Please use this identifier to cite or link to this item: http://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/7645
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creator.IDVILAR, J. L.pt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/0990362946096801pt_BR
dc.contributor.advisor1LIMA, Lenilde Mérgia Ribeiro.-
dc.contributor.advisor1IDLIMA, L. M. R.pt_BR
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/8075219229606935pt_BR
dc.contributor.referee1BARROS, Aldre Jorge Morais.-
dc.contributor.referee2SILVA, José Carlos Aguiar da.-
dc.description.resumoA economia solidária se apresenta atualmente como uma alternativa ao mundo do desemprego, com consciência ecológica e como uma forma de promover a igualdade social e econômica. Paulo Freire (1987) ratifica essa ideia quando afirma que representa algo de novo e esperançoso para o futuro da educação popular da América Latina e para uma nova ordem econômica mundial. A partir desta definição, este trabalhou objetivou identificar as características da Economia Solidária nas práticas da horta orgânica desenvolvida pela AMUABAS (Associação dos Moradores e Usuários de Águas da Bacia do Açude de Sumé), no município de Sumé - PB, enquanto instrumento de contribuição social e econômica para o individuo e para o meio no qual está inserido. Alguns elementos que ratificam tais características são elencados no decorrer deste trabalho, demonstrando como estas podem influenciar na realidade social de uma comunidade. A metodologia se utilizou do estudo de caso da citada Associação, tendo sido aplicados questionários diretamente com os integrantes e visitas in loco. Como resultado, observou-se que as características da economia solidaria inseridas nas práticas da associação beneficiam os associados que trabalham com a horta orgânica como fonte complementar da renda familiar enquanto dimensão econômica, de maneira autogestionária, de colaboração mútua e solidariedade entre os sujeitos. Neste sentido, a economia solidaria representa para esses associados uma opção de desenvolvimento econômico pessoal e coletivo, baseada na sustentabilidade.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentCentro de Desenvolvimento Sustentável do Semiárido - CDSApt_BR
dc.publisher.initialsUFCGpt_BR
dc.titleCaracterísticas da economia solidária nas práticas da horta orgânica na Associação AMUABAS, no município de Sumé-PB.pt_BR
dc.date.issued2013-09-27-
dc.description.abstractThe solidarity economy is nowadays presented as an alternative to the world of unemployment, with ecological awareness and as a way to promote social and economic equality. Paulo Freire (1987) ratifies this idea when he states that it represents something new and hopeful for the future of popular education in Latin America and for a new world economic order. From this definition, this work aimed to identify the characteristics of the Solidarity Economy in the practices of the organic garden developed by AMUABAS (Association of Residents and Users of Water of the Sumé Basin), in the municipality of Sumé - PB, as a social contribution instrument. and economical for the individual and the environment in which he is inserted. Some elements that ratify such characteristics are listed throughout this work, demonstrating how they can influence the social reality of a community. The methodology used the case study of the aforementioned Association, having been applied questionnaires directly with the members and visits in loco. As a result, it was observed that the characteristics of the solidary economy inserted in the association's practices benefit members who work with the organic garden as a complementary source of family income as an economic dimension, self-managed, mutual collaboration and solidarity between the subjects. In this sense, the solidary economy represents for these associates an option for personal and collective economic development based on sustainability.pt_BR
dc.identifier.urihttp://dspace.sti.ufcg.edu.br:8080/jspui/handle/riufcg/7645-
dc.date.accessioned2019-10-02T17:10:41Z-
dc.date.available2019-10-02-
dc.date.available2019-10-02T17:10:41Z-
dc.typeTrabalho de Conclusão de Cursopt_BR
dc.subjectEconomia Solidáriapt_BR
dc.subjectDesenvolvimento sustentávelpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.creatorVILAR, Juliane Lucena.-
dc.publisherUniversidade Federal de Campina Grandept_BR
dc.languageporpt_BR
dc.title.alternativeCharacteristics of the solidarity economy in the practices of the organic garden in the AMUABAS Association, in the city of Sumé-PB.pt_BR
dc.identifier.citationVILAR, Juliane Lucena. Características da economia solidária nas práticas da horta orgânica na Associação AMUABAS, no município de Sumé-PB. 2013. 45f. (Trabalho de Conclusão de Curso – Monografia), Curso de Especialização em Educação de Jovens e Adultos com Ênfase em Economia Solidária para Convivência com o Semiárido, Centro de Desenvolvimento Sustentável do Semiárido, Universidade Federal de Campina Grande, Sumé – Paraíba – Brasil, 2013.pt_BR
Appears in Collections:Especialização em Educação de Jovens e Adultos com Ênfase em Economia Solidária no Semiárido Paraibano. Polo II - Sumé - PB.

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JULIANE LUCENA VILAR - TCC ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS 2013.pdfJuliane Lucena Vilar - TCC ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS 2013.6.47 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.