Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/7525
Title: O universo masculino no domicílio: a visão dos homens acerca da assistência ofertada pelo programa melhor em casa.
Other Titles: The male universe at home: men's view of the care offered by the best home program.
???metadata.dc.creator???: FREITAS, Fernanda Beatriz Dantas de.
???metadata.dc.contributor.advisor1???: FERREIRA, Jocelly de Araújo.
???metadata.dc.contributor.referee1???: CAVALCANTI, Joseane da Rocha Dantas.
???metadata.dc.contributor.referee2???: SILVA, Alexandre Ernesto.
Keywords: Masculinidade;Saúde do Homem;Assistência Domiciliar;Masculinity;Men's Health;Home Assistance
Issue Date: 26-Jul-2017
Publisher: Universidade Federal de Campina Grande
Citation: FREITAS, Fernanda Beatriz Dantas de. O universo masculino no domicílio: a visão dos homens acerca da assistência ofertada pelo programa melhor em casa. 2017. 79fl. (Trabalho de Conclusão de Curso – Monografia), Curso de Bacharelado em Enfermagem, Centro de Educação e Saúde, Universidade Federal de Campina Grande, Cuité – Paraíba – Brasil, 2017.
???metadata.dc.description.resumo???: A questão sociocultural é apontada como um dos principais fatores responsáveis pela pouca adesão dos homens aos serviços de saúde, principalmente os da atenção primária. O modelo de masculinidade hegemônica seguido por grande parte do público masculino o expõe ao adoecimento, tornando-o mais vulneráveis as patologias graves e crônicas, o que se comprova pelos altos índices de morbidade e mortalidade desse público. Por esses motivos, o Ministério da Saúde institui em 2008, a Política Nacional de Atenção Integral a Saúde do Homem, com objetivo de melhorar as condições de saúde da população masculina e diminuir os índices de mortalidade por causas evitáveis. A fim de suprir as necessidades dos indivíduos impossibilitados de ir até os serviços de saúde, que necessitem de acompanhamento especializado contínuo e de garantir o princípio da integralidade, assegurado pelo Sistema Único de Saúde, surgiu então o Serviço de Atenção Domiciliar, uma nova modalidade de cuidado que atua de forma substitutiva e complementar as existentes. Esta pesquisa objetivou em linhas gerais: Analisar o atendimento das necessidades de saúde, na perspectiva dos usuários do Programa Melhor em Casa. A revisão de literatura desta pesquisa se dividiu em dois capítulos com os seguintes conteúdos: repercussões do gênero masculino no cuidado a saúde; e Eclosão da Atenção Domiciliar e suas implicações no cenário dos serviços de saúde. A pesquisa foi observacional e descritiva, com delineamento qualitativo. Realizou-se com homens cadastrados no Programa Melhor em Casa, no Município de Cuité – Paraíba. Para a realização da coleta de dados, utilizou-se a entrevista norteada por um roteiro semiestruturado com abordagem direta aos participantes. A análise dos dados foi mediante a Análise de Conteúdo de Categoria Temática, proposta por Bardin. Em virtude de se tratar de uma pesquisa envolvendo seres humanos, submeteu-se a pesquisa ao Comitê de Ética do Hospital Universitário Alcides Carneiro, conforme estabelecido na Resolução 466/12 do Conselho Nacional de Saúde e aprovada sob o parecer de número 1.919.636. Como resultados, emergiram cinco categorias temáticas, sendo elas: Alusão do perfil dos homens assistidos no domicílio; Conhecimento dos homens acerca do problema de saúde que o condicionou a assistência domiciliar; A percepção masculina quanto às necessidades de saúde apresentadas no domicílio; As facilidades da assistência domiciliar: a percepção dos homens assistidos; O entendimento dos homens acerca das dificuldades do Serviço de Atenção Domiciliar. Também se identificou na quinta categoria, duas subcategorias, sendo elas: Demora no atendimento e Satisfação no atendimento. Diante dos dados analisados fica evidente a grande aceitabilidade e satisfação com a assistência domiciliar por parte dos usuários, ao mesmo tempo em que apesar de reconhecerem as facilidades oferecidas pela atenção domiciliar, percebe-se o desconhecimento dos entrevistados quanto as suas próprias necessidades no domicílio. Destaca-se, a necessidade de novos estudos para ampliar as discussões acerca da temática abordada.
Abstract: The sociocultural question is pointed out as one of the main factors of the production of products for health, mainly those of the primary attention. The hegemonic masculinity model followed by a large part of the male public exposes him to illness, making him more vulnerable as grave and chronic conditions, evidenced by the high morbidity and mortality rates of the public. For these resources, the Ministry of Health established in 2008 the National Policy for Comprehensive Health Care for Men, with the objective of improving the health conditions of the male population and reducing mortality rates due to preventable causes. In order to supply the necessities of the goods impossible to go to the health services, which need specialized monitoring in accordance with the principle of integrality, ensured by the Unified Health System, the home care service, a new modality of Care that acts Substitute and complementary. The objective of this research is to Analyze the fulfillment of the health needs, from the perspective of the Users of the Better at Home Program. A review of the literature of this research was divided in two chapters with the following contents: repercussions of the masculine gender in the health care; E Emergence of Home Care and its implications in the health services scenario. A research for observation and descriptive, with qualitative design. It was done with men registered in the Better at Home Program, in the Municipality of Cuité - Paraíba. For data collection performance, use the interview guided by a semistructured road map with a direct approach to the participants. An analysis of the data was through a Thematic Category Content Analysis, proposed by Bardin. As a research involving human beings, the research was submitted to the Ethics Committee of the University Hospital Alcides Carneiro, as established in Resolution 466/12 of the National Health Council and Approved Probate No. 1.919.636. As results, five thematic categories emerged, being: Allusion of the profile of men assisted at home; Knowledge of men about the health problem that conditioned them at home; The male perception of health needs presented at home; As home care facilities: the perception of the men assisted; The understanding of the problems about the difficulties of the Home Care Service. Also identified in the fifth category are two subcategories: Delay in service and Satisfaction in service. Given the data analyzed, it is evident the great acceptance and satisfaction with the home care by the users, while at the same time that despite recognizing as facilities offered by the home care, it is noticed the lack of knowledge of the interviewees as to their own needs at home . It is important to point out that there is a need for new studies to broaden the discussion about the subject
Keywords: Masculinidade
Saúde do Homem
Assistência Domiciliar
Masculinity
Men's Health
Home Assistance
???metadata.dc.subject.cnpq???: Enfermagem de Saúde Pública
URI: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/7525
Appears in Collections:Curso de Bacharelado em Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FERNANDA BEATRIZ DANTAS DE FREITAS - TCC ENFERMAGEM 2017.pdfFERNANDA BEATRIZ DANTAS DE FREITAS - TCC ENFERMAGEM 20171.44 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.