Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/522
Title: Nas tessituras do império do Brasil: o protestantismo sob o olhar da imprensa periódica secular (1860-1870).
???metadata.dc.creator???: SILVA, Alisson Pereira.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: SANTOS, João Marcos Leitão.
???metadata.dc.contributor.referee1???: MONTENEGRO, José Benjamim.
???metadata.dc.contributor.referee2???: SANTANA FILHO, Manoel Bernardino de.
Keywords: Protestantismo;Brasil Império;Imprensa
Issue Date: 6-May-2015
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: SILVA, A. P. Nas tessituras do império do Brasil: o protestantismo sob o olhar da imprensa periódica secular (1860-1870). 93 f. Dissertação (Mestrado em História) – Programa de Pós-Graduação em História, Centro de Humanidades, Universidade Federal de Campina Grande, Paraíba, Brasil, 2015.
???metadata.dc.description.resumo???: A década de 60 do século XIX foi um período agitado para o Brasil, devido a uma série de fatores internos e externos. A proibição do tráfico transatlântico de escravos na década anterior, por exemplo, forçou as autoridades a buscarem novas alternativas para suprir a demanda por trabalhadores nas fazendas de café do interior paulista e do Vale do Paraíba. Isso proporcionou a chegada de muitos imigrantes oriundos da Europa e dos Estados Unidos. A guerra de secessão dos Estados Unidos também contribuiu para essa agitação no cenário brasileiro, uma vez que, juntamente com os imigrantes, vieram cosmovisões diferentes daquela que há muito tempo se solidificara no Brasil, buscando fincar raízes em terras tupiniquins. Dava-se, desse modo, um cenário propício para o acirramento das relações de poder, a partir do debate ideológico que surgiu desse contexto. A chegada de missionários protestantes e sua atividade proselitista poderia implicar no comprometimento das estruturas políticas e sociais pensadas para o Brasil desde a sua formação como Estado Nacional independente, em 1822. Tendo em vista esse contexto, nosso trabalho dissertativo buscou investigar o modo como se deu esses embates ideológicos em torno das cosmovisões católica e protestante, a partir da imprensa periódica secular da década de 1860. Como o protestantismo foi recepcionado e representado por esses jornais? Em nome de quais projet os políticos se acusava ou se defendia as ideias vinculadas ao protestantismo? Quais as reverberações em torno desse embate ideológico? Estas são algumas das inquietações que nortearam nossa pesquisa e que tentamos, sempre que possível interpretar as possíveis motivações que incentivaram as representações feitas acerca da inserção social do protestantismo no Império do Brasil durante a segunda metade do século XIX.
Abstract: The 60 ’s of 18 th century was a busy period for Brazil, due to many factors internal and external. The prohibition of the transatlantic slave trade in the previous decade, for example, commanded the authorities to search for new alternatives to meet the demand for workers in coffee plantations in São Paulo State and the Vale do Paraíba. This provided the arrival of many immigrants coming from Europe and United States. The US war of secession also contributed to this agitation in the Brazilian scenario, since, along with immigrants, came different worldviews of what has long been solidified in Brazil, seeking to put down roots in brazilian lands. And they gave them thus a favorable scenario for the intensification of relations of power, from the ideological debate that emerged from this context. The arrival of Protestant missionaries and their proselytizing activity could involve the commitment of political and social structures designed to Brazil since its formation as an indep endent nation state in 1822. Given this context, our argumentative work investigates how occurred these ideological clashes around the Catholic and Protestant worldviews, from the secular periodical press of the 1860 s . How Protestantism was welcomed and represented by these newspapers? In the name of which political projects are accused or defended the ideas linked to Protestantism? What reverberations around this ideological struggle? These are some of the concerns that have guided our research and we have tried as possible to interpret the possible motivations that encouraged the representations made about the social inclusion of Protestantism in the Empire of Brazil during the second half of the nineteenth century.
Keywords: Protestantismo
Brasil Império
Imprensa
???metadata.dc.subject.cnpq???: História
Ciências Humanas
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/522
Appears in Collections:Mestrado em História.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ALISSON PEREIRA SILVA – DISSERTAÇÃO (PPGH) 2015.pdf3.22 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.