Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/4624
Title: Dos afetos às práticas políticas: o levante popular da juventude em Campina Grande/CG.
Other Titles: From the affections to political practices: the popular uprising of youth in Campina Grande/CG.
???metadata.dc.creator???: LIMA, Déborah Maria da Cunha.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: SALES JÚNIOR, Ronaldo Laurentino de.
???metadata.dc.contributor.referee1???: AGUIAR, Jórissa Danilla Nascimento.
???metadata.dc.contributor.referee2???: ROJAS, Gonzalo Ádrian.
Keywords: Sociabilidades Políticas;Movimentos Sociais;Política do Afeto;Levante Popular da Juventude;Movimento Social de Esquerda;Political Sociabilities;Social Movements;Politics of Affection;Left Social Movement
Issue Date: 25-Feb-2019
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: LIMA, D. M. da C. Dos afetos às práticas políticas: o levante popular da juventude em Campina Grande/CG. 2019. 98 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) – Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais, Centro de Humanidades, Universidade Federal de Campina Grande, Paraíba, Brasil, 2019.
???metadata.dc.description.resumo???: O Levante Popular da Juventude (LPJ) é um grupo político que vem se destacando no conturbado cenário político nacional desde 2013, atuando enquanto movimento social de esquerda ligado ao campo popular e articulado na Consulta Popular (CP). Possuem em seu arcabouço pautas políticas de demandas horizontalizadas: Contra machismo, racismo e homofobia. Apresentam características de sociabilidades políticas que valorizam subjetividades diversas e ao que eles denominam de “política do afeto”. Essas características podem ser encontradas na excessiva estima pelo afeto, pela mística e agitação e propaganda dentro desse grupo. Desse modo, esse trabalho tem como objetivo compreender o Levante Popular da Juventude não só enquanto movimento social ou juventude de um partido, mas entender quais aspectos caros aos valores desse grupo podem indicar novas sociabilidades políticas ou novos fenômenos sociais. Para tanto, fizemos uso da metodologia qualitativa com trabalho de campo, consistindo em observação não participante e uso de entrevistas semiestruturadas, durante 2016/2017. A principal hipótese aqui levantada é que de que as características presentes no Levante Popular da Juventude, como valorização do afeto e da mística indicam novos fenômenos sociais observáveis através de suas práticas e sociabilidades políticas. Podemos destacar como resultados dessa pesquisa que o Levante Popular da Juventude apesar de não fazer parte de um campo político novo, apresenta uma adaptação das práticas políticas para a dimensão do afeto, categorias como projeto e poder popular são entendidas a partir do seu caráter místico. A mística é ressignificada trazendo novos elementos para se pensar a juventude, como o interesse por questões holísticas. O afeto funciona como ethos para esse grupo político, sendo revolucionário porque vivido no presente e expresso através de sociabilidades cotidianas. Essa característica faz com que os membros do LPJ cultivem uma sociabilidade política que valoriza o presente, em detrimento de um projeto político racional de futuro.
Abstract: The Levante Popular da Juventude (LPJ) is a political group that has been standing out in the troubled national political scene since 2013, acting as a leftist social movement linked to the popular field and articulated in the Consulta Popular (CP). They have in their framework political guidelines of horizontal demands: Against machismo, racism and homophobia. They present characteristics of political sociabilities that value diverse subjectivities and what they call the "politics of affection". These characteristics can be found in the excessive esteem for affection, mysticism and agitation and propaganda within this group. Thus, this work aims to understand the Levante Popular da Juventude not only as a social movement or youth of a party, but to understand what aspects expensive to the values of this group may indicate new political sociabilities or new social phenomena. To do so, we used the qualitative methodology with field work, consisting of non-participant observation and the use of semi-structured interviews, during 2016/2017. The main hypothesis raised here is that the characteristics present in the Levante Popular da Juventude, as appreciation of affection and mystic, indicate new social phenomena observable through their political practices and sociabilities. We can highlight as results of this research that the Levante Popular da Juventude, despite not being part of a new political field, presents an adaptation of political practices to the dimension of affection, categories such as project and popular power are understood from their mystical character. The mystique is resignified bringing new elements to think youth, as the interest in holistic issues. Affection functions as ethos for this political group, being revolutionary because lived in the present and expressed through everyday sociabilities. This characteristic makes the members of the LPJ cultivate a political sociability that values the present, to the detriment of a rational political project of the future.
Keywords: Sociabilidades Políticas
Movimentos Sociais
Política do Afeto
Levante Popular da Juventude
Movimento Social de Esquerda
Political Sociabilities
Social Movements
Politics of Affection
Left Social Movement
???metadata.dc.subject.cnpq???: Ciências Sociais
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/4624
Appears in Collections:Mestrado em Ciências Sociais.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DÉBORAH MARIA DA CUNHA LIMA – DISSERTAÇÃO (PPGCS) 2019.pdf1.46 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.