Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/558
Title: On the influence of test adequacy criteria on test suite reduction for model-based testing of real-time systems.
???metadata.dc.creator???: MORAES, Alan Kelon Oliveira de.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: MACHADO, Patrícia Duarte de Lima.
???metadata.dc.contributor.advisor2???: ANDRADE, Wilkerson de Lucena.
???metadata.dc.contributor.referee1???: MASSONI, Tiago.
???metadata.dc.contributor.referee2???: FIGUEIREDO, Jorge Cesar Abrantes de.
???metadata.dc.contributor.referee3???: SIMÃO, Adenilso da Silva.
???metadata.dc.contributor.referee4???: MATTIELLO-FRANCISCO, Maria de Fátima.
Keywords: Teste de Software;Teste Baseado em Modelos;Sistemas de Tempo-Real;Suítes de Testes - Redução;Adequação de Testes - Critérios;Software Testing;Model-Based Testing;Real-Time Systems;Test Adequacy Criteria
Issue Date: 31-Aug-2017
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: MORAES, A. K. O. de. On the influence of test adequacy criteria on test suite reduction for model-based testing of real-time systems. 2017. 115 f. Tese (Doutorado em Ciência da Computação) – Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação, Centro de Engenharia Elétrica e Informática, Universidade Federal de Campina Grande, Paraíba, Brasil, 2017.
???metadata.dc.description.resumo???: O teste baseado em modelos é uma abordagem de teste de software que usa modelos abstratos de uma aplicação para gerar, executar e avaliar os testes. A geração de casos de testes exerce um papel importante no teste baseado em modelos. Como essa geração consiste na busca sistemática por casos de testes que possam ser extraídos dos modelos, o teste baseado em modelos geralmente produz suítes de testes que são caras demais para serem executadas completamente. Técnicas de redução de suítes de testes têm sido propostas para abordar este problema. O objetivo dessas técnicas é obter suítes de testes reduzidas que são mais baratas de serem executadas e tão efetivas na detecção de faltas quanto as suítes completas, dado que as suítes reduzidas mantém o mesmo nível de cobertura, definido por um critério de adequação de testes, da suíte completa. Esses critérios definem que partes do sistema serão testados, com que frequência e sob quais circunstâncias. Entretanto, pouca atenção tem sido dada ao impacto que a escolha do critério tem na redução de suítes de testes. Por outro lado, sistemas de tempo-real são sistemas reativos cujos comportamentos são restringidos pelo tempo. Consequentemente, faltas relacionadas ao tempo são específicas desses sistemas. Para lidar com isso, modelos para sistemas de tempo real devem trabalhar com tempo e, consequentemente, há critérios de adequação de testes específicos para eles. Contudo, a pesquisa sobre redução de suítes de testes não tem focado em sistemas de tempo-real, portanto o impacto de critérios de adequação de testes na redução de suítes é desconhecido. Nesta pesquisa de doutorado objetivamos investigar a influência de critérios de adequação de testes nos resultados da redução de suítes de testes no contexto de teste baseado em modelos de sistemas de tempo-real. Em particular, nós estamos interessados no modelo Timed Input-Output Symbolic Transition Systems (TIOSTS), porque ele é um modelo de sistema de transições no qual dados e tempo são definidos simbolicamente, já que sistemas de transição são a base para o teste de conformidade de sistemas de tempo real. Para alcançar o objetivo da pesquisa, primeiramente, nós definimos 19 critérios de adequação de testes para o modelo TIOSTS. Os critérios definidos incluem critérios baseados em transições, fluxo de dados e tempo. Depois nós formalizamos uma hierarquia com esses critérios, onde eles estão parcialmente ordenados pela relação de inclusão estrita. Segundamente, nós avaliamos empiricamente o custo-benefício de doze dos critérios definidos e cinco técnicas de redução de suítes de testes. Nós avaliamos o tamanho, o tempo de execução e a detecção de faltas das suítes de testes reduzidas de cada uma das 60 combinações de critério e técnica. No experimento, nós usamos modelos de especificação, em TIOSTS, de uma máquina de recarga de cartão do metrô, de um sistema de alarme anti-roubo e de um limitador automático de velocidade de carros. Além disso, usamos simulações das implementações, que geram rastros corretos para os modelos. Por fim, o teste de mutação foi usado para gerar mutantes dos modelos de especificação, que, por sua vez, foram traduzidos para simulações com a finalidade de simular modelos de implementações defeituosas. As evidências empíricas sugerem que os critérios de adequação de testes mais próximos do topo da hierarquia produziram suítes reduzidas com melhor custo-benefício com relação à detecção de faltas e tempo de execução. Com relação às técnicas de redução, a técnica aleatória obteve melhor custo-benefício dentre as técnicas avaliadas. Os resultados apontam que os critérios explicam mais a variação nos resultados do que as técnicas.
Keywords: Teste de Software
Teste Baseado em Modelos
Sistemas de Tempo-Real
Suítes de Testes - Redução
Adequação de Testes - Critérios
Software Testing
Model-Based Testing
Real-Time Systems
Test Adequacy Criteria
???metadata.dc.subject.cnpq???: Ciências
Ciência da Computação
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/558
Appears in Collections:Doutorado em Ciência da Computação.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ALAN KELON OLIVEIRA DE MORAES – TESE (PPGCC) 2017.pdf2.16 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.