Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/536
Title: Provisionamento automático de recursos como um serviço de IaaS.
???metadata.dc.creator???: MORAIS, Fábio Jorge Almeida.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: BRASILEIRO, Francisco Vilar.
???metadata.dc.contributor.advisor2???: LOPES, Raquel Vigolvino.
Keywords: Computação na Nuvem;Gerência de Capacidade;Provisionamento Automático de Recursos;Modelo de IaaS;IaaS Model
Issue Date: Aug-2017
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: MORAIS, F. J. A. Provisionamento automático de recursos como um serviço de IaaS. 2017. 163 f. Tese (Doutorado em Ciência da Computação) – Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação, Centro de Engenharia Elétrica e Informática, Universidade Federal de Campina Grande, Paraíba, Brasil, 2017.
???metadata.dc.description.resumo???: O modelo de IaaS proporcionado pelo paradigma de Computação na Nuvem tem como principais características a provisão sob demanda de recursos e a tarifação do uso de recursos a partir de um modelo pay-as-you-go, que permitem que o custo de utilização do serviço seja proporcional à quantidade e ao tempo de uso dos recursos. Essas características possibilitam a criação de infraestruturas virtuais elásticas, que podem ser dinamicamente modificadas, em termos da capacidade de recursos, a fim de acomodar as demandas da aplicação que nela executa. Tal elasticidade é principalmente explorada para o provisionamento de aplicações horizontalmente escaláveis, que possuem demandas variáveis no tempo e executam por longos períodos. Idealmente, para aplicações desse tipo, a capacidade da infraestrutura de execução pode ser automaticamente provisionada com base nas demandas da aplicação, de forma a assegurar a QoS da aplicação e ao mesmo tempo minimizar os custos de execução em termos dos recursos adquiridos. Esse cenário de provisionamento automático pode ser expandido para o desenvolvimento de um serviço de provisionamento automático de recursos em IaaS. Desta forma, o responsável pela aplicação pode contratar um serviço que assuma a responsabilidade de dinâmica e eficientemente provisionar a sua aplicação durante a execução desta. No entanto, por questões de privacidade e principalmente generalidade em termos das aplicações provisionadas, espera-se que um serviço desse tipo opere com informações não específicas da aplicação, tais como utilização de CPU, memória, etc., ou seja, de forma não intrusiva. Este trabalho visa investigar a tese sobre a viabilidade de construção de um serviço de provisionamento automático e não intrusivo para diferentes aplicações horizontalmente escaláveis em um ambiente de IaaS. Tal serviço deve ser capaz de manter a QoS da aplicação provisionada em níveis aceitáveis e, havendo variação de carga de trabalho, minimizar os custos de sua execução. Em geral, as atuais soluções de provisionamento automático fazem uso de abordagens de provisionamento que operam de forma reativa ou proativa. Desta forma, o principal objetivo desse trabalho consiste em analisar como soluções de provisionamento, reativas e proativas, podem ser empregadas na construção de um serviço de provisionamento em IaaS, destacando eficiências e limitações destas abordagens e apontando diretrizes para a criação desse serviço.
Abstract: The IaaS model, provided by the Cloud Computing paradigm, is defined by two main features: the on-demand provision of resources; and the pay-as-you-go pricing model, that allows application providers to pay proportionally to the quantity and time of use of the acquired resources. These features are used to build elastic virtual infrastructures, which can have its resources capacity dynamically modified to accommodate demands’ fluctuations of the running application. Such elasticity is mainly exploited for running horizontally scalable applications, that executes over a long period of time and have time-varying workloads. Ideally, for such applications, the capacity of the execution infrastructure can be automatically provisioned based on the application demands, to ensure the application QoS and at the same time minimize the execution costs, in terms of the acquired resources. This provisioning context can be expanded to conceive a scenario of auto scaling as a service in IaaS. In this way, the application owner can contract a service that assumes the responsibility of dynamically and efficiently provisioning the application during its execution. However, due to privacy and mainly generality issues in terms of the provisioned applications, this service needs to operate with non-application-specific information, such as CPU utilization, memory, etc., i.e., in a non-intrusive way. This work aims to investigate the thesis on the construction feasibility of a non-intrusive auto scaling service for different horizontally scalable applications in an IaaS environment. Such service must be able to keep the QoS of the provisioned application at acceptable levels and, if there are workload variations, minimize the execution costs. In general, current provisioning solutions use provisioning approaches that operate in a reactive or proactive manner. Thus, the main objective of this work is to analyze how reactive and proactive auto scaling solutions can be used to basis an auto scaling service in IaaS, describing the efficiencies and limitations of these approaches and pointing out guidelines for the service construction.
Keywords: Computação na Nuvem
Gerência de Capacidade
Provisionamento Automático de Recursos
Modelo de IaaS
IaaS Model
???metadata.dc.subject.cnpq???: Ciências
Ciência da Computação
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/536
Appears in Collections:Doutorado em Ciência da Computação.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FÁBIO JORGE ALMEIDA MORAIS – TESE (PPGCC) 2017.pdf2.96 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.