Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/621
Title: Desempenho e características de carcaça de ovinos recebendo dietas com feno de Jurema preta (Mimosa tenuiflora (WILD.) POIR.) como fonte de tanino.
Other Titles: PERFORMANCE AND CARRYING CHARACTERISTICS OF SHEEP RECEIVING DIETS WITH DIFFERENT LEVELS OF INCLUSION OF JUREMA PRETA HAY (Mimosa tenuiflora (WILD.) POIR.).
???metadata.dc.creator???: CALDAS, Ana Carolina Alves de.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: PEREIRA FILHO, José Morais.
???metadata.dc.contributor.referee1???: MENEZES, Daniel Ribeiro.
???metadata.dc.contributor.referee2???: BEZERRA, Leilson Rocha
Keywords: Fenação;Desempenho produtivo;Rendimento de carcaça;Feno de jurema preta;Ovinocultura;Raça Santa Inês;Haymaking;Productive performance;Carcass yield
Issue Date: 26-Feb-2018
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: CALDAS, Ana Carolina Alves de. Desempenho e características de carcaça de ovinos recebendo dietas com feno de Jurema preta (Mimosa tenuiflora (WILD.) POIR.) como fonte de tanino. 2018. 78 f. Dissertação (Mestrado em Zootecnia). Programa de Pós-graduação em Ciência Animal, Centro de Saúde e Tecnologia Rural, Universidade Federal de Campina Grande, Patos - PB, 2018.
???metadata.dc.description.resumo???: Objetivou-se avaliar o desempenho de ovinos Santa Inês, alimentados com diferentes proporções de inclusão de feno de Jurema Preta (FJP) na porção volumosa na dieta de ovinos. Foram utilizados 24 ovinos mestiços de Santa Inês machos, não castrados com peso vivo inicial de 27,25 ± 3,32 kg, distribuídos em quatro tratamentos com seis repetições que foram confinados durante 72 dias. Recebendo 50% de volumoso e 50% de concentrado. Os tratamentos experimentais foram 0 (0,11% taninos totais – TT);12,5 (0,87%TT); 25 (1,61%TT) e 37,5% (2,41% TT) de inclusão de feno de Jurema Preta na porção volumosa da dieta e alimentados no turno da manhã e da tarde para permitir sobra de 10%. As dietas foram ajustadas para um ganho de 200 gramas por dia. Os ovinos foram pesados a cada 15 dias. Durante o experimento de desempenho foram utilizados 12 ovinos para o ensaio de digestibilidade durante 18 dias, sendo 13 dias de adaptação e 5 de coleta. O delineamento utilizado para o ensaio de desempenho foi em blocos casualizados com quatro tratamentos e seis repetições, para o ensaio de digestibilidade foi utilizado o delineamento inteiramente casualizados com quatro tratamentos e três repetições. Os dados foram submetidos a análise de variância e de regressão, ao nível de 5% de probabilidade. Os melhores resultados para ingestão de matéria seca, obtidos através das equações, foram os níveis de 28,21; 31,75 e 31,5% de inclusão de FJP para IMS (g/kg0,75), (g/kgPV) e (%PV), respectivamente. A eficiência alimentar foi melhor no tratamento sem inclusão de FJP. O coeficiente de digestibilidade de MS, FDN, FDA, MO, EE, CHOT, CNF, NDT e EB não sofreram influência da inclusão de FJP na dieta. Não houve efeito significativo da inclusão de FJP na dieta. Não houve efeito significativo da inclusão de FJP tanto para PPR como para acabamento. A inclusão de até 37,5% não afetou o ganho de peso de ovinos. O acréscimo de tanino não influenciou o desenvolvimento dos órgãos. O aumento de tanino nas dietas apresentou relação linear positiva com a gordura mesentérica, ao passo que as gorduras inguinal, pélvica e perirrenal não apresentaram nenhuma relação com o tanino. Para obtenção de ovinos com peso ao abate entre 33 e 36 kg com rendimentos de carcaça fria entre 39 e 44%, qualquer nível de inclusão de FJP pode ser recomendado. As características dos componentes de carcaça e dos não constituintes de carcaça não apresentam relação com o teor de tanino da jurema preta na dieta de ovinos.
Abstract: The objective of this study was to evaluate the performance of Santa Inês sheep fed with different proportions of inclusion of Jurema Preta hay (FJP) in the voluminous portion of the sheep diet. Twenty four non - castrated Santa Ines male lambs with initial live weight of 27.25 ± 3.32 kg were distributed in four treatments with six replicates that were confined for 72 days. They received 50% of bulky hay and 50% of concentrated hay. The experimental treatments were 0 (0.11% total tannins - TT), 12.5 (0.87% TT); 25 (1.61% TT) and 37.5% (2.41% TT) for inclusion of Jurema Preta hay in the bulky portion of the diet fed in the morning and afternoon shifts to allow a 10% surplus. The diets were adjusted to a gain of 200 grams per day. The sheep were weighed every 15 days. During the performance experiment, 12 sheep were used for the 18-day digestibility test, 13 days of adaptation and 5 days of collection. The experimental design was a completely randomized block design with four treatments and six replicates. Data were submitted to analysis of variance and regression, at a 5% probability level. The best results for dry matter intake, obtained through the equations, were the levels of 28.21; 31.75 and 31.5% inclusion of FJP for IMS (g/kg0.75), (g/kgPV) and (% PV), respectively. Food efficiency was better in the treatment without inclusion of FJP. The digestibility coefficient of MS, FDN, FDA, MO, EE, CHOT, CNF, NDT and EB was not influenced by the inclusion of FJP in the diet. There was no significant effect of FJP inclusion in the diet. There was no significant effect of the inclusion of FJP for both PPR and finishing. The inclusion of up to 37.5% did not affect sheep weight gain. The addition of tannin did not influence the development of the organs. The increase of tannin in the diets presented a positive linear relationship with the mesenteric fat, whereas the inguinal, pelvic and perirenal fat had no relation with tannin. Any level of FJP inclusion may be recommended for lambs weighing between 33 and 36 kg with cold carcass yields between 39 and 44%. The characteristics of the carcass components and non-carcass constituents are not related to the tannin content of the jurema preta in the sheep diet
Keywords: Fenação
Desempenho produtivo
Rendimento de carcaça
Feno de jurema preta
Ovinocultura
Raça Santa Inês
Haymaking
Productive performance
Carcass yield
???metadata.dc.subject.cnpq???: Zootecnia
Ciências Agrárias
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/621
Appears in Collections:Mestrado em Ciência Animal (Patos).

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ANA CAROLINA ALVES DE CALDAS - DISSERTAÇÃO ZOOTECNIA 2018.pdfDissertação704.99 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.