Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/4995
Title: Os assetados do Alto Sertão Paraibano e as relações de poder e saber que tensionam a construção de sua identidade "camponesa" e seu espaço de convivência.
Other Titles: The assets of the Apper Backwoods Paraibano and the relations of power and knowledge that stress the construction of their "peasant" identity and their space of coexistence
???metadata.dc.creator???: SANTOS, Renato dos.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: FORTUNATO, Maria Lucinete.
???metadata.dc.contributor.referee1???: MOREIRA NETO, Mariana.
???metadata.dc.contributor.referee2???: GALVÃO, Josias de Castro.
Keywords: Camponês;Identidade camponesa;Assentamento - Rural - Sertão Paraibano Paraíba;Farmer;Peasant Identity;Settlement - Rural - Sertão Paraibano Paraíba
Issue Date: 12-Sep-2011
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: SANTOS, Renatos dos. Os assentados do Alto Sertão Paraibano e as relações de poder e saber que tensionam a construção de sua identidade "camponesa" e seu espaço de convivência . 2011. 66 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em História do Semiárido Nordestino) - Centro de Formação de Professores, Universidade Federal de Campina Grande, Cajazeiras, Paraíba, Brasil, 2011.
???metadata.dc.description.resumo???: Este trabalho objetivou problematizar até que ponto, a partir de um sentido de pertencimento, aproximação e/ou alteridade, os assentados do Alto Sertão Paraibano elaboram e legitimam a sua identidade como "camponesa'*, bem como significam suas lutas e instituem maneiras de ver e dizer o "ser camponês". Buscou-se apreender, ainda, como, e até que ponto, a atuação de diversas entidades que se relacionam com os assentados constitui um processo de disciplinarização que infere na elaboração de uma identidade para os mesmos, inferindo na percepção que eles tem sobre si e o espaço que convivem, realizam suas lutas e sua reprodução enquanto sujeitos. As fontes documentais utilizadas na pesquisa foram bibliográficas e entrevistas, as quais foram problematizadas por meio da analise de discurso.
Abstract: This work aimed to problematize to what extent. from a sense of belonging. approximation and / or otherness. the settlers of Alto Sertao Paraibano elaborate and legitimize their identity as "peasants", as well as signify their struggles and institute ways of seeing and saying "being peasants." It was sought to understand how and to what extent. the performance of several entities that relate to the settlers constitutes a process of disciplinarization that infers in the elaboration of an identity for them, inferring in the perception that they have about themselves and the space that they coexist, they realize their struggles and their reproduction as subjects. The documentary sources used in the research were bibliographies and interviews, which were problematized through discourse analysis.
Keywords: Camponês
Identidade camponesa
Assentamento - Rural - Sertão Paraibano Paraíba
Farmer
Peasant Identity
Settlement - Rural - Sertão Paraibano Paraíba
???metadata.dc.subject.cnpq???: História.
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/4995
Appears in Collections:Especialização em História do Semiárido Nordestino

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RENATO DOS SANTOS. TCC. ESP. EM HISTÓRIA DO SEMIÁRIDO NORDESTINO. 2011. pdfRenato dos Santos. TCC. ESP. em História do Semiárido Nordestino. 2011.15.48 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.