas estatais intensificação da abertura comercial estabilização monetária), questionando ate que ponto as referidas medidas conseguiram transformar-se em indutores de uma nova etapa de crescimento/desenvolvimento na economia brasileira. Essa questão é levantada partindo das conclusões que, desde os anos 80 o esquema de acumulação capitalista liderado pelo Estado brasileiro dava sinais claros de exaustão e demonstrava a necessidade de modificações. Chegando ao fim da década dos noventa consideramos razoável refletir se a opção adotada pelos governos (e referenciada por uma parte substancial da academia) viabilizou um novo período de crescimento/desenvolvimento. Para tal tarefa. debatemos com as formulações dos economistas que concordam com a analise e o conjunto de medidas adotadas pelos governos nesse período. Incorporamos também. outras perspectives analíticas com o intuito de compor um leque mais amplo e variado de interpretações e por fim laçamos mão de dados das contas nacionais elaboradas pelo IBGE. Apesar das reiteradas negativas dos administradores que passaram por Brasilia, as teses do Consenso de Washington constituíram-se na base das politicas implementadas no Brasil e que os resultados macroeconômicos dessas medidas. apos dez anos de aplicação estão aquém dos alcançados na chamada década perdida. A experiencia brasileira nos anos noventa jogou por terra alguns argumentos neoliberais. dentre eles. a propalada tese que conseguindo a estabilidade monetária o pais estaria pronto para crescer. O Brasil experimentou mais de quatro anos de estabilidade monetária e a cada ano crescia menos.
Abstract: In this work we analyse the theoretical basis of changes occurred in national economy (monetary stabilisation, privatisation of state undertakings, enhancing of trade openness), and discusses the efficacy of these steps as inductors of a new increase/development stage in Brazilian economy. It is assumed that, from the 8(Ts on the capitalistic accumulation schema, which was leaded by Brazilian State, showed its weakness and claimed for changing. Now, at the end of the 90's, it is rational to reflect if the option chose by the governments and accepted by an important number of scholars has allowed a new period of increase/development. We challenged the assumptions of economists that have agreed on both the analysis and the set of steps chose by the governments in this period. We also took other analytical perspectives in order to have a wider range of interpretations and we used some data about national accountability made by IBGE. Despite the three governments deny it, we can show that the economic policies applied in Brazil were based on the thesis of the Washington Consent and we realised that after ten years the macroeconomic results of these steps are worse than those in the so called "lost decade"'. The Brazilian experience in the 90's has destroyed some neoliberal arguments, like the well known thesis according to which after the monetary stabilisation the country will grow up: Brazil had more than four years with monetary stabilisation and has grown less each next year.
Keywords: Desenvolvimento - Brasil (anos 90)
Desenvolvimento Econômico
Crescimento Econômico
Development - Brazil (90s)
Economic Development
Economic Growth
???metadata.dc.subject.cnpq???: Economia
Economia Regional
Economia Agrária
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/4611
Appears in Collections:Mestrado em Economia Rural e Regional.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GILDÁSIO SANTANA JÚNIOR - DISSERTAÇÃO PPGERR 2000..pdfGildásio Santana Júnior- Dissertação PPGERR 2000.6.15 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.