Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/6076
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creator.IDLIMA, F. S.pt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/0341934301831510pt_BR
dc.contributor.advisor1BRITO, André Luiz Fiquene de.-
dc.contributor.advisor1IDBRITO, A. L. F.pt_BR
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/6217476906635491pt_BR
dc.contributor.referee1GUIMARÃES, Adriana Valéria Arruda.-
dc.contributor.referee2RODRIGUES, Meiry Gláucia Freire.-
dc.description.resumoA intensa geração dos resíduos sólidos continua sendo um dos grandes problemas ambientais na atualidade. As instituições de Ensino Superior são também responsáveis por esse aumento, por possuírem resíduos de composição diferentes e que são descartados de forma inadequada. Diante desta realidade, a presente pesquisa tem por objetivos realizar o tratamento de resíduo sólido de laboratório contendo zinco e cobre e, simular dados do processo de estabilização por solidificação. A metodologia foi desenvolvida em cinco etapas, na primeira etapa foi realizada a classificação e caracterização do RSL, do cimento e da areia, Na segunda, foi realizado o planejamento experimental, do tipo fatorial com adição de 5 pontos centrais. Os fatores adotados foram percentual de RSL (5 e 15%) e tempo de cura (7 e 28 dias). Na terceira etapa foram realizadas as confecções das matrizes cimentícias testes e, posteriormente matrizes segundo o planejamento experimental. Na quarta etapa avaliou-se o material E/S, através de ensaios de integridade e durabilidade e imobilização dos contaminantes. E na quinta etapa, foi realizado o tratamento dos dados, e obtenção do modelo dos ensaios significativos (propondo simulações dos dados a fim de comparar os dados reais obtidos experimentalmente com os dados conseguidos através das simulações). A caracterização dos materiais mostrou altas concentrações de sólidos fixos, 98,97%, 98,94 e 79,74; para o cimento, areia e RSL, indicando elevado teor de material inorgânico, respectivamente, nos materiais. Já a classificação do RSL apresentou teores de Cobre (350 mg.L-1) e zinco(397 mg.L-1) acima dos limites fixados como permissíveis para descarte no meio ambiente, classificando-o como Classe I (perigoso), o qual necessita de tratamento prévio antes de ser disposto no meio ambiente. Como resultado desse estudo, observou – se que todos os tratamentos foram aprovados nos ensaios de integridade/durabilidade e imobilização dos contaminantes, fazendo a conversão da classe I (perigoso) para Classe IIB (não perigoso- inerte). Os modelos obtidos foram significativos para a resistência a compressão, umidificação/secagem e solubilização do cobre e preditivos. Os melhores resultados foram obtidos com os experimentos que utilizaram menos porcentagem de resíduo sólido de laboratório e menor tempo de cura. Este trabalho permite afirmar que é possível tratar o RSL através do processo de estabilização por solidificação e que a propositura de limites de avaliação ambiental contribui para assegurar uma adequada disposição de resíduo e uso adequado do produto final.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentCentro de Ciências e Tecnologia - CCTpt_BR
dc.publisher.programPÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA QUÍMICApt_BR
dc.publisher.initialsUFCGpt_BR
dc.subject.cnpqEngenharia Químicapt_BR
dc.titleTratamento de resíduo sólido de laboratório contendo zinco e cobre e simulação do processo de estabilização por solidificação.pt_BR
dc.date.issued2018-05-29-
dc.description.abstractThe intense generation of solid waste remains one of the major environmental problems today. Higher education institutions are also responsible for this increase because they have different composition residues that are discarded in an inadequate manner. In view of this reality, the present research aims to carry out the treatment of laboratory solid residue containing zinc and copper and to simulate data of the solidification stabilization process. The methodology was developed in five stages, in the first stage the classification and characterization of LSW (Laboratory Solid Waste), cement and sand were carried out. In the second one, experimental design was done, with a factorial type with 5 central points added. The factors adopted were percentage of LSW (5 and 15%) and cure time (7 and 28 days). In the third stage the fabrications of the cementitious test matrices were carried out and, later, matrices according to the experimental design. In the fourth stage the SS material was evaluated, through tests of integrity and durability and immobilization of the contaminants. In the fifth stage, the data processing was performed, obtaining the model of the significant tests (proposing simulations of the data in order to compare the actual data obtained experimentally with the data obtained through the simulations). The characterization of the materials showed high concentrations of fixed solids, 98.97%, 98.94 and 79.74; for cement, sand and LSW, indicating high content of inorganic material, respectively, in the materials. On the other hand, the classification of RSL presented levels of Copper (350 mg.L-1) and zinc (397 mg.L-1) above the limits set as permissible for disposal in the environment, classifying it as Class I (hazardous), which needs prior treatment before being disposed of in the environment. As a result of this study, it was observed that all treatments were approved in the tests of integrity/durability and immobilization of the contaminants, making the conversion of class I (hazardous) to Class IIB (non - hazardous - inert). The obtained models were significant for the resistance to compression, humidification/drying and solubilization of copper and predictive. The best results were obtained with the experiments that used less percentage of laboratory solid residue and shorter curing time. This work allows to affirm that it is possible to treat LSW through the solidification stabilization process and that the introduction of environmental assessment limits contributes to ensure adequate disposal of waste and adequate use of the final product.pt_BR
dc.identifier.urihttp://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/6076-
dc.date.accessioned2019-08-21T18:59:10Z-
dc.date.available2019-08-21-
dc.date.available2019-08-21T18:59:10Z-
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.subjectResíduos Sólidospt_BR
dc.subjectTratamento de Resíduo Sólidopt_BR
dc.subjectEstabilização por Solidificaçãopt_BR
dc.subjectModelagempt_BR
dc.subjectSimulaçãopt_BR
dc.subjectSolid Wastept_BR
dc.subjectSolid Waste Treatmentpt_BR
dc.subjectSolidification Stabilizationpt_BR
dc.subjectModelingpt_BR
dc.subjectSimulationpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.creatorLIMA, Fernanda Siqueira.-
dc.publisherUniversidade Federal de Campina Grandept_BR
dc.languageporpt_BR
dc.title.alternativeLaboratory solid waste treatment containing zinc and copper and solidification stabilization process simulation.pt_BR
dc.identifier.citationLIMA, F. S. Tratamento de resíduo sólido de laboratório contendo zinco e cobre e simulação do processo de estabilização por solidificação. 2018. 94 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) – Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química, Centro de Ciências e Tecnologia, Universidade Federal de Campina Grande, Paraíba, Brasil, 2018.pt_BR
Appears in Collections:Mestrado em Engenharia Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FERNANDA SIQUEIRA LIMA – DISSERTAÇÃO (PPGEQ) 2018.pdf1.59 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.