Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/6529
Title: Preconceito étnico-racial na educação infantil por pedagogos em São José de Piranhas - PB.
Other Titles: Ethnic-racial prejudice in early childhood education by educators in São José de Piranhas - PB
???metadata.dc.creator???: SILVA, Ana Alice Ferreira da.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: SOARES, Luisa de Marillac Ramos.
???metadata.dc.contributor.referee1???: JOCA, Alexandre Martins.
???metadata.dc.contributor.referee2???: CEZÁRIO, Danilo de Sousa.
Keywords: Preconceito étnico racial;Educação infantil;Racismo - combate;Formação de professores;Racial Ethnic Prejudice;child education;Racism - Combat;Teacher training
Issue Date: 30-Aug-2017
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: SILVA, Ana Alice Ferreira da. Preconceito étnico-racial na educação infantil por pedagogos em São José de Piranhas - PB. 2017. 60f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Pedagogia) - Centro de Formação de Professores, Universidade Federal de Campina Grande, Cajazeiras, Paraíba, Brasil, 2017.
???metadata.dc.description.resumo???: Este trabalho trata sobre o preconceito étnico-racial na Educação Infantil, objetivando verificar como as professoras/pedagogas que atuam na educação infantil na cidade de São José de Piranhas compreendem o preconceito étnico-racial; identificar as práticas pedagógicas adotadas pelo professor/pedagogo para trabalhar o preconceito étnico-racial na Educação Infantil e conhecer elementos formativos adquiridos pelos professores para trabalhar com o tema étnico-racial na educação infantil. Para embasar nossos conhecimentos estudamos textos dos autores: Bento; Dias; Feitosa; Rosemberg; Trindad (2012); Ribeiro; Santos; Teles (2010) entre outros; foi utilizado também as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico-Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana. Participaram da pesquisa quatro professoras/pedagogas da educação infantil da rede municipal de ensino da cidade de São José de Piranhas – PB. Como recursos metodológicos, utilizamos a técnica da associação-livre de palavras (TALP), o questionário sociodemográfico e a entrevista semiestruturada. Analisamos os dados através da análise de conteúdo. Verificamos que das 24 palavras evocadas, 20 se localizaram na dimensão ética, indicadas como primeiro lugar as palavras: racismo, intolerância e preconceito. Duas na dimensão política, uma destacada como mais importante: negro; Uma na dimensão cognitiva e uma na dimensão afetiva, porém, sem indicação de importância nestas dimensões. Isto nos indica que para as professoras/pedagogas preconceito étnico-racial, se localiza entre a falta de princípios, respeito, valores e regras da nossa sociedade e que para trabalhar com a diversidade étnico-racial, em especial na educação infantil, exige-se que este profissional assuma um compromisso ético e político. Diante disto acreditamos que enquanto os Cursos de Pedagogia não incluírem em seu currículo a discussão sobre preconceito e a diversidade étnico-racial na Educação Infantil, outras estratégias pedagógicas devem se fazer presentes na prática cotidiana.
Abstract: This work deals with ethnic-racial prejudice in Early Childhood Education, aiming at verifying how the teachers / educators who work in early childhood education in the city of São José de Piranhas understand ethnic-racial prejudice; to identify the pedagogical practices adopted by the teacher / pedagogue to work on ethnic-racial prejudice in Early Childhood Education and to know the formative elements acquired by teachers to work with the ethnic-racial theme in early childhood education. In order to base our knowledge, we study authors' texts: Bento; Days; Feitosa; Rosemberg; Trindad (2012); Ribeiro; Santos; Teles (2010) among others; the National Curricular Guidelines for the Education of Ethnic-Racial Relations and for the Teaching of Afro-Brazilian and African History and Culture were also used. Four teachers / pedagogues of the children's education of the municipal school network of the city of São José de Piranhas - PB participated in the research. As methodological resources, we used the technique of free association of words (TALP), the sociodemographic questionnaire and the semi-structured interview. We analyze the data through content analysis. We verified that of the 24 evoked words, 20 were located in the ethical dimension, indicated as first place the words: racism, intolerance and prejudice. Two in the political dimension, one highlighted as most important: black; One in the cognitive dimension and one in the affective dimension, however, with no indication of importance in these dimensions. This indicates that for ethnic / racial prejudice teachers are among the lack of principles, respect, values and rules of our society, and that in order to work with ethnic-racial diversity, especially in early childhood education, that this professional takes on an ethical and political commitment. In view of this we believe that while the Pedagogy Courses do not include in their curriculum the discussion about prejudice and ethnic-racial diversity in Early Childhood Education, other pedagogical strategies must be present in everyday practice.
Keywords: Preconceito étnico racial
Educação infantil
Racismo - combate
Formação de professores
Racial Ethnic Prejudice
child education
Racism - Combat
Teacher training
???metadata.dc.subject.cnpq???: Educação.
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/6529
Appears in Collections:Curso de Licenciatura em Pedagogia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ANA ALICE FERREIRA DA SILVA. TCC. LICENCIATURA EM PEDAGOGIA.2017.pdfAna Alice Ferreira da Silva. TCC. Licenciatura em Pedagogia.2017. 809.02 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.