Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/5333
Title: Economia solidária como estratégia de desenvolvimento local: o caso da associação dos produtores familiares agroecológicos da cidade de Sumé-PB.
Other Titles: Solidarity economy as a local development strategy: the case of the association of agroecological family producers in the city of Sumé-PB.
???metadata.dc.creator???: MOURA, Maurícia Tatiele de Sousa.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: SANTOS, Thelma Flaviana Rodrigues dos.
???metadata.dc.contributor.referee1???: VITAL, Adriana de Fátima Meira.
???metadata.dc.contributor.referee2???: LIMA, Lenilde Mérgia Ribeiro.
Keywords: Economia solidária;Associação de agricultores;Agricultura familiar agroecológica;Solidarity economy  ;Farmers association  ;Agroecological family farming
Issue Date: 22-May-2017
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: MOURA, Maurícia Tatiele de Sousa. Economia solidária como estratégia de desenvolvimento local: o caso da associação dos produtores familiares agroecológicos da cidade de Sumé-PB. 2017. 44f. (Trabalho de Conclusão de Curso – Monografia), Curso de Especialização em Educação de Jovens e Adultos com Ênfase em Economia Solidária para Convivência com o Semiárido, Centro de Desenvolvimento Sustentável do Semiárido, Universidade Federal de Campina Grande, Sumé – Paraíba – Brasil, 2017.
???metadata.dc.description.resumo???: Atualmente se vem abrindo diálogos acerca de uma concepção diferente de geração de trabalho e renda, pautada nos empreendimentos da chamada Economia Solidária. Embora esta proposta não venha a substituir o capitalismo, ela surge como uma alternativa de enfrentamento às desigualdades geradas por este sistema, criada pelos próprios trabalhadores. A consolidação desta alternativa depende fundamentalmente de um processo de construção educativa e solidificação do sentimento solidário, em oposição ao individualismo capitalista. Esse processo desencadeia novas formas de relações de trabalho, que essencialmente incluem novas categorias conceituais e uma dinâmica organizacional diferenciada. Este estudo tem como objetivo geral analisar as práticas de Economia Solidária da Associação dos Produtores Familiares Agroecológicos de Sumé (APFAS), identificando seu potencial enquanto estratégia de geração de trabalho, renda e desenvolvimento local. Para a realização deste estudo de caso utilizamos como instrumento de pesquisa a observação direta e a aplicação de entrevistas semiestruturadas. A pesquisa de campo foi realizada no período de 25 de fevereiro a 06 de março de 2017, com 05 dos 21 sócios do empreendimento, o que possibilitou o levantamento de dados e análise das práticas desenvolvidas. Diante das análises do estudo, pode-se afirmar que a APFAS é um empreendimento solidário, pois põe em prática os princípios da Economia Solidária: associativismo, coletividade, autogestão, preocupação com o meio ambiente e solidariedade. Através desses princípios, foi perceptível a mudança tanto na vida dos sócios, quanto no desenvolvimento local. Pretendemos, com esta pesquisa, contribuir para os estudos da Economia Solidária e para entendermos como esta proposta se apresenta enquanto estratégia de desenvolvimento local.
Abstract: Dialogues about a different conception of work and income generation, based on the so-called Solidary Economy projects, are now being opened. Although this proposal does not replace capitalism, it appears as an alternative to address the inequalities generated by this system, created by the workers for themselves. The consolidation of this alternative depends fundamentally on a process of educational construction and solidification of the solidarity feeling, as opposed to capitalist individualism. This process unleashes new forms of labor relations that essentially include new conceptual categories and a differentiated organizational dynamics. This study has as a general objective to analyze the practices of Solidarity Economy of the Association of Agroecological Family Producers of Sumé (APFAS), identifying its potential as a strategy to generate work, income and local development. For the accomplishment of this study of case,we have used as a research instrument the direct observation and the application of semi structured interviews. The field research was carried out from February 25 to March 6, 2017, with 05 of the 21 partners of the project, which made it possible to collect data and analyze the practices developed. In view of the analysis of the study, we can affirm that the APFAS is a solidary economic enterprise, since they practice the principles of Solidarity Economy:associativism, collective, self-management, concern with the environment and solidarity. With these principles,thechange in the lives of partners and the local developmentwas noticeable. We intend that this research contributes to the studies of the Solidary Economy and to understand how this proposal presents itself as a local development strategy.
Keywords: Economia solidária
Associação de agricultores
Agricultura familiar agroecológica
Solidarity economy  
Farmers association  
Agroecological family farming
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/5333
Appears in Collections:Especialização em Educação de Jovens e Adultos com Ênfase em Economia Solidária no Semiárido Paraibano. Polo II - Sumé - PB.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MAURÍCIA TATIELE DE SOUSA MOURA - TCC ESPECIALIZAÇÃO EJA ECOSOL CDSA 2017..pdfMaurícia Tatiele de Sousa Moura - TCC Especialização EJA ECOSOL CDSA 2017.1.93 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.